31 de dezembro de 2014

Um bom 2015...

... para todos.
Sei que não tenho dado grande atenção aos blogs mas tenho andado mais cansada e ocupada.
Com as festas os horários dos tratamentos mudaram o que tem sido difícil para mim, pois faz com que eu ande desnorteada e com os sonos todos trocados.
É só mais esta semana de mudanças e espero poder voltar ao meu ritmo e à minha rotina a ver se tudo se endireita.
Passei cá só para desejar um bom ano novo a todos, que 2015 traga aquilo que mais desejarem e que consigam atingir todos os vossos objetivos e desejos. 
Muita saúde e felicidade para todos é o que desejo do fundo do meu pequenino coração.

24 de dezembro de 2014

Bom Natal a todos...



Desejo que todos tenham um bom natal...

Como já disse no outro dia este ano não estou com grande espírito natalício, não sei porque. 
Este post é agendado uma vez que irei fazer tratamento de madrugada as 04.00h o mais provável é depois dormir um pouco mais de manha e como não sei se terei oportunidade de passar cá, preferi deixar agendado...


Um beijinho enorme a todos, divirtam-se...

23 de dezembro de 2014

"És o meu destino" de Lesley Pearse...


"1938. A Nova Zelândia é um país belo e tranquilo. Um paraíso de onde Mariette, filha de Belle e de Étienne, só pensa em fugir. Cansada da tacanhez da pequena cidade onde vive, ela está disposta a embarcar para a Europa mesmo sabendo que essa viagem poderá ser-lhe fatal. O mundo prepara-se para a guerra, mas, para a irreverente Mariette, ficar é uma alternativa bem pior.
Chegada a Londres, a jovem depressa se deixa encantar pelas suas tentações e esquece o breve vislumbre que teve do amor. Londres é tudo aquilo com que sempre sonhou. Mas a noite do seu vigésimo-primeiro aniversário vai mudar tudo. Os violentos bombardeamentos nazis transformam a cidade mais vibrante da Europa num pesadelo de terror, devastação e morte. Pela primeira vez, ela sente o peso esmagador da solidão. É dos escombros da guerra, porém, que emergirá uma nova Mariette. A adolescente egoísta dá lugar a uma mulher forte, madura e abnegada que está disposta a tudo - até a morrer - para ajudar os mais desprotegidos. E é no seu momento mais vulnerável que o amor lhe bate à porta. Um amor tão inquieto e desesperado quanto o mundo que a rodeia."

Para ser sincera, não sei a história acabou ou se irá ter continuação.
A verdade é o fim, para ser um fim definitivo, a meu ver ficou um pouco mal explicado.
Quanto à história de Mariette, tem o seu fundamento, a sua lógica, é interessante mas... para ser sincera foi um pouco exagerada no que diz respeito a tanta desgraça.
Gostei do livro mas sinceramente não me apaixonou verdadeiramente. 

22 de dezembro de 2014

Estou farta de ouvir...

Tem pessoas que abusam da minha paciência, mas abusam imenso mesmo, correm um dia o grave risco de os meus neurônios pararem cinco minutos e depois vão ouvir o que querem e o que não querem.
Constantemente sou bombardeada com estas perguntas "Então quando casas?", "E o casamento quando é", "É para o ano o casamento?", "Tens que casar estas a ficar velha", "E filhos quando vais ter filhos?", "Oh olha que estas a ficar velha para teres filhos", "Não existe nada como um ter um bebe..."
Poupem-me pelas almas...
Mas quem foi que vos disse que eu quero casar e ter filhos ah???
Nem toda a gente no mundo tem que casar e muito menos tem de ter filhos.
Conseguem irritar-me tanto com estas perguntas que a minha vontade era mandar toda a gente à m...@ logo, mas como ainda tenho alguma educação a única coisa que faço é respirar fundo e não digo nada.

18 de dezembro de 2014

Factos sobre o natal...

* Falta-me comprar uma prenda.
* Não faço a minima ideia de onde possa andar o meu espirito natalício.
* Tenho que fazer as contas finais, mas acho que consegui respeitar relativamente bem o meu orçamento para prendas.

Por enquanto acho que é só isto.

15 de dezembro de 2014

Coisas que me enchem o coração...

Ontem a clinica onde ando ofereceu um lanche de natal a todos os seus doentes.
Como sempre, algumas pessoas não foram... para variar... e depois ainda andam a dizer à boca cheia que a clínica nunca faz nenhuma festa, nem coisas do gênero.

Já o outro dizia "só faz falta quem cá esta".
Foi uma festa muito bonita, pena que muitos enfermeiros, e médicas não foram... uma vez que seria uma espécie de voluntariado, e pronto a gente já sabe que existe pessoal que só querem saber de dinheiro e mais nada. 

