31 de maio de 2012

Eu não estou a ver nada...

... nada... nada... nada... vou fazer de conta que não estou a ver está imagem que me está a dar cabo da cabeça, da alma e do apetite... com o carago como é que eu hoje me lembrei disto ah???? E agora isto anda aqui a navegar para trás e para a frente no meu pensamento... ninguém merece. Hoje era menina para me besuntar toda com este gelado de chocolate e café, era era.

30 de maio de 2012

Frase do dia # 25...

" O que há de mais belo na vida são as ilusões da vida"
Honoré de Balzac

29 de maio de 2012

Mais uma semana...


... de tratamentos... 
vai rapariga, olha para a frente e não resmungues, porque isto é para ti, só para ti!!!!!!

28 de maio de 2012

Gosto # 1...


A sandália já a tenho comprei ontem, é exactamente desta cor só que na fotografia não se nota mas tem uns toques de dourado, estão engraçadas ficam muito bem com o vestido e o melhor não são muito altas, porque não pode ser, altas por altas já tinha aqui em dourado mas como tenho que fazer dois tratamentos seguidos antes da comunhão do meu afilhado optei por não ir com tacão elevado porque já vou andar de rastos que chegue, como eu costumo dizer à que me adaptar à situação.
A carteirinha ainda não tenho mas esta semana vou buscar, não à volta a dar tem mesmo de ser lol. Ambas as peças são da loja MARYPAZ, que tem coisas muito giras, algumas bastante acessíveis e outras de fugir, mas isso são pormenores.
E então??? Gostaram???? Vou ver se depois me lembro e mostro o vestido, vamos lá ver se não me esqueço.

27 de maio de 2012

Tenho a sensação...

... que devo andar mesmo na fase da "corda" partir. Daqui a algum tempo tenho consulta de cardiologia, mas dia após dia estou a ficar cada vez mais limitada, ao mínimo esforço fico completamente aflita, hoje não está a ser excepção, eu não queria pensar no assunto, pois não quero ter que me enfiar numa urgência horas e horas a fazer montes de exames, quando já sabemos precisamente o que se passa, como tal tomei a opção que sempre tomo, que é o deixa andar, mesmo acontecendo o que aconteceu à pouco, que ao subir 16 míseros degraus fiquei completamente de rastos, estou que nem posso, tenho a sensação de que a qualquer momento vou tombar de vez para o lado... ahhh vida ingrata :( 

25 de maio de 2012

Estamos em que século mesmo????

É que eu ouvi qualquer coisa como "filha minha jamais andara com um empregado" uhhhhhhhhhhhhh que coisa tão feia ter esse preconceito, até porque a pessoa em questão não é um "património" que possa ser considerado "fantástico"... tadita é um calhau dos grandes é o que é... fico completamente perdida a pensar que ainda existe pessoal que está parado no tempo a.c (antes de Cristo) só pode não encontro outra explicação. Agora em forma de  cusquice e cá entre nós... a pessoa em questão não sabe é que os empregados (e não é só um) não só dão as curvas, voltas, rectas e por aí fora que tem que dar com a filhinha como ainda contam a rebaldarias e as bebedeiras que ela apanha... aiiii aiiii aiiii é tão feio existirem pessoas que insistem nesta merdas de eu sou mais importante do que tu, é muitooooo feio, muito mesmo, porque a verdade é que somos todos iguais, a diferença é que existe gente que consegue cuspir para o ar e fugir e outros não cospem e levam com a dita coisa no meio dos olhos. 

24 de maio de 2012

Venham cá pensar comigo...


Estava a pensar que seria engraçado e bastante útil fazermos empréstimo de livros, emprestarmos os livros uns aos outros. O que é que vocês acham deste assunto???? Vamos lá ver o que vocês acham, se existir pessoal que queira alinhar nesta experiência, combinamos melhor, juntávamos as ideias e as opiniões dos interessados a ver  que tipo de experiência saia, vamos lá ver ,o)

Frase do dia # 24...


23 de maio de 2012

"Os homens que odeiam as mulheres" de Stieg Larsson...


