31 de março de 2011

Há pessoas fantásticas...


E eu hoje vi uma dessas pessoas.

Já não o via à uns meses... quando os nossos olhares se voltaram a cruzar, surgiu uma alegria nos nossos rostos... e sorrimos... sorrimos muito muito.

Não existe nada mais bom, mais reconfortante do que ver os olhos da outra pessoa a brilharem quando nos vêem e aquele sorriso fantástico, que me enche o coração e a alma de alegria. Ai, como eu adorei vê-lo, sem dúvida nenhuma que ele é dos poucos homens que me enche o coração de alegria e me deixa feliz... sem qualquer tipo de maldade ou perversidade.

Escusado será dizer que me sinto feliz e muito bem dispostinha looolol ;)

Eu quero... eu quero...

Ir para a ilha. Uma ilha bem bem longe...

30 de março de 2011

Hoje é mesmo dia para dizer que...


Eu vi um sapo

Um feio sapo

Ali na horta

Com a boca torta


Tu viste um sapo

Um feio sapo

Tiveste medo

Ou é segredo


Eu vi um sapo

Com guardanapo

Estava a papar

Um bom jantar


Tu viste um sapo

Com guardanapo

E o que comia

E o que fazia


Eu vi um sapo

A encher o papo

Tudo comeu

Nem ofereceu


Tu viste um sapo

A encher o papo

E o bicharoco

Não te deu troco


Eu vi um sapo

Um grande sapo

Foi malcriado

Fiquei zangado

Tu viste um sapo

Um grande sapo

Deixa-o lá estar

Vamos brincar.


P.S: E agora vocês dizem... "a gaja ficou tola de vez"

Ao que eu respondo... "pois é meus caros ah coisas do carago na vida assim que eu vos contar o que me aconteceu hoje... oh oh meninos e meninas ficam tão pasmados como se tivessem visto o sapo da canção anteriormente mencionada."

28 de março de 2011

Vamos dar uma de... cusquice...


Atão, tanto amor, tanto love, tanto mel, tanto sei lá o que e pimba, a Cláudia Jacques e o Ricardo Trêpa estão separados.

"A decisão foi tomada de comum acordo e vai ser dado andamento ao processo de divórcio. Para evitar qualquer tipo de especulação, ambos acordaram na divulgação desta notícia, não pretendendo prestar mais declarações sobre este assunto." foi através deste curo comunicado enviado à Imprensa que Cláudia Jacques e Ricardo Trêpa anunciaram hoje a sua separação.
aqui, vá cliquem lá no site da Caras.

Vá... vá... digam lá todos comigo.... ohhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh... mas que grande novidade!

Este tempo... está mesmo irritante...


Já vinha um solzito por aí.

É que estes dias chuvosos são chatos como tudo, deixam uma pessoa mais deprimida do que aquilo que já se anda habitualmente.

É que assim não apetece nada mesmo, a única coisa que apetece é ficar deitadinho quentinho na chamada "sorninha".

Volta solzinho... tás perdoado!

26 de março de 2011

O Passos... Coelho tá crente...

Ainda não tem as patinhas lá dentro e já tem em mente que lá quer ficar oito anos.
Ah pois é meu amigo, quem é que não quer.
Até ia para lá, certezinha absoluta que não fazia tanta merda junta como vocês fazem.
Tá bonita tá, eu não sei mesmo onde este país vai parar, cada vez mais me chega aos ouvidos está frase "volta Salazar estas perdoado" oh "atão" é porque é, eu não conheci o Sr. mas para tanta gente o perdoar é porque era mesmo bom.
Tenho dito ;)

25 de março de 2011

Sinto-me...


