27 de julho de 2013

Más notícias...

Estou no hospital, só hoje tive acesso ao computador, mas infelizmente será por poucos dias se tudo correr como programado, em breve será a minha operação ao coração, estou com algumas complicações e fiquei com os pulmões cheios de líquidos nada ajuda :( já estou um bocadinho cheia de cá estar mas tem de ser, vou ver se ainda venho cá postar mais algumas coisas antes da operação... beijinhos a todos

24 de julho de 2013

Música do dia...

"A chave da coragem" de Nora Roberts...


"A Chave da Coragem vem concluir a saga das três amigas que foram incumbidas de encontrar as chaves que libertariam as Filhas de Vidro. Depois de Malory e Dana terem conseguido as outras duas, falta apenas a chave de Zoe, a da Coragem.
Zoe, uma cabeleireira e mãe solteira de um rapazinho, tem apenas um mês para encontrar a chave, e as pistas de que dispõe não são propriamente encorajadoras. Além disso, o maléfico Kane, o feiticeiro que aprisionou as Filhas de Vidro, fará tudo o que estiver ao seu alcance para a impedir de ser bem-sucedida. Mas estará disposta a aceitar que o seu destino está magicamente ligado ao de Bradley Vane, o milionário atraente herdeiro de um império por quem está perdidamente apaixonada? E terá coragem para permitir a entrada dele na sua vida, depois de tanta decepção e dor? E, mais que isso, conseguirá cumprir a sua missão de encontrar a chave e mudar a sua vida e a das amigas para melhor, ou estarão as Filhas de Vidro condenadas para toda a eternidade?
Nesta emocionante conclusão da Trilogia das Chaves, o amor e a coragem andam de mãos dadas na busca da felicidade, numa história envolvente e apaixonante como apenas Nora Roberts consegue criar."


Adorei esta trilogia das chaves. Adorei conhecer a história de Malory, Dana e Zoe, aqueles pormenores todos das suas vidas, quer nos bons momentos e até nos menos bons... os sonhos, as lutas, os desejos e a realização pessoal de cada uma deixaram-me embarcar numa história fantástica, mas o mais engraçado disto tudo é chegar a um momento e desejar ter alguns pormenores de cada uma delas na minha vida, querer ser forte e determinada como elas... bem quanto a isso só depende de mim, bem sei. Adorei os três livros, sem dúvida que valeu a pena ler, adorei acho que não existe muito mais a acrescentar.

23 de julho de 2013

Momento da cusquice # 1...

* Afinal o padre não foi para Cabo Verde com duas namoradas, foi com quatro... duas aqui da freguesia e outras duas da freguesia vizinha e perguntam vocês como sabem disso???... ah pois é eu bem sei que é muito azar mas estavam dois casais aqui da terra em Cabo Verde no hotel ao lado do de sua excelência... ups é muito azar, eu sei, mas é verdade... eh eh eh.  

* Este fim de semana foi a festa das tasquinhas aqui na terra, geralmente encontra-se o pessoal todo que nunca se vê ao longo do ano, só acho exagero é a forma como algumas pessoas se vestem e maquilham para ir lá comer ou simplesmente marcar presença, este ano vi uns quantos modelitos dignos de um casamento... oh oh.

18 de julho de 2013

Lá se foi a "gaja"...

Pois é... lembram-se se me queixar da fulana que estava ao meu lado nos tratamentos??? Pois bem mudou de turno... graças a Deus e a todas as alminhas... já não existe mais ar poluído... era horrível gente muito mau mesmo... não à mais gritos histéricos, acabou-se o exibicionismo, o desfile de roupa de jovem de 15 anos quando a pessoa em questão tem 49 anos, conversas para lá de porcas e sem sentido no local que era,  lágrimas e doenças inventadas à ultima da hora, já não me vai voltar a pedir dinheiro emprestado... pediu várias vezes só que eu fiz questão de lhe dizer para ir dar uma volta... não voltará a falar do karaoke da sexta-feira, das cervejas que engole de um só lanço, das amigas tão boas ou piores do que ela, e por aí fora...enfim... agora esta um turno de paz e amor, conversamos um com os outros, rimos, convivemos enfim tudo sem termos que nos preocupar em manter o pé atrás por causa de uma alma tão mal educada, tão triste e deprimente como era o caso da fulana. Parece que a minha paciência rejuvenesceu uns 10/15 anos, não à nada que chegue à paz e a pessoas com tino na cabecinha isso sim é que é bom.

17 de julho de 2013

O padre cá da Vila e as suas namoradas...

