30 de junho de 2013

29 de junho de 2013

28 de junho de 2013

Sobre a greve...

Acho muito bem que se lutem pelos direitos e essas coisas todas, só não achei grande piada foi ficar sem fazer o raio x que falta para a operação e pior do que isso tudo ficar sem a consulta com o cirurgião que demorou bastante tempo a sair,  tenho tudo pronto para a operação e por causa da greve lá vamos ter que adiar as coisas. Estava com medo de ficar novamente tempos à espera da consulta como tal decidi usar a "cunha" que tenho dentro do hospital para acelerar as coisas e assim sendo na próxima quinta-feira já consigo fechar tudo de uma vez, faço o raio x de manha e vou à consulta com o cirurgião à tarde, a ver vamos como corre, espero despachar isto rapidamente pois infelizmente cada vez estou a ficar com menos qualidade de vida, as dificuldades no meu dia a dia são cada vez maiores, quer a caminhar, subir escadas, nos tratamentos que puxam muito pelo coração ou simplesmente o excesso de calor dá comigo em doida e mal consigo respirar em condições.

26 de junho de 2013

Eu não sei, mas ia jurar que a aldrabice de algumas pessoas são fantásticas...

... oh se são. E agora perguntam vocês, "Então miúda porque estas a dizer isso?" e eu boa moça que sou vou contar tudo. Então ontem li um segredo no shiuuu para quem não conhece este blog faça o favor de clicar no link...em que a rapariga do segredo diz que sofre de uma mal formação dos rins e por causa disso que ia morrer, mas que gostava de um fulano blá blá blá mas não lhe ia dizer, blá blá blá. Então é assim morrer vai, ela eu e toda a gente, um dia, isso é certo, como eu dizia sempre na brincadeira é fatal como o destino, agora dizer que tem pouco tempo de vida isso por causa do problema renal, isso é que já é uma... como digo, como digo, pera lá... grande aldrabice, burrice, ou parvoíce, das duas três. Euzinha por exemplo não tem nenhum rim e não estou viva por obra do divino espírito santo não, estou viva porque a minha vida depende de uma máquina e eu sou tão peste que o normal é toda a gente fazer hemodiálise 3 vezes por semana e eu faço 4, mas se isso é a única solução para eu me manter viva bora lá para a frente enfrentar o dia a dia, lutar, sofrer e seguir em frente. Agora dizerem que não tem solução e que vai morrer porque os rins não trabalham é uma grande peta como diz o meu sobrinho. Por via das dúvidas até dei o texto do shiuuu a uma enfermeira especializada em nefrologia e hemodiálise para ela me dar a opinião e ela não teve mais desatou à gargalhada e começou a rir-se e disse "como é que tu ainda não morres-te se não tens nenhum rim" e desatamos as duas a rir, mas pior do que isto tudo é a falta de informação do pessoal por este mundo fora sobre a doença renal a prova disso fora os comentários que fizeram algo baseado ai coitadinha vai morrer diz a ele que gostas dele blá blá blá... pelas almas, uma pessoa que esta de fora a apreciar a cena fica maluca a pensar se o pessoal esta a dizer isso porque não lhe ocorre mais nada no momento ou se simplesmente acreditam no que lá esta escrito. Eu mesma tenho a dizer, real aldrabice é o que é desculpem lá mas eu nesse aspecto sou muito justa quando é verdade é quando não é não é, não vou estar a dizer sim, sim, sim, quando sei que é não. 

25 de junho de 2013

"Adoro" muito, muito, muito...

... quando me tentam "passar a perna", é que gosto muito mesmo, principalmente quando estou a topar a cena... e quando confronto com a situação ficam lixados porque as coisas não saíram como queriam dizem que eu sou esta aquela e mais a outra... ah pois é, já dizia o ditado "que quem mal anda mal acaba", pena que muitas vezes tenha que ser eu mesma a acabar com o divertimento dessas gentinha... ups um segredo, gosto tanto de o fazer pois julgam-se espertinhos e depois pumba cá estou eu à espera dos engraçadinhos, temos pena. 