Tão confusa...
São poucas as pessoas que tem influência em mim.
Mais ou menos bem sempre consegui lidar com situações constrangedoras, momentos divertidos demais onde desato à gargalhada e fica toda a gente a olhar porque eu simplesmente começo a chorar de tanto divertimento.
Enfim… um milhão de situações possíveis, bem ou mal costumo conseguir desenrascar-me da situação.
Ontem ao deparar-me com uma pessoa que já vos falei aqui no blogue… o P. para ser mais fácil a compreensão do post… tive uma sensação estranha, medo, fiquei completamente gelada, quase transparente... sim porque eu já sou branquinha como tudo... e a ligeira sensação que ia tombar a qualquer minuto.
Depois do primeiro impacto, o que mais me deixou pensativa… e ainda agora deixa… foi com a sensação de aperto no coração com que fiquei, detesto esse tipo de sensação, pois deixa-me bastante em baixo, posso até mesmo dizer que me sinto esquisita e deprimida.
Porque???
Estou cheia de perguntar isso a mim mesma.
Tem momentos que eu o odeio profundamente, outros em que me é completamente indiferente e ainda existe aquele momentos em que fico a relembrar os vários momentos que passamos juntos e muitas vezes dão uma certa saudade.
Eu odeio sentir-me assim.
Revolto-me contra mim mesma, por ter momentos assim na minha vida.
Enfim, está confusão toda desgasta-me tanto mas tanto e juntando a tudo isto todos os problemas que tenho na vida neste momento está mistura só da vontade de desaparecer do mapa.

Aqui o som do fim de semana... é...



Exactamente está música...
E porque? perguntam vocês...
Porque... eu estou numa fase em que ouvir está música me deixa momentaneamente livre e a sorrir.
Porque... por vezes é preciso ritmo e agitação no nosso dia a dia para se poder esquecer um montão de coisas menos agradáveis.
Porque... simplesmente gosto desta música.
Para todos um super beijinho enorme e um excelente fim de semana

23 de março de 2011

Falemos do Sr. Artur Agostinho...


Tal como toda a blogosfera fez, faço um post dedicado a ele.
Conhecia o Senhor superficialmente como milhentas personagens que passam na nossa tv todos os dias.
Aqui à uns tempos vi uma entrevista intimista que ele deu e fiquei un tanto quanto pasmada pelo simples facto de ter vivido tanto e passado tanto.
Aquela simples pessoa que costumava ver na tv começou a ter outro significado para mim, comecei a olhar o Senhor com um carinho diferente, tipo como uma enorme admiração.
Considero que foi uma perda importante para o nosso país, quer pela pessoa que era quer por tudo o "que nos deu" perante o seu trabalho.
Aqui fica a minha pequenina homenagem, a alguém que descubri "tarde" mas que adorei descobrir... e eu não sou destas coisas de homenagens vocês sabem né.

Entre o desejo e o vício...


É isso...
A minha vontade era comer morangos até dizer que já não os posso ver mais à frente, até enjoar mesmo.
Sempre gostei muito de morangos mas não sei o que se passa... talvez seja por estar proibida de os comer... que o desejo de os comer é demais... escusado será dizer que eu não posso comer, mas que como na mesma lol...
Eu cá gosto dele assim simples, não quero cá açúcar nem chantilly, nem vinho do Porto nem nada que se pareça... só moranguinhos ao natural.
E como eu costumo dizer a mim mesma "come rapariga tu come para a frente que estás em fase de crescimento, só que desta vez pós lados sim."

21 de março de 2011

Bem vinda Primavera...


E que venhas para ficar, por muito e bom tempo.
Adoro estes dias assim com uns raios de solzinho bom e uma leve brisa do vento.
Só não gosto lá muito do pó amarelo e da carrada de alergias que vem já aí em filinha ter comigo, mas lá está já o outro dizia, "não se pode ter tudo na vida" e é mesmo ;).
Espero que tenham tido um bom inicio de Primavera.

Vamos falar de “gajas”…

O post de hoje é dedicado a mulheres que euzinha considero bonitas, a maior parte entram pela tv todos os dias em nossas casas, mas também existe uma ou outra excepção.
Ah pois porque eu também aprecio mulheres e digo quando são bonitas ou não… ao contrário do que os homens dizem que nós temos inveja e blá blá blá, não é vero meus senhores, pelo menos por mim falo. Então vejam lá as que eu escolhi.






