Então não se fala de outra coisa por esta Vila fora a não ser que o senhor padre... coitadinho é velhinho, anda cansado, blá, blá, blá, era o que mais se ouvia sobre ele... foi de férias com as suas duas namoradas, uma loira e outra morena... a loira é a namorada de toda a vida a morena é uma aquisição mais recente, vejamos afinal não esta assim tãoooooo velhinho nem acabado digo eu, mas à frente... como se não bastasse a sobrinha dele que tratava da casa e dos almoços e jantares colocou a boca no trombone e diz por ai à boca cheia que vinha embora pois estava cheia de andar a aturar o entra e sai das namoradas do senhor padre na casa dele... compreendo a senhora juro que sim, eu também não gostaria de tamanho forrobodó, mas à frente... então e perguntam vocês... quem é que vai tomar conta da casa e das jantas do padre??? A namorada morena pois bem, diz-se por aí à boca cheia que até a casa esta mais ajeitadinha e arrumadinha, assim sendo, não tenho nada a acrescentar. Escusado será dizer que aqui pela Vila não se fala de outra coisa, oh oh... cusquices é o que é... estou a pensar abrir uma rubrica sobre as cusquices cá da Vila estou, estou a sério que sim, é cada uma melhor que a outra...

16 de julho de 2013

Livro a ler # 44...


"Anne era uma rapariguinha de uma família judaica de Francfort que se refugiou na Holanda para escapar às perseguições nazis. Invadido este país, a família esconde-se com outras pessoas num "anexo" de uma casa, onde, protegida por gente corajosa e dedicada, consegue viver largo tempo sempre no terror de ser descoberta. Acabou por sê-lo. E o diário de Anne foi encontrado por acaso num monte de papéis velhos. Anne veio a morrer no campo de concentração de Bergen-Belsen. Mas o diário que essa rapariguita escreveu é, na sua perspicácia e na sua desenvoltura adolescente, um documento, um autêntico documento humano - e, só pelo facto de existir, um protesto contra as injustiças do mundo em que vivemos."

Já tinha ouvido falar deste livro à algum tempo, mas a verdade é que nunca prestei grande atenção. Esta semana a enfermeira S. da clínica estava a ler este livro e eu perguntei qual era a opinião dela sobre o dito cujo, ela disse que era um livro muito bom e que eu devia ler, pois ia gostar, ora assim sendo já o comprei. Alguém já o leu??? Qual a vossa opinião??? Como é habitual depois faço post sobre o livro.

11 de julho de 2013

Livro a ler # 43...


"Desde que vi o Gideon pela primeira vez, percebi que ele tinha algo de que eu precisava, algo a que eu não conseguia resistir. Percebi-lhe também uma alma perigosa e atormentada - tal como a minha. Envolvi-me. Eu precisava dele tanto como precisava que o meu coração batesse.
Ninguém sabe o quanto ele arriscou por mim e o quanto eu fui ameaçada; ninguém imagina quão negra e desesperada se tornou a sombra dos nossos passados.
Entrelaçados nos nossos segredos, tentamos desafiar o destino.
Definimos as nossas próprias regras e rendemo-nos completamente ao intenso poder da obsessão."


E este é o terceiro livro da série Crossfire, na altura ouvi dizer que eram três, entretanto já ouvi dizer que ia haver mais, sinceramente não sei, vamos lá ver como será. Como já li os dois primeiros e gostei a verdade é que fiquei curiosa  em seguir o rumo à história, vou ver se o compro este fim de semana, depois faço post como é habitual. 

9 de julho de 2013

"A chave do saber" de Nora Roberts...


"Em A Chave da Luz, Malory, Dana e Zoe foram escolhidas para libertar as almas das semi-deusas conhecidas como As Filhas de Vidro. Depois de Malory ter encontrado a primeira das chaves, é a vez de Dana Steele tentar a sua sorte. A jovem tem a certeza de que a chave se encontra num livro, e irá contar com a ajuda das amigas na sua demanda, ao mesmo tempo que se dedicam à remodelação da loja que pretendem inaugurar em conjunto. Mas Jordan Hawke, o grande amor da sua vida, e que em tempos a trocou por uma carreira literária em Nova Iorque, está de volta à cidade, disposto a tê-la de volta, o que a distrai momentaneamente da sua missão. Contudo, mesmo contra a vontade de Dana, será Jordan o seu principal aliado na luta contra Kane, o maléfico feiticeiro que tenta a todo o custo impedir a libertação das Filhas de Vidro.

A jovem terá apenas 28 dias para encontrar a segunda das chaves, a Chave do Saber. Encontrá-la poderá significar a realização dos seus sonhos. Falhar destruirá a sua vida e a das amigas… para sempre."



A chave do saber é o segundo livro da trilogia das chaves. Neste segundo livro ficamos a conhecer mais a fundo a vida de Dana e Jordan, as suas paixões, bem como as aventuras e contratempos ate encontrar a segunda chave. Gostei imenso da história tem pormenores tão bons que as vezes até parecem realidade, gostei muitíssimo deste segundo livro. Agora falta o terceiro e ultimo que é a chave da coragem.

8 de julho de 2013

Tenho andado desaparecida...

Este calor tem dado cabo de mim, tem sido excessivo para mim. Só quero um pouco de fresco por favor. Amanha faço visita aos vossos cantinhos ;)

1 de julho de 2013

Vá não me matem...

... mas a verdade é que não estou a aguentar este calor, faz-me ficar super cansada, de noite ando as voltas pois o calor é demais. Eu sempre disse e continuo a afirmar, eu gosto é mais do fresquinho pelo menos posso dormir em condições e não ando atrapalhada como ando que até a respirar me custas... voltem dias mais frescos, voltem estais perdoados.