31 de março de 2009

Neste momento desejo...

. Esquecer o passado uma vez que não o consigo entender apesar de muito esforço que faça;
. Encontrar a minha "paz", a alegria, a felicidade... tudo o que perdi;
. Lutar contra este sentimento "esquesito" que me invade dia após dia;
. Acima de tudo desejo ser uma pessoa melhor, desejo encontrar/retomar o caminho que perdi...
. E nunca mas nunca esquecer está frase..."Dai-me a coragem de não desistir, mesmo que me pareça que não há esperança"...

24 de março de 2009

De volta...

Depois destes meus dias de afastamento, voltei.
Pois é, afinal o meu excesso de ansiedade não apareceu assim à toa.
Algo não se encontra da melhor maneira, e como tal reflectiu-se na minha saúde, como sempre.
Então, na semana passada acabei por ficar no hospital mesmo.
Fiquei internada no Hospital St. António, no serviço de Nefrologia/Transplante Renais, serviço este que conheço bem já à alguns anos mas que continua sempre com grandes profissionais, muito simpáticos que eu considero pessoas fantásticas sem qualquer dúvida... Não posso esquecer, nunca, o carinho que me liga ao fantástico pessoal do Hospital Maria Pia, por onde lá andei muito tempo.
Por agora vou permanecendo por casa... mas confesso que sem vontade de caminhar, apesar de saber que tenho mesmo que o fazer.
A ti, Daniel, João e Kika (kika uma mulher fantástica que mesmo não conhecendo pessoalmente apesar de termos o amigo Daniel em comum, tenho um enorme respeito e carinho por ela) agradeço o facto de "terem estado sempre comigo" de se preocuparem e acima de tudo por fazerem parte do meu dia a dia.
Como é lógico não esquecendo so meus queridos pais e irmão que estão sempre aqui... para o que der e vier.
Obrigada por tudo!

5 de março de 2009

Tudo a negro...

Adoro a o preto, considero que é uma cor com muita classe e imenso estilo.
Sou viciada nesta cor, além de que é uma excelente base para qualquer tipo de guarda roupa, mas é lógico que no meio dele vivem muitas outras cores, entre azuis, bejes, castanhos, lilases, roxos, verdes... entre outros.

Para mim o preto é e será sempre a minha cor, apesar de ter que ouvir coisas mais absurdas que se possa pensar... tipo: morreu alguém? ai estas deprimida? porque te vestes de preto? etc...etc...
Mas, existe também quem diga que o preto está associada à morte, às trevas, ao mal e outras conotações negativas... pode ser que sim, mas cada qual é livre de ter a sua opinião e gostos pessoais.

Dizem também que esta cor sugere o silêncio, a morte, o poder, a miséria, a maldade, o pessimismo, a tristeza, a negação, a dor, a opressão, a angústia, a introspecção, mas dizem também que favorece a auto-analise. No meio de tanta coisa ainda existe quem diga que quando brilhante, confere nobreza, distinção e elegância.
Pois...
Apesar de tudo o que possam dizer, e entender.... para mim o preto é uma cor fantástica no universo de muitas outras.


E para vocês, qual é a vossa cor preferida?