E então alguma destas também faz parte dos vossos gostos?
Ah! Fica prometido um post sobre "gajos" ;) ah pois é tem de ser ;)
P.S: isto é tudo mulheres lá "de fora" um dia destes faço também um post sobre mulheres Portuguesitas, porque tem uma série delas que eu acho bonitinhas oh oh.

20 de março de 2011

"Pérolas" do meu taxista...


E se existe pessoa que cada vez que abre a boca sai gafe, este homem é essa pessoa.
Só vou dar cinco exemplos, mas, prometo estar mais atenta e passar a partilhar com os meus queridos leitores.
Então tomem lá:

* Eu vou masturar as vitaminas das pombas... ou seja, o que ele queria dizer era misturar e insiste em falar sobre as pombas comigo como se eu percebesse ou me interessa-se por isso.

* Vou comprar papinos para plantar... ora bem papinos eu não sei o que é mas pepinos a gente já gosta, apesar de não se poder comer.

* Estou em frente ao outrelet... oh god nesta tive que desatar mesmo à gargalhada já não bastava a porcaria do taxi ter avariado, o homem estava a engasgar-se todo para dizer que estava à frente ao outlet.

* Nos almarios das pombas... pois armário santo... armário.

* Viram aqueles politicos alemães que as mulheres não os deixam fazer-se ao arame farpado... parou... para tudo, está foi a que me partiu mesmo, primeiro porque eu percebi o que ele quis dizer porque tinha ouvido a notícia mas nunca, nunca na vida ouvi semelhante sinonimo para a palavra sexo, esta do arame farpado foi uma descoberta daquelas do caraças.

Resumindo eu bem vos digo que não se aprende nada com este homem, vocês não acreditam, mas fica aqui prometido que vou andar mais atenta para vir cá partilhar convosco estas palavras fantásticas.

E ontem foi... Dia do Pai...

Pois é, e eu tinha em mente escrever um postal para o meu pai, para juntar à prendinha que lhe tinha comprado, mas a verdade é que não tive coragem de o fazer.
Existiam montes de coisas que lhe gostaria de ter escrito, mas faltou-me coragem, acho que tenho medo que ele fique a conhecer esta parte mais sentimentalista... enfim parvoices né.
Gostava tanto de lhe dizer o que ele significa para mim, o quanto é importante e o quanto eu quero que Deus o mantenha na minha vida.
Sei que é triste com esta idade e não ter coragem de assumir os meus verdadeiros sentimentos... mas que fazer falta a coragem e falta.
Enfim sou mesmo uma tristeza
, mas que ADORO o meu Pai lá isso é verdade verdadinha.

18 de março de 2011

Aqui o som do fim de semana... é...



Esta semana seleccionei esta música como o som do fim de semana.
Em tempos, está música teve tanto significado para mim, desde à uns dias para cá, quando venho do tratamento ela passa todas as noites na rádio... há coisas do carago.
Muitas vezes penso se será coincidência ou se terá algum significado.
A verdade é que mexe muito comigo, deixa-me bastante pensativa e até deixa-me com o coração tão mas tão apertado que não tem explicação.
Enfim... coisas da vida!
E para vocês... desejo do fundo do coração que tenham um excelente fim de semana, divirtam-se muito.
Beijinho enorme.

17 de março de 2011

Melhor é impossivel...




Eu já conhecia esta música.
Desde sempre lhe achei muita piada.
Mas agora faz-me lembrar uma certa pessoas que já mencionei algures aqui pelo blogue.
E não é mesmo que esta música tem tudo a ver com a pessoa em questão.
Adoro esta frase "You never make me scream" looolol como diria o meu amigo D. é que é mesmo... loolol e é.
Aí meu Deus tanta paspalhice quem diria que cada vez que eu olho para a pessoa em questão me dá vontade de o mandar ouvir esta música... oh se dá e não só, de lhe dizer mais uma coisitas que pairam algures aqui pela minha cabeça.
Como se costuma dizer... qualquer dia vai ser dia.