"O jornalista de economia MIKAEL BLOMKVIST precisa de uma pausa. Acabou de ser julgado por difamação ao financeiro HANS-ERIK WENNERSTÖM e condenado a três meses de prisão. Decide afastar-se temporariamente das suas funções na revista Millennium. Na mesma altura, é encarregado de uma missão invulgar. HENRIK VANGER, em tempos um dos mais importantes industriais da Suécia, quer que Mikael Blomkvist escreva a história da família Vanger. Mas é óbvio que a história da família é apenas uma capa para a verdadeira missão de Blomkvist: descobrir o que aconteceu à sobrinha-neta de Vanger, que desapareceu sem deixar rasto há quase quarenta anos. Algo que Henrik Vanger nunca pôde esquecer. Blomkvist aceita a missão com relutância e recorre à ajuda da jovem LISBETH SALANDER. Uma rapariga complicada, com tatuagens e piercings, mas também uma hacker de excepção. Juntos, Mikael Blomkvist e Lisbeth Salander mergulham no passado profundo da família Vanger e encontram uma história mais sombria e sangrenta do que jamais poderiam imaginar."

BRUTAL, FANTÁSTICO, ÚNICO, ALUCINANTE... enfim são algumas das palavras que me lembro neste momento para classificar este livro. Até aos dias de hoje foi dos melhores livros que li, a apreciação é sem dúvida EXCELENTE, aconselho a leitura, vão ver que vão adorar, capta a nossa a atenção com uma "pinta do caraças" e prende-nos com o maior dos fascínios. Sem dúvida que é uma escrita mais que perfeita. Seguem-se agora os outros dois livro " A rapariga que sonhava com uma lata de gasolina e um fosforo" e "A rainha no palácio das correntes de ar"  um trio mais que perfeito, que só no fim do terceiro livro se irá ficar a perceber a 100% o fascínio destes três livros. Lá está está porcaria com as manias das sombras e com os raio que as parta, vai ficar assim nem me vou chatear sequer ,o)

Nem com o calor me salvo...

Estou com umas dores de garganta que nem é bom. Não bebi nem comi nada frio e ando nesta miséria. Fui à farmácia pedir qualquer coisa para as dores de garganta e a diz a senhora "tem a certeza que é para a garganta, é que não é normal alguém se queixar da garganta com este tempo"... bem feita rapariga, burra do carago, quem é que me mandou ir a outra farmácia??? Ahhh???... Agradeci à senhora dei um sorriso e sai farmácia fora, fui à farmácia do costume onde conheço as doutoras todas, mal entrei disse bom dia e elas disseram "isso está mau menina" e lá me deram medicação. Fico intrigada a pensar se não existe mais pessoas que fiquem com dores de garganta na Primavera e/ou Verão, ou será que isso é assim uma coisa de outro mundo ahhh???? Eis a questão.

21 de maio de 2012

Não gosto # 6...

De comprar prendas, sejam de aniversário, natal ou o que quer que seja. Adorava poder ter alguém que se encarrega-se dessa parte do trabalho. Principalmente quando é para comprar para a minha mãe... que é o meu problema de hoje, ela faz anos amanha... não sei o que comprar, depois ela não ajuda em nada e ainda é uma esquisita de primeira... uffa estou completamente lixada, não sei o que comprar.

Eu acho um piadão...

... a alguns comentários de algumas pessoas à cerca dos globos de ouro, quer no facebook quer no blog... juro que acho um piadão do carago mesmo, valha-nos Cristo.

20 de maio de 2012

18 de maio de 2012

Eu juro que não tenho nada contra o raio do homem...

... mas quem foi a alma que teve a péssima ideia de colocar este tal de Rodrigo Meneses a apresentar o "Gosto de Portugal" no 24 kitchen????? O canal é fantástico... adoro mesmo... tem programas super interessantes para quem gosta de culinária... eu gosto, eu gosto lol... é fascinante ficar a conhecer as tradições de outros países, outras formas de cozinhar, outras perspectivas que nós nunca sonhamos sobre o mundo dos comes e bebes, enfim é um canal óptimo com programas fantásticos, a única coisa berrante e sem grande piada é o programa apresentado pelo fulano anteriormente mencionado. O raio do homem só sabe comer, comer e comer e no fim as opiniões dele sobre a comida é tanto como um "fantástico", ou um "delicioso" ou até mesmo "sinto-me feliz"... pois pudera não te irás sentir feliz andando a comer à pala, por aqui e por ali, até eu era feliz... nota-se perfeitamente que o programa dele é uma mera e mal sucedida cópia do "Não aceitamos reservas" de Anthony Bourdain, sem qualquer dúvida. Bem diz o meu pai e é verdade "o gajo só sabe comer, tá sempre e mais, o que tem mais?". É que o homem é irritante, credo que cria.

Frase do dia # 22...


Eu também acho que sim ,o)
Concordo plenamente com a frase e ainda mais com a imagem ,o)

17 de maio de 2012

16 de maio de 2012

Falemos de praia...