24 de junho de 2013

Factos reais...

Esta mais do que comprovado que aqui na vila quem tem grande cagança são aqueles que não tem onde cair mortos como se costuma dizer... oh que gentinha... eu queria que vocês tivessem visto como se vestiram algumas pessoas para ir comer umas sardinhas, carne... entre outras coisas... a casa do meu tio, pareciam que iam para um casamento real ou algo do género... enfim.

21 de junho de 2013

"A chave da luz" de Nora Roberts...


"Numa noite de tempestade, três mulheres encontram-se numa enigmática festa num velho casarão. Malory, Zoe e Dana não se conhecem, mas têm um ponto em comum: todas estão na iminência de perder os empregos. Sabendo disso, os seus anfitriões fazem-lhes uma proposta que lhe poderá render uma enorme quantia. Para a ganharem, terão de encontrar três chaves que abrem uma misteriosa caixa onde se encontram aprisionadas as almas de três princesas. Cada uma delas terá apenas 28 dias para encontrar a chave que lhe corresponde, e só poderão prosseguir caso a sua predecessora seja bem sucedida. Porém, caso falhem, perderão um ano das suas vidas. 

Apesar do perigo, a tentação é grande, e a sorte dita que seja Malory a primeira a tentar encontrar a sua chave, a Chave da Luz. O destino das três está agora nas suas mãos pois, se falhar, a vida de todas poderá ficar destruída para sempre."

Pois bem este primeiro livro da trilogia das chaves ao contrário do que eu pensava fascinou-me. As histórias das três mulheres que se tornaram amigas, Malory, Zoe e Dana estão cheias de aventuras e contratempos, mas apesar disso tudo a primeira chave, a chave da luz foi descoberta. Estou a gostar bastante de toda a história de todos os mistérios em volta dela. Estou ansiosa por começar a ler o segundo livro a ver qual o rumo destas três amigas. Sem dúvida que recomendo este livro.

Vou falar do Alves...

O Alves é um dos bombeiros que me transporta para os tratamentos, é o chamado típico bombeiro, aquele que tem uma enorme barriguinha... vá é o que dizem, mas verdade seja dita também existe muito bombeiro jeitoso, à frente... mas a verdade é que tem algo que consegue superar o seu físico, a cara dele, o raio do homem anda sempre, sempre, sempre de trombas não á um único dia que se veja um sorriso ou algo do género  Eu entro na ambulância digo-lhe boa tarde e ele nem uma nem duas, os outros doentes igual e ele nem a boca abre... o que para mim é falta de educação. O Alves até pode ser uma jóia duma pessoa, a sério que sim, mas com aquela tromba e postura Deus me livre é um pesadelo de pessoa, as vezes até me dá vontade de o abanar a ver se ele acorda para a vida. 

20 de junho de 2013

Livro a ler # 42...


"Três mulheres. Três chaves. Cada uma das mulheres tem vinte e oito dias para descobrir o seu caminho através de uma perigosa busca que poderá levá-la ao encontro dos seus sonhos... ou destruir para sempre a sua vida. Ter de superar as adversidades da vida e criar o filho sozinha tornou Zoe McCourt uma mulher forte e ousada. Mas será que tem a coragem necessária para enfrentar um adversário determinado a fazer tudo para a impedir de cumprir a sua missão? 
Malory e Dana recuperaram duas chaves; resta agora encontrar a última chave que permitirá libertar três almas capturadas por um deus maléfico. Apesar de Zoe dispensar qualquer ajuda, aparece alguém disposto a dar-lhe uma mãozinha.
O que acontece quando os deuses dependem da ajuda dos mortais? Neste último volume da entusiasmante TRILOGIA DAS CHAVES, Zoe, com o seu espírito destemido, concluirá a busca na qual terá de descobrir a Chave da Coragem."


A Chave da Coragem é o terceiro e ultimo livro desta trilogia.  Neste ultimo livro terão de encontrar a ultima chave que falta para poderem libertar as filhas do vidro. Segundo o que li do resumo vai continuar a haver romance entre as três amigas e os três amigos, isto promete. Depois dou a minha opinião sobre este livro. 