Está confirmado...


Eu nasci mesmo para estar sozinha, cada dia que passa mais esta verdade se torna real.
Sinto muita pena de não ser como as miúdas da minha idade que se sentem completamente felizes e completas com um namorado, muitas vezes quando vejo asim casais na rua interrrogo-me pelo simples facto de eu não ter a vontade de ser assim como eles, mas na verdade não sinto essa necessidade de ter alguém no meu dia a dia.
Na na... eu sozinha é que estou bem cada vez tenho mais a certeza disso.
Escusado será dizer que a maioria do pessoal amigo me f... a cabeça a dizer que futuramente me irei arrepender... sim até pode ser que um dia me arrependa, mas agora o meu coração e os meus dois neuronios dizem que querem estar e ficar assim sozinhos... só eu o tico e o teco (são os meus dois neuronios para quem não percebeu).
Dentro do possível que a vida me tem dado dia após dia, sinto que este "alivio" de não ter ninguém, é muitissimo bom... alias por muito que me esforce para imaginar como seriam os meus dias com alguém no meio desta "confusão" toda, por muito que me esforce nem isso consigo imaginar.
O melhor é mesmo não tentar imaginar e continuar assim sozinha e livre.

16 de março de 2011

Em especial hoje...


Sinto-me como o tempo... triste.
Queria tanto arranjar força para combater este desanimo, mas cada dia que passa vejo que isso se torna mais dificil e cansativo.

14 de março de 2011

Relativamente ao discurso do Socrates...

... só tenho a dizer ao senhor para ir para o raio que o parta.
Tal como um senhor utilizou num cartaz, no sábado, durante a manifestação faço exactamente das palavras dele as minhas "Putas ao poder que os filhos já lá estão" é uma forma muito simpatica de mandar essa cambada de hotarios aquele sitio.
Vem FMI vem depressinha porque quanto mais demorares, mais na merda ficamos porque estes politicos são uma campada de corruptos.
Sim à salvação do nosso país.
Sim à evolução do nosso país.
E um BASTA dos grandes para esse bando famito de aves raras que dia após dia tem dado cabo do nosso país.
Tenho dito....

É uma aranha brasileira se faz favor...


... que é para oferecer...
Chamem paspalhice, o que quiserem mas desde que li esta notícia que o raio da aranha brasileira tem sido motivo para grandes gargalhadas entre euzinha e o meu querido amigo D. depois faço um post a falar do D. grande amigo de longa data.
Atão dizem o seguinte:
"Cientistas da Faculdade de Medicina da Geórgia (EUA) descobriram uma espécie de Viagra natural: a picada de uma aranha brasileira muito comum, a armadeira. Os pesquisadores estudam se seu veneno pode ser usado na fabricação de uma alternativa aos medicamentos que combatem a disfunção erétil. As toxinas da aranha são tão fortes que podem causar uma ereção de quatro horas. O único problema é que a picada também traz dor, perda de controle muscular, dificuldade para respirar e até a morte. A doutora Kenia Nunes acredita que a substância possa no futuro ser usada em pacientes que não respondem ao Viagra e similares."
Vá... vendo bem as coisas até começo a pensar seriamente se quero assim tanto mal à pessoa que estava a pensar oferecer uma aranha destas... lol.. é melhor continuar a "usar" a história da aranha para podermos rir à vontade... e só isso... por enquanto.

E nunca mais ninguém nos separou...


Desde que o descobri, mais ou menos à um ano atrás, que nada nos separa.
Algo tão pequenino mas tão perfeito, é o meu maior aliado, quer seja quando tenho os lábio secos, quer quando ando sempre a limpar o nariz e depois fica assim meio pó vermelhito.
Geralmente uso todos os dias para hidratar muito bem os lábios antes de me deitar.
Abençoado seja quem inventou o Letibalm... tenho dito!