Andava eu na paz do senhor a ver as newsletter de catálogos de roupas que tinha no meu e-mail, e resolvi visitar a parte dos acessórios de praia... já apetece já... e dou conta deste tipo de peças, os famosos tanquínis.... é cá cada nome, upa upa... não conhecia para ser sincera, mas depois de uma breve analise até achei piada à cena, isto porque eu só uso fato de banho, porque gosto de guardar a minha colecção de cicatrizes na barriga só para mim... egoísta que ela é... para encher os olhinhos das outras pessoas deixo as estrias das pernas bem à mostrinha para que fiquem tipo "ahhh"... dizei lá se não sou boa pessoa, claro que sou, porque se não fosse mantinha as perninhas tapadinhas... tive muitos anos este trauma, andava sempre de calças, não fazia praia nem coisas do género tudo por causa das estrias nas pernas, mas entretanto  com o tempo fui ultrapassando esse complexo, não a 100% mas pronto à frente. Então vejam lá alguns exemplos.










todas as imagens fazem parte do catalogo da Vença Primavera Verão 2012... é só clicar que vão ter ao site. 

E então?????
O que é que acham????

Eu continuo a pensar que este ano não vou gastar dinheiro em fatos de banho porque tenho 1 novo que comprei o ano passado, mas gaja que é gaja arranja sempre um ou outro motivo para poder comprar outro e quem sabe até acabo por adquirir um destes.

Eu sou...

... menina para quando vejo uma rapariga bonita, jeitosa, bem vestida ou com algum pormenor engraçado, fazem-me dizer... para mim ou para quem está ao meu lado se for uma pessoa conhecida, claro... "olha que bonita", "tem uns olhos bem giros", "veste-se muito bem"... etc, etc, etc... sei reconhecer esses factos, não ando no mundo a falar mal de todas as mulheres, que são estas e aquelas, na na na à que reconhecer que existem mulheres lindíssimas e outras que Deus nos livre e salve. Não é pelo facto de ser mulher que tenho que lhe colocar em cima mil defeitos, nem pensar nisso, acho isso uma atitude muito triste... mas a  verdade é que conheço muita gente que só encontra defeitos nas outras mulheres, só se sentem bem a apontar os defeitos dos outros, para mim este tipo de pessoas são umas tristes. 

14 de maio de 2012

E aqueles dias...


... em que ando completamente desnorteada, aborrecida, chateada, cansada e insuportável e tudo isto sem saber porque, são dias que dão cabo de mim, sinto-me completamente desconectada do mundo, a minha vontade é estar sozinha, sem ninguém, sem barulho, sem confusões, sem nada, apenas eu, o silêncio e a solidão... o trio mais que perfeito, para os meus momentos menos bons. A parte mais difícil disto tudo é fazer com que as pessoas que convivem comigo entendam isso, entendam que tem dias que preciso do meu espaço... será assim tão difícil de entender???

11 de maio de 2012

Se não é ser irresponsável é o que????

Bem entendo que ninguém gosta de ser chamado de irresponsável, mas existem limites e paciência para aguentar o trabalho mal feito e de levar com respostas do tipo "ahh não sei" pois quem não sabe sou eu, que me deixei levar até à terceira vez, quando o meu limite é até à segunda. É a terceira vez que deixo pedido de medicação no centro de saúde para me passarem a receita e é a terceira vez que a mesma pessoa... uma secretaria, pois são várias... que perde os papeis e depois quando vou levantar as receitas nunca sabe de nada.  É lógico que hoje foi o limite da brincadeira, mas afinal ela está lá para trabalhar e assumir as responsabilidade que o próprio trabalho implica ou está lá a fazer sala??? Tenho para mim que a primeira opção é a mais valida mas é a segunda que a menina prefere praticar. E pronto lá me "passei"... mas pouco, porque não gosto de começar o dia a chatear-me... e disse o que tinha para dizer, incluindo que ela era uma irresponsável e que dá próxima vez que volte a acontecer não vai ficar só pelas palavras vou ter que dar o uso à caneta e à letra para fazer queixa aos superiores. Agora fico a pensar se ela me faz isso a mim... começo a acreditar que ela não me "grama"... o que é que ela fará aos velhinhos, coitadinho, está justificado o porque do barulho que lá ia no outro dia com um senhor velhinho e a dita fulana.... enfim... é tão feio fazer-se porcaria para não dizer merda e empurrar para as outras colegas de trabalho... falando nisso a c... da minha colega de trabalho era assim, que a pariu!!!