19 de junho de 2013

Oh Santo Deus...

Hoje o afilhado/sobrinho que esta de férias da escola quis ficar comigo para eu lhe fazer um facebook. Primeiro os pais não deixavam e agora como já deram autorização lá abri a conta para o moço, coloquei algumas fotos que ele escolheu e agora quando olhei para o que ele anda a fazer dou conta que ele já convidou meio mundo para ser amigo, chamei-o à atenção e dá-me como resposta "são todos pessoas conhecidas" e eu disse "cheira-me que o teu pai logo vai passar-se" meu dito meu feito, pois o  telemóvel tocou e não é nada mais, nada menos que o meu irmão a mandar vir com ele, assim sendo acho, eu só acho que o facebook do moço não vai durar 24 horas, quer parecer que vai ser assim, a ver vamos.

18 de junho de 2013

Pormenores que me enjoam...

Ontem na clínica, na hora do lanche presenciei uma cena que me deu a volta ao estômago em segundos. Veio o lanche e uma moça que lá anda pegou nos pães, abriu a meio analisou a manteiga colocada e não tem mais nada à que passar a língua pela manteiga de cima a baixo e de baixo a cima, achei aquilo tudo menos normal, principalmente no meio de tanta gente, a única coisa certa é que fiquei tão enjoada com a cena mas tão enjoada que quase que não conseguia comer o meu pão com fiambre. Bolas à cada maluco. 

16 de junho de 2013

Livro a ler # 41...


"Em A Chave da Luz, Malory, Dana e Zoe foram escolhidas para libertar as almas das semi-deusas conhecidas como As Filhas de Vidro. Depois de Malory ter encontrado a primeira das chaves, é a vez de Dana Steele tentar a sua sorte. A jovem tem a certeza de que a chave se encontra num livro, e irá contar com a ajuda das amigas na sua demanda, ao mesmo tempo que se dedicam à remodelação da loja que pretendem inaugurar em conjunto. Mas Jordan Hawke, o grande amor da sua vida, e que em tempos a trocou por uma carreira literária em Nova Iorque, está de volta à cidade, disposto a tê-la de volta, o que a distrai momentaneamente da sua missão. Contudo, mesmo contra a vontade de Dana, será Jordan o seu principal aliado na luta contra Kane, o maléfico feiticeiro que tenta a todo o custo impedir a libertação das Filhas de Vidro.
A jovem terá apenas 28 dias para encontrar a segunda das chaves, a Chave do Saber. Encontrá-la poderá significar a realização dos seus sonhos. Falhar destruirá a sua vida e a das amigas… para sempre."


A Chave do Saber é o segundo livro da trilogia das Chaves. Neste segundo livro as três amigas Malory, Zoe e Dana, continuam a sua aventura à procura das três chaves que vão abrir a caixa de vidro. Bem nunca fui de gostar muito deste tipo de livros mas a verdade é que o primeiro livro me esta a fascinar, esta a ser muito interessante, pois a história em si cativa. Depois quando ler este livro faço post. 

15 de junho de 2013

14 de junho de 2013

Factos...

As vezes existem palavras que são ditas no calor do momento mas que magoam e ficam para sempre. Hoje ouvi algumas que jamais irei esquecer e que jamais deixarão de me magoar.

13 de junho de 2013

Sobre a dieta dos 31 dias...

Depois de comprar o livro de ler e ler e ler deparo-me com a seguinte informação: esta dieta não pode ser feitas por pessoas que tenham problemas renais. A minha reacção: ah ah ah ah que engraçado e eu a perder dinheiro e tempo a ler isto.... mas depois os meus neuronios acordaram e pensaram: podes sempre tirar ideias dos alimentos que podes ingerir e dos que tens que evitar, afinal de contas nem tudo esta perdido, vendo bem a coisa... Tá bem tá...

Livro a ler # 40...


