Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

"Se foi amor"...

E como eu gosto desta música. Simples e com uma mensagem muito bonita. E que bela voz e bonita que esta jovem é. Ohh Deus, estou a ficar um coração mole ;)

Coisas bonitas dos meus dias...

*Aqui à uns tempos estava sentada no El Corte Inglês a beber um café,  à espera de uma pessoa amiga e do meu lado direito estão as caixas do supermercado. Qual o meu espanto quando vejo uma senhora já com muita idade a pagar um kinder bueno e e esconde-lo na carteira toda sorridente e com um ar matreiro, olhou para mim e sorriu, um sorriso enorme que me encheu o coração naquele momento. Foi um momento tão pequenino e delicioso e aí entendi que apesar da idade a senhora ainda sentiu a adrenalina daquele ato, algo tão simples mas que ela estava a adorar. Aquele sorriso travesso deixou-me feliz.
*Acho que já mencionei algures aqui pelo blog que moro ao pé de um infantário, que tem parque para brincarem, bem como uma mini quinta com alguns animais. Esta semana estava à porta e passaram para cima o grupo dos 3 anos... por aí ...de galochas e casacos apertados, andaram no parque a apanhar folha e coisas do gênero para as atividades na sala. Eu estava a apreciar e passou as educadoras que eu conhe…

Ainda dizeis que eu não tenho paciência...

Eu que me assumo como sendo uma pessoa insensível e nada romântica estou a ler o livro do Raul minh'alma... deram-me de prenda de natal e como eu sempre disse, não tenho um estilo próprio de leitura definido, apesar de ter preferências, leio tudo. Pior do que isto tudo é a coincidência com que me deparei. Amanha é dia dos namorados. Só depois é que entendi o porque de "ver" algumas almas a fazer grandes filmes tipo "ah coitada estamos na semana do dia dos namorados e como não tem namorado anda a ler aquelas coisas" mas esperem lá almas mal-amadas o que vocês não sabem é que a "coitada" aqui que vocês tanto falam, não quer namorado, nem nada do género, quer estar sozinha e sabeis porque?  Claro que não eu explico sou suficientemente mulher para estar bem sozinha e porque se o quero estou, não tenho que provar nada a ninguém. Tão simples quanto isto... depois ficam muito ofendidos quando levam com a resposta, sempre aprendi que quem vai à guerra dá e leva e …

"Deus viaja sempre incógnito" de Laurent Gounelle...

"Do autor do best-seller O homem que queria se feliz, surge este novo romance inspiracional profundo e misterioso, que se desenrola na atmosfera envolvente de Paris no Verão e que abre caminho para uma reflexão sobre nós mesmos, sobre as nossas inibições e as formas de as ultrapassar."

Surpreendentemente este livro fascinou-me. Inicialmente assim pelo título, estava com o pé atrás. A história que este livro nos conta é uma verdadeira lição de vida e uma inspiração até para nós leitores. Não significa que vá toda a gente ter o sucesso de Alan a personagem principal, mas existem muitos temas explorados que nos podem ajudar. Como ultrapassar os medos, enfrentar situações difíceis, saber escolhe as melhores opções a tomar. Em toda a história, vamos encontrando momentos, em que pelo menos eu me identifiquei, em que vivi situações semelhantes e a verdade é que muitas vezes nem sabia o que fazer. Tem umas quantas passagens que me fizeram rir, mas rir a bom gosto mesmo. Quanto ao final, foi…

E quando uma música não te sai da cabeça...

Este dia apareceu-me este vídeo e eu confesso que me ri e pensei se eu assistisse a uma cena destas ao vivo desatava à gargalhada. Vai dai resolvi pesquisar a música. E o pior cenário confirmou-se, agora o raio da música não me sai da cabeça e volta e meia dou por mim e cantar ou a lembrar-me da letra. Ele há cada uma que uma pessoa até perde o seu ar "sério" quando se lembra da música. Neste momento esta é a música que passa constantemente na minha cabeça e ainda por cima faz-me rir. Vejam só se isto é normal 




Al Hayba...

Outro título poderia ser eu e as séries esquisitas...


Recentemente descobri esta série "Al Hayba", digamos que o que me levou a começar a vê-la foi simplesmente por ser uma série em língua árabe libanesa-síria. Assim algo meio complicado, mas em que os atores principais são bem giros. A atriz é a Nadine Nassib Njeim e o ator Taim Hasan... estão na foto em baixo que vou colocar. Inicialmente confesso que até estive quase a desistir de ver, entretanto comecei a achar piada à série e hoje vejo-me agarrada a cada episódio. Eu tenho um gosto "especial" por tudo o que tem a ver com países deste gênero, no que diz respeito a livros, séries e filmes, gosto muito de ver. Arrisquei e não estou arrependida sinceramente. 

Aquelas pessoas que...

* Todos os santos dias têm uma doença nova... é um exagero sem fim.
* Buscam desesperadamente a atenção de tudo e de todos... oh gente com falta de auto estima.
* Se acham mais perfeitas do que os outros... e no fundo é um Deus nos livre de desgraça.
Têm sempre que vir com a história de todos os familiares doentes e de preferência tentar arranjar médicos à pala para todos eles... é digno de se ouvir acreditem.
* Dão uma de que vivem muitíssimo bem e verdade é que a vida deles anda pela rua da amargura... ou em Português correto na merda mesmo, mas o que interessa é mostrar isso sim é importante, mostrar o que não se tem e o que não se é.
Realmente existe gente muito complicada e esquisita também, essa é que é a verdade. É verdade também que um dia atrás do outro e começa a enjoar olhar simplesmente para essas pessoas, quanto mais ouvir a voz.