Desafio...

Este desafio foi lançado pela Mary do blog A Chocoholic Life... já sabem, é clicar e ir visitar, aqui a menina aconselha, vão ver que é um blog muito bom... então o desafio é o seguinte: 

1 - Dizer onde começou o desafio e quem vos passou: já mencionei na introdução do post ,o)

2 - Dizer se gostam ou não de fotografia: gosto sim, bastante até mas de tirar, não gosto muito que me tirem a mim, não me sinto confortável, pancas eu sei ,o)

3 - Se sim, dizer o porquê e o que mais vos fascina no mundo da fotografia: porque é uma forma de recordar bons momentos mais tarde, é algo que vai estar sempre ali, para nos lembrar daquele dia, daquela data ou até daquela situação, é uma óptima forma de guardar os recuerdos como eu costumo dizer. 

4 - Postar alguma foto de alguma situação ou sitio que vos tenha realmente marcado (claro que se a foto tiver pessoas, podem tapar a cara): 


Já tem uns bons aninhos, não tapei o rosto, porque não tem nada a ver com a minha personagem actual... lolol, estou completamente diferente excepto no tamanho lol... como podem prever, esta fotografia foi em Itália, quando fui fazer formação, foi dos melhores momentos de toda a minha vida esta estadia em Itália, escusado será dizer que voltar lá é mais do que um desejo, é um sonho. 

5 - Passar o desafio a 10 seguidores: pois bem, com de costume deixo livre para quem desejar fazer este desafio. 

10 de maio de 2012

Há coisas do carago...

Não é que eu tinha uma pasta no computador cheia de músicas e cd's e à minutos resolvi passar algumas músicas para colocar no carro e pufff não tem músicas para ninguém. Pensei  que poderia por ventura ter limpado o pc e colocado na reciclagem mas não fiz nenhuma limpeza no pc ultimamente, como tal só me resta o senhor meu irmão que esteve aqui no computador na terça à noite, ligo para ele e ele diz-me "ahhh não sei se calhar fui eu mas foi sem crer"... pois acredito que sim, são coisas que acontecem, mas que tinha aqui milhentas músicas fantásticas lá isso tenho, agora tenho é espaço para começar outra vez a reunir músicas... ai que ninguém merece. 

9 de maio de 2012

Livro a ler # 12...


"Tudo começa com um homem saindo de casa, armado, numa madrugada fria. Mas do que o move só saberemos quase no fim, por uma carta escrita de outro continente. Ou talvez nem aí. Parece, afinal, mais importante a história do doutor Augusto Mendes, o médico que o tratou quarenta anos antes, quando lho levaram ao consultório muito ferido. Ou do seu filho António, que fez duas comissões em África e conheceu a madrinha de guerra numa livraria. Ou mesmo do neto, Duarte, que um dia andou de bicicleta todo nu. Através de episódios aparentemente autónomos - e tendo como ponto de partida a Revolução de 1974 -, este romance constrói a história de uma família marcada pelos longos anos de ditadura, pela repressão política, pela guerra colonial. Duarte, cuja infância se desenrola já sob os auspícios de Abril, cresce envolto nessas memórias alheias - muitas vezes traumáticas, muitas vezes obscuras - que formam uma espécie de trama onde um qualquer segredo se esconde. Dotado de enorme talento, pianista precoce e prodigioso, afigura-se como o elemento capaz de suscitar todas as esperanças. Mas terá a sua arte essa capacidade redentora, ou revelar-se-á, ela própria, lugar propício a novos e inesperados conflitos?"


Ouvi falar deste livro no telejornal, foi considerado Prémio Leya 2011, é um romance de João Ricardo Pedro,  licenciado em Engenharia Electrotécnica, casado e pai de dois filhos, ouvi também que o senhor estava desempregado quando decidiu escrever o romance, pelo que parece valeu bem a pena. Pois bem este será um livro a ler sem qualquer dúvida mas vai ficar na "fila" à espera da sua vez, pois já tenho outros aqui comigo para ler. Quando o ler, faço um post a falar sobre o livro, como sempre. 



O sol voltou...

... e eu hoje quando fui ao centro de saúde fui de manga curta cheia de calores e só vi pessoal de botas, outras de galochas, casacão, camisolas grossas e cachecóis como se estivessem graus negativos... não percebo isto... ao que diz a minha mãe "possa será que somos só as duas que andamos com os calores?"... pois, eis a questão, quando tá frio andam à verão, quando tá um sol agradável e quentinho vestem-se completamente à inverno... à cá cada maluco nesta zona, Deus me livre. 