"-Numa noite de tempestade, três mulheres encontram-se numa enigmática festa num velho casarão. Malory, Zoe e Dana não se conhecem, mas têm um ponto em comum: todas estão na iminência de perder os empregos. Sabendo disso, os seus anfitriões fazem-lhes uma proposta que lhe poderá render uma enorme quantia. Para a ganharem, terão de encontrar três chaves que abrem uma misteriosa caixa onde se encontram aprisionadas as almas de três princesas. Cada uma delas terá apenas 28 dias para encontrar a chave que lhe corresponde, e só poderão prosseguir caso a sua predecessora seja bem sucedida. Porém, caso falhem, perderão um ano das suas vidas. 

Apesar do perigo, a tentação é grande, e a sorte dita que seja Malory a primeira a tentar encontrar a sua chave, a Chave da Luz. O destino das três está agora nas suas mãos pois, se falhar, a vida de todas poderá ficar destruída para sempre."


A Chave da luz, é o primeiro livro da Trilogia das Chaves de Nora Roberts. A trilogia é composta pelo primeiro livro que é este "a chave da luz", o segundo livro é "a chave do saber" e o terceiro livro "a chave da coragem". Pelo que li parece ser um livro interessante, depois como de costumo faço um post para dar a minha opinião.

12 de junho de 2013

Gosto # 11...


Pois bem no outro dia andava as compras e ia comprar uma Nivea... gosto muito desta marca... e dei de caras com este body gel hidratante express, abri cheirei, li tudo o que vem na embalagem e fiquei tentada a trazer e trouxe. Quando experimentei fiquei rendida, na embalagem diz que tem extractos de menta e a verdade é que eu não sou muito fã de menta... não queria andar ai a cheiras a pastilha elástica... e fiquei surpreendida, é super hidratante e fica um cheirinho tão leve e tão bom que cheira a tudo menos a menta mas também não sei dizer a que cheira precisamente o que posso afirmar é que cheira muito bem. Quanto ao preço esta um bocadito puxado mas também dura bastante tempo, paguei 6.84€ por uma embalagem de 400ml, se no início fiquei um pouco indecisa sobre a qualidade/preço agora posso afirmar que valeu a pena sim senhor. 

11 de junho de 2013

Livro a ler # 39...


"Está farta de dietas que não funcionam? Que a obrigam a passar fome? Em que emagrece um quilo e logo recupera dois? Dietas com alimentos que não encontra nos nossos supermercados e restaurantes? Que a proíbem de comer o pão ao pequeno-almoço de que tanto gosta? Não quer tomar medicamentos nem suplementos dispendiosos para emagrecer? Então este livro é para si. Ágata Roquette traz-lhe uma dieta inovadora, adaptada aos hábitos alimentares portugueses, onde o resultado é garantido. No final do mês, a sua balança vai acusar menos 3 a 5 quilos, se for mulher, e 5 a 8 quilos, se for homem. Como? Tudo começa na primeira consulta onde a nutricionista lhe explica os alimentos proibidos - como batatas, massa, arroz, bolachas, isto é, os hidratos de carbono - e os alimentos que pode consumir à vontade diariamente. A partir daqui cada página deste livro acompanha-a dia a dia, com dicas práticas, conselhos úteis que a motivam, e receitas variadas do que pode cozinhar. Uma nota importante: uma vez por semana, há o dia da asneira onde pode comer tudo o que lhe apetecer. Chegamos ao 15.º dia, onde volta à consulta para perceber os resultados que conseguiu até então. No final do mês, o tão esperado dia 31, com menos peso, a sua autoestima aumentada e com hábitos alimentares mais saudáveis e entra numa nova fase. Se já alcançou o peso desejado, então resta-lhe fazer a manutenção da dieta. Aí já conhece o seu corpo, que se torna num verdadeiro aliado na manutenção de um peso que lhe dá mais saúde, autoconfiança e boa aparência. Se quer perder ainda mais peso, a nutricionista Ágata Roquette dá-lhe todos os conselhos de que precisa para prosseguir a dieta até que a balança lhe indique o peso que tanto ambiciona. Uma dieta onde não passa fome, não se sente desmotivada e onde os resultados são visíveis."