Houve meninas a cantar, pessoal a dançar e comes e bebes. Foi uma tarde diferente e agradável.
Adorei ver algumas pessoas que já não via à algum tempo.
Vim embora feliz, em paz e com um enorme sorriso por ter visto a alegria e a felicidade de pessoas que sofrem diariamente e que conseguem ser minimamente felizes.
Aqueles sorrisos, aquelas lágrimas nos olhos, aquele carinho e tanto mais fizeram com que me sentisse bem mais alegre.
Todo este projeto foi ideia de uma das enfermeiras que mais adoro, uma pessoa por quem tenho um carinho enorme e que esta sempre presente quando preciso da sua ajuda.
Pode ser pequenina, mas é uma mulher enorme tem um coração maravilhoso e um sorriso que aquece e dá alegria a qualquer um. 

10 de dezembro de 2014

Guarany...



Domingo fui ao spirito cupcakes & coffee no Porto mas estava fechado... ai fiquei tão desiludida queria tanto lá ir.
Como estava fechado optei por ir ao Guarany... é só clicar no link já sabem.
Já à muitos anos que ando para lá ir, mas adio sempre, domingo acabei por ir e tenho que admitir que fiquei rendida, aquilo é muito bom.
Comi um petit gateau com uma bola de gelado de morango e bebei um chá de jasmim, embora tenha uma lista enorme de várias coisas, a verdade é que fiquei de olho em mais uns quantos itens, para um futuro próximo ir lá.
Pois bem foi um problema enorme, porque fiquei a adorar aquilo.
Para quem for destes lados e passarem por lá, aproveitem e façam uma visita que vale a pena mesmo. 

9 de dezembro de 2014

"A guerra dos tronos I" de George R. R. Martin...


"Quando Eddard Stark, lorde do castelo de Winterfell, recebe a visita do velho amigo, o rei Robert Baratheon, está longe de adivinhar que a sua vida, e a da sua família, está prestes a entrar numa espiral de tragédia, conspiração e morte. Durante a estadia, o rei convida Eddard a mudar-se para a corte e a assumir a prestigiada posição de Mão do Rei. Este aceita, mas apenas porque desconfia que o anterior detentor desse título foi envenenado pela própria rainha: uma cruel manipuladora do clã Lannister. Assim, perto do rei, Eddard tem esperança de o proteger da rainha. Mas ter os Lannister como inimigos é fatal: a ambição dessa família não tem limites e o rei corre um perigo muito maior do que Eddard temia! Sozinho na corte, Eddard também se apercebe que a sua vida nada vale. E até a sua família, longe no norte, pode estar em perigo. 
Uma galeria de personagens brilhantes dá vida a esta saga: o anão Tyrion, ovelha negra do clã Lannister; Jon Snow, bastardo de Eddard Stark que decide juntar-se à Patrulha da Noite, e a princesa Daenerys Targaryen, da dinastia que reinou antes de Robert, que pretende ressuscitar os dragões do passado para recuperar o trono, custe o que custar."

Ora aí esta um livro que me surpreendeu imenso pela positiva.
Andei tempos e tempos a ouvir o pessoal a dizer "lê", "é fixe", "vais gostar, vais ver" eu só dizia "ah um dia quem sabe" e pronto, uma pessoa emprestou-me o livro e eu devorei aquilo com uma vontade e uma devoção fantástica.
Comecei a ver a série também, portanto como podem calcular, gostei imenso do livro e a série está muito bem feita.
Tem imensas personagens, algumas que se adora logo, outras que dispensamos bem e ainda outras que não achamos grande piada mas com o desenvolver da história, começamos a gostar cada vez mais, também existem várias personagens que até nem damos grande valor mas que depois vamos a descobrir e são extremamente importantes no desenvolvimento da história.
Estou curiosa para ler o segundo livro.
Leiam vão gostar... confiem em mim. 

3 de dezembro de 2014

Tenho frieiras...

... nos pés, até aos dias de hoje nunca me tinha acontecido tal coisa, isto é horrível simplesmente... bem que já me tinham dito... maldita má circulação nas pernas, não aguento as dores nas pernas e nos pés, amanha vem um novo creme para colocar pois os que tenho colocado não estão a fazer nada e eu não me tenho sentido muito confortável  com esta situação é que dói, dói mesmo.
Ah vida deprimente e eu que dizia sempre "frieiras eu? Ah não sei o que isso é"... toma lá que é para aprenderes a estar calada. 
Alguém recomenda alguma coisa?... caso o creme não resulte.