7 de maio de 2012

Dia da Mãe...

Eu não passei o Dia da Mãe com a minha mãe, tive uma comunhão, mas mais importante do que existir o Dia da Mãe, é poder conviver e viver todos os dias com a minha mãe, mesmo nos dias das nossas "pegas" e dos nossos bate bocas, o que importa é que estamos juntas, em vários momentos, que nos ajudamos, que choramos nos momentos mais difíceis, que rimos e soltamos gargalhadas e que apesar de tudo ela está aqui para mim e eu para ela não existe dia nem prenda que possa substituir tudo isto. 

Frase do dia # 20...


Sobre o amor # 3...


O amor pode ter muitas definições. 
Para mim o amor é: ele ir buscar-me aos tratamentos, ficar a tomar conta de mim até que os meus pais cheguem a casa. Ficar comigo, mesmo que eu mal chegue e "caia" na cama perdida de sono, dores e cansaço, ele está ali, sentado na cadeira a morrer de sono mas com a missão de tomar conta de mim até que alguém chegue. Poderá ser uma coisa banal para muita gente, mas para mim significa muito, significa que ele está presente em todos os momentos, nos bons e nos maus, sei que ele me ajuda sempre que for preciso, que ele sabe ajudar-me nos meus problemas de saúde e nos do dia a dia, que ele está ali para tudo, sempre bem disposto, com um sorriso, uma palavra amiga e com uma enorme dose de paciência para me aturar. Quem diria, mas a verdade é que ainda existem homens fantásticos e únicos e ele é um desses homens e dia após dia sinto que sou uma sortuda por o ter encontrado e por o ter ao meu lado em todos os momentos da minha vida. 

4 de maio de 2012

Já chegou o meu prémio...

... que tinha ganho num passatempo na revista Cosmopolitan, demorou mas chegou direitinho, ora vejam lá é um livro.  


"O controlador pai de Amelia Wilkes não permite que ela namore, mas isso não impede a talentosa finalista do liceu de manter um romance com o colega Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham com uma vida em conjunto e planeiam contar aos pais de Amelia apenas quando ela fizer dezoito anos e se tornar, legalmente, adulta. A mãe de Anthony, Kim, que lecciona na escola que ambos frequentam, sabe - e guarda - o segredo que os une. Mas a paixão deles é exposta mais cedo do que planeavam. O pai de Amelia, Harlan, fica chocado e furioso ao encontrar fotografias de Anthony, nu, no computador da filha. Meras horas depois Anthony é preso. Quando os acontecimentos começam a espiralar fora de controlo e o caso toma uma dimensão nacional, Amelia e Anthony arriscam tudo numa ousada e perigosa tentativa de limpar os seus nomes e terminar com a loucura em que tudo aquilo se tornou."

Vai demorar um bocadinho até o ler pois já tenho dois em fila de espera ,o) mas quando o ler depois faço um post sobre o livro, se vale ou não a pena ler. É sempre tão bom ganhar livros à pala... mesmo bommmmm ,o)

3 de maio de 2012

2 de maio de 2012

Segredos...


Os segredos de algumas pessoas são mais do que fascinantes. 

E os nossos???
Bem os nossos são para lá de fascinantes, arrepiantes e estupidamente horríveis... alguns, alguns... toda a gente tem segredos e a única forma de permanecerem como segredos é não os contar a ninguém, essa é a única maneira que existe para que se mantenham secretos e desconhecidos aos olhos e à opinião dos outros. 

Abril acabou tão rápido...


... que eu quase que nem vivi o mês como os outros anos. Foi que nem um flash, foi um abrir e fechar de olhos e pronto já era, acabou. Já estamos em Maio espero que este mês corra da melhor forma possível. 

Uma pergunta...

E se o Sr. Jerónimo Martins quisesse dar os produtos todos em vez de vender alguém tem alguma coisa a ver com isso???? Até parece que o homem não pode vender a baixo custo ou até mesmo dar, que as outras alminhas saem todas ressabiadas a manifestarem-se. Quem foi e aproveitou, fez muito bem, sim senhor. Hoje passei lá porque fui trocar umas coisas à loja ao lado e via as prateleiras do Pingo mais vazias do que a minha carteira, vi também uma senhora a mandar vir com a menina da caixa como se a menina tivesse culpa de estar tudo vazio... ahhh gente inconsciente se queria reclamar que reclamasse com os superiores da rapariga, que culpa tem ela, coitada nenhuma, só está ali a fazer o trabalho dela. Enfim.