13 de março de 2011

Adorava ter a coragem...

... de abraçar os meus pais...
... de lhes dizer o quanto são importantes para mim...
... de dizer que não me imagino nesta vida sem eles...
... de dizer que o meu coração aperta e as lágrimas invadem-me ao pensar em certos momentos que já passamos juntos...
... de tentar ser melhor para com eles...
.... mas principalmente gostava de ter a coragem de lhes dizer que apesar de não mostrar muito, os amo profundamente e que sinto muito orgulho por os ter sempre comigo e por serem meus pais.
E agora dizem vocês "a moça enlouqueceu"
Ao que eu respondo "por certo que sim, estas cenas de melancolia, tristeza e lágrimas têm invadido a minha pessoa com uma velocidade louca, sinto-me de dia para dia bem mais a chegar ao fundo, sinto-me tão cansada desta vida que tenho tido, estou tão fartinha de tratamentos, hospitais, exames, consultas... no fundo do meu coração a minha vontade era desistir de tudo, só não o faço pelos meus pais, porque sei que iriam sofrer muito com isso e a ultima coisa que quero é que sofram mais por minha causa."

O que???

Quando um homem com os seus cinquenta e tais anos e com a mania que foi um grande engatatão nos pergunta "o que é um strip?"...
Pará tudo, minha gente!
Tudo... tudinho....
Enquanto eu o Sr. M. e o Sr. F. conversavamos sobre esse assunto, vi a cara do fulano ao meu lado com expressões de interrogação, mas depois de deixar os outros dois colegas em casa e seguirmos sozinhos eis que a pergunta caiu "o que é um strip?" olhei para ele, primeiro pensei que me estava a gozar, só podia... mas quando me atrevi a explicar foi aí que percebi que o homem não sabia mesmo do que se estava a falar.
Oh god! Salva-me porque isto é bem mais postal do que aquilo que eu imaginava, escusado será dizer que eu estou a falar do meu taxista.

11 de março de 2011

Aqui o som do fim de semana... é...




Esta semana seleccionei esta música, porque diz exactamente com o meu estado de espirito... bem depressivo.
Tem uma letra tão real, uma mensagem que toca mesmo.
Confesso que me sinto tal como diz a letra... sinto-me livre, mas ao mesmo tempo presa a ti... e sinceramente não gosto disso, está a ser tão dificil combater isso.
Desejo que tenham um excelente fim de semana.
Beijinho enorme para todos...

10 de março de 2011

Vou falar-vos de Lisley Pearse...



Fiquei rendida, apaixonada por esta escritora…
Quando comprei estes dois livros foi mesmo por comprar, nunca pensei que fossem tão bons… e como diz o ditado não á duas sem três, ora chegou ontem o terceiro livro dela “Segue o coração, não olhes para trás”, vou começar a ler hoje, prometo depois fazer um post há cerca deste livro.


“Nunca me esqueças”
Até onde iria por amor?Num dia…Com um gesto apenas…A vida de Mary mudou para sempre. Naquele que seria o dia mais decisivo da sua vida, Mary - filha de humildes pescadores da Cornualha - traçou o seu destino ao roubar um chapéu. O seu castigo: a forca. A sua única alternativa: recomeçar a vida no outro lado do mundo. Dividida entre o sonho de começar de novo e o terror de não sobreviver a tão dura viagem, Mary ruma à Austrália, à época uma colónia de condenados. O novo continente revela-se um enorme desafio onde tudo é desconhecido… como desconhecida é a assombrosa sensação de encontrar o grande amor da sua vida. Apaixonada, Mary vai bater-se pelos seus sonhos sem reservas ou hesitações. E a sua luta ficará para sempre inscrita na História. Inspirada por uma excepcional história verídica, Lesley Pearse - a rainha do romance inglês - apresenta-nos Mary Broad e, com ela, faz-nos embarcar numa montanha-russa de emoções únicas e inesquecíveis."