Bem, este não é o tipo de livro que escolheria para ler numa situação normal, mas depois de tanto ouvir falar nele fiquei curiosa e decidi adquirir para ver realmente do que se trata. Já li em vários blogs que tem ajudado algumas pessoas nas suas dietas, pois bem pode ser que consiga descobrir quais os erros que estou a fazer na minha alimentação... vamos lá passar os olhos ao livro a ver... a curiosidade mata-me ;)

Sobre o livro do Miguel Sousa Tavares..

Não sei se fui eu que criei uma expectativa muito grande ou o que se passou, mas a verdade é que li perto de 20 páginas e a sensação que tive foi que li, li, li e não absorvi nada, apenas me deu uma rica soneira... o que não é normal... estava à espera de algo mais mas apanhei uma rica desilusão, à muito tempo que isso não acontecia. Como tal vou por de lado e começar a ler outro, mais para a frente tento novamente ler este livro.

10 de junho de 2013

Mais um motivo para ver o meu Porto...


Eu sei, eu sei, não se pode agradar a toda a gente, mas à minha pessoa agrada bastante ohhhh se agrada. A ver vamos no que vai dar.

Livro a ler # 38...


“Esta história que vos vou contar passou-se há vinte anos. Passou-se comigo há vinte anos e muitas vezes pensei nela, sem nunca a contar a ninguém, guardando-a para mim, para nós que a vivemos. Talvez tivesse medo de estragar a lembrança desses longínquos dias, medo de mover, para melhor expor as coisas, essa fina camada de pó onde repousa, apenas adormecida, a memória dos dias felizes.” 

«Éramos donos do que víamos: até onde o olhar alcançava, era tudo nosso. E tínhamos um deserto inteiro para olhar.» 

«Ali estavas tu, então, tão nova que parecias irreal, tão feliz que era quase impossível de imaginar. Ali estavas tu, exactamente como te tinha conhecido. E o que era extraordinário é que, olhando-te, dei-me conta de que não tinhas mudado nada, nestes vinte anos: como nunca mais te vi, ficaste assim para sempre, com aquela idade, com aquela felicidade, suspensa, eterna, desde o instante em que te apontei a minha Nikon e tu ficaste exposta, sem defesa, sem segredos, sem dissimulação alguma.»

«Parecia-me que já tínhamos vivido um bocado de vida imenso e tão forte que era só nosso e nós mesmos não falávamos disso, mas sentíamo-lo em silêncio: era como se o segredo que guardávamos fosse a própria partilha dessa sensação. E que qualquer frase, qualquer palavra, se arriscaria a quebrar esse sortilégio.» 

«Eu sei que ela se lembra, sei que foi feliz então, como eu fui. Mas deve achar que eu me esqueci, que me fechei no meu silêncio, que me zanguei com o seu último desaparecimento, que vivo amuado com ela, desde então. Não é verdade, Cláudia. Vê como eu me lembro, vê se não foram assim, passo por passo, aqueles quatro dias que demorámos até chegar juntos ao deserto.»

Ora bem, emprestaram-me este livro e a verdade é que gosto imenso do Miguel Sousa Tavares, da forma de ele ser, como fala, enfim gosto dele... Depois de ler o livro faço  um post.

9 de junho de 2013

"Herança de vergonha" de Nora Roberts ...


"Shannon Bodine é uma talentosa ilustradora numa das mais prestigiadas agências de publicidade de Nova York. Mas a sua vida dá uma reviravolta quando descobre a identidade do seu verdadeiro pai: Thomas Concannon. Respeitando a última vontade da falecida mãe, Shannon ganha coragem e viaja até à distante Irlanda. Mas quando lá chega, a sua solidão e vergonha desaparecem na alegria da família que ela nem sabia existir. E na linda paisagem irlandesa, impregnada de lenda e misticismo, Shannon descobre finalmente a possibilidade de um amor que estava predestinado. Herança de Vergonha continua a história das irmãs Concannon, mulheres dos nossos dias, ligadas pelo espírito intemporal da sua terra."


Gostei imenso deste terceiro livro, mas a verdade é que queria que a história continuasse, queria saber o que mais poderia acontecer. Mas a verdade é que foi muito boa, sinceramente.
E pronto terminou a trilogia Herança, que aconselho sem qualquer dúvidas esta história das três irmãs foi muito bonita e divertida, fez sonhar e querer mais. 

8 de junho de 2013

Horóscopo...

"Toda a nativa de touro sabe que demora muito tempo a aprender, mas uma vez aprendida, a lição jamais é esquecida! Este mês de Julho dá-lhe a oportunidade de fazer as contas com o passado que tanto lhe ensinou, de forma a tratar da sua própria segurança emocional, para estar pronta para um futuro em grande. A sua força singular e a alegria contagiante vão ajudá-la nas mudanças necessárias à concretização desta nova fase da sua vida."

Meu comentário: sendo assim fico mais descansada, afinal parece que o horóscopo anda a par dos acontecimentos da minha vida.

7 de junho de 2013

Por acaso...

... esta um tempo que até mete dó, isto não lembra a Primavera a ninguém e sim o Outono. Para estes lados já chove bem e segundo as notícias e as senhoras doutoras vem aí uma hiper descarga de pólen... ohhh Deus que felicidade :(... pelo sim pelo não já me passaram mais um remédio para as alergias, mais vale prevenir. De resto acho que este ano quase não vale a pena trocar a roupa de Inverno pela do Verão, assim de repente é essa a sensação que tenho.

6 de junho de 2013

Das desilusões da vida...

As vezes apanha-se assim umas desilusões sem estarmos a contar, são mais forte do que nós e parece que nos tombam por completo. Ontem apanhei uma tão grande, mas tão grande, que naquele momento fiquei sem conseguir respirar, fiquei aflita, só senti as lágrimas a percorrerem o rosto, foi como se alguém me tivesse tirado o ar e eu visse o fim à minha frente, doeu tanto, não sei se foi o impacto, o medo ou até mesmo tudo junto, a verdade é que fiquei muito abalada, sabia que isso poderia acontecer mas no fundo esperava que isso nunca acontecesse, foi uma desilusão enorme, uma dor sem fim, um sentimento frustrado e intenso é tão mau quando o passado te bate à porta e pensas que tens tudo resolvido e vai-se a ver e não, ainda sofres tanto, mas tanto como se tudo estivesse a passar no momento. 

5 de junho de 2013

4 de junho de 2013

Dos romances e problemas...

Nunca fui pessoa de gostar de ler muitos romances, sempre associei esta minha falta de gosto ao facto de não ser minimamente romântica, mas ultimamente tenho lido vários livro que me têm feito viajar um pouco pelo "mundo encantado". Se na leitura sou capaz de embarcar na história, de viver as emoções e frustrações das personagens e até mesmo de me rir de vez em quando, na vida real a única coisa que me tem apetecido ultimamente e por a rodar toda a gente que me rodeia, preciso do meu espaço, do meu tempo, porque as únicas histórias de amor que estou disposta a viver neste momento são as dos livros, só essas, não quero nada do género na minha vida nem no meu dia a dia, a única coisa que peço é paz e sossego, mas esta a tornar-se difícil parece que não me faço compreender, estou farta de levar com os problemas dos outros, já tenho os meus que não sou poucos, posso ate estar a ser egoísta mas já me chegam os meus, estou saturada de levar com problemas e problemazinhos sem sentido. Estou cansada, esgotada e sem forças. 

Tenho alguma dificuldade...

... em conviver com pessoas que só querem o mal dos outros e sempre que detecto isso numa pessoa tento ir para o mais longe possível dela. São coisas que me fazem confusão, é isso e julgar os outros sem os conhecer, aiiii fico possuída, como é que é possível as pessoas começarem a mandar palpites e bitaites sem nunca terem convivido com a pessoa em questão? Eu até entendo que é tão mais fácil fazer juízos de valor com base na aparência, mas infelizmente é o menos correcto, pois aquele ditado que diz que "as aparências iludem" ou até mesmo "nem tudo o que reluz é ouro" são tão verdadeiros.

3 de junho de 2013