“Procuro-te”

"Daisy tem apenas vinte e cinco anos quando a mãe morre nos seus braços. Embora saiba há muito que foi adoptada, sempre se sentiu amada pelos pais e pelos irmãos. Para Daisy, aquela é a sua família. Todavia, o luto vai abalar o equilíbrio doméstico e revelar rivalidades encobertas. A serenidade dá lugar à devastação, e a jovem sente que é a altura certa para partir em busca das suas raízes e confrontar-se com o passado. Na ânsia por saber mais sobre Ellen, a sua mãe biológica, e à medida que vai desvendando a história da família, Daisy descobre as duras verdades por detrás do seu nascimento. Dotada de uma inabalável determinação, Ellen sobrevivera a uma infância traumática: a morte da sua própria mãe estava envolta numa aura de mistério e os maus-tratos de que fora vítima às mãos da madrasta haviam-na marcado irremediavelmente. O destino quis que a sua coragem fosse constantemente posta à prova. O tempo encarregou-se de apagar o rumo dos seus passos. Mas Daisy não desistirá de a encontrar, nem que para tal tenha de renunciar ao amor da sua vida"

8 de março de 2011

Para todas vocês...


... do fundo do coração...
... desejo que tenham um excelente dia....

... Feliz Dia da Mulher....

Beijinho enorme cheio de carinho para todas

7 de março de 2011

Não me falem do carnaval...


Não gosto...
Pronto é isso...
Cada qual tem a sua panca...
E a minha é não gostar do carnaval... muito menos hoje que estou super doentinha, enjoada, mal disposta, não me seguro de pé, muitas dores...não queria... mas palpita-me que isto vai ter que levar com uma visitinha às urgências.
Mas para quem gosta, adora e ama o carnaval, desejo que se divirtam muitissimo.

5 de março de 2011

Aqui o som do fim de semana... é...




Esta é a música desta semana.
A primeira vez que a ouvi foi no blogue da
Nokas.
Desde então, tem feito parte do meu dia a dia, principalmente pelos momentos menos bons porque tenho passado.
Cada vez que vejo o video, algo em mim diz que também eu tenho que mudar algo, mandar estar tristeza embora que se colou a mim, esquecer quem me faz sofrer e sorrir muito com aquelas pessoas que tem a capacidade de me deixarem com um sorriso enorme e bem disposta.
Um dia eu vou conseguir ter coragem de me rir de tudo o que me esta a acontecer... um dia!
Por enquanto, vou deixando escapar algumas lágrimas.
Desejo que tenham um excelente fim de semana...
Beijinho enorme para todos

3 de março de 2011

Gostos são gostos...


E esta senhora a mim não me diz nada, nadita de nada.
As bocas do mundo dizem que é linda, elegante, um charme de pessoas, mas eu sinceramente não partilho dessa opinião.
Tem um ar esquesito, não vejo nela nenhuma beleza por aí fora, não está em questão que não seja elegante, mas sinceramente não me convence mesmo nada.
Sei lá, falta alguma coisa acho a senhora assim um bocadito pó desconsoladita.
Isto porque?
Porque tava a ler no site da Caras a seguinte notícia "Carla Bruni deslumbra em jantar oficial" e depois de ver as fotos do tal jantar fiquei metida a besta a olhar onde é que andava o deslumbre todo, porque sinceramente, não vi pontinha dele em lado nenhum.
Enfim, é só a minha opinião... apenas isso.

Vocês acham que ela é assim tão bela quanto dizem???

Eu detesto...

"... quando ficas um dia inteiro sem me dizeres nada.
Fico possuida, com um mau humor incapaz de controlar e com uma vontade de chegar ao pé de ti e te apertar o pescoço até tombares para o lado.
E o que ainda mais me irrita em ti, é quando no dia a seguir falas comigo como se fosse a coisa mais banal.
Sabes que mais?
Estou cansada deste jogo escondido em que vivemos, das tuas falsas palavras, da tua vidinha dupla que tens, de aos olhos dos outros seres uma "pessoa exemplar" e por trás seres capaz das maiores aventuras sem pensares no que tens em casa, alias era mais que previsto que alguém com o curriculo de vida que tu tens que não valia nada... mas mais uma vez deixei-me levar na tua cantiga, nos teus sorrisinhos e artimanhas estupidas.
Morro pelo proximo frente a frente que vamos ter, sim porque vamos ter, porque feliz ou infelizmente o nosso dia a dia cruza-se com uma facilidade tremenda, aí sim vais ver que eu sou forte e que tu para mim não passas de um nada, não vai haver sorriso que te valha nem palavras escolhidas a dedo para me fazeres sorrir, porque eu quando quero consigo ser bem fria e distante e é o que vou ser para ti."
Isto é o que eu tinha vontade de dizer ao P. frente a frente olhos nos olhos.
Tem dias que este gajo me irrita profundamente.

2 de março de 2011

Agora não me f…. mais a cabeça!

Os meus amigos mais importantes volta e meia dizem “ah e tal podias mudar de tarifário para um daqueles em que podemos falar o tempo que quisermos sem pagar”
E eu digo sempre “amem” até porque estava muito satisfeita com o meu, porque o alterei quando fui a Itália e desde então tem sido sempre o mesmo, tem sms grátis e é tudo o que eu preciso.
Mas os “piquenos” até que têm razão muitas vezes durante a fase inicial do tratamento gosto de ficar na trela para passar o tempo ou conversar com os amigos ou ler.
Agora, que já mudei de tarifário, podem ligar e vice-versa à vontadinha, porque se a paspalhice já é muito a pagar, agora assim nem quero imaginar como vai ser e começa já amanha, no turno de amanha.
Vá agora, digam que eu não sou amiga dos meus amigos, tudo pelo bem estar deles e meu looolll...

Ando suspeita…


Então todos os dias levávamos com uma enxurrada constante com a música do Pingo Doce e de repente pufff, nunca mais ouvi tal coisa, logo agora que eu já andava a apanhar o ritmo à música e até já cantava tanto quanto o pessoal da publicidade, tiram assim do ar sem mais nem menos, é como tirar um rebuçado a uma criança igualito.
Creio que estão a criar mais uma dessas músicas que ninguém gosta, enjoa e por ai fora mas toda a gente sabe.
Vá lá eu ao menos tenho a dizer que apesar do exagero das vezes em que passava quer na tv quer na rádio e mesmo estando enjoada havia dias em que ate cantarolava a música com plenos pulmões, como se não houvesse amanha… ahhh saudade lol… tenho para comigo que era uma das pessoas ideias para fazer aquela publicidade... enlouqueceu, dizem vocês e sinceramente começo a pensar seriamente que é verdade sim senhor.
Volta Pingo Doce tas perdoado… mas volta de mansinho e não abuses não!

1 de março de 2011

Ai menina... tu queres é farra!!!



Vá vá... não digam nada.
Enlouqueci completamente...
Estes dias mandaram-me esta música e mais duas deles e tenho a dizer que é uma casa a arder, cada vez que ouço esta música só me apetecia cair na farra forte e feio mesmo, sem limites, sem medo, sem nada, como se não houvesse amanha.
Ah saudades do tempo em que fazia isso...
Um dia destes perco o juizo de vez e aí sim vai ser dia de "partir a loiça toda"... de uma vez por todas.
Por enquanto vou ouvindo está música que me deixa muitissimo bem disposta e a cantar.
Agora vou ali até à clinica fazer uma sessão de tratamento, já tou a ver eu a chegar lá a cantar esta música loolol, já quando vier embora nem forcita tenho para um ai quanto mais para cantar lol.
Beijão a todos.... tão bondosa que ela tá ;) tá tá