27 de agosto de 2013

Texto solto sobre os últimos dias...

Estou muito cansada, extremamente saturada, tudo me mete impressão não tenho nenhum sitio onde diga que estou bem,  estou a ganhar uma enorme azia à hemodialise mesmo sabendo que é para o meu bem, o controlo de sangue aquilo mata-me por completo porque só me podem picar no braço direito e eu mal tenho local para isso. Nada me consegue entreter, nem Facebook, nem blogues, nem televisão e muito menos os livros que eu tanto adoro mas que ultimamente só os quero longe de mim. Queria tanto ter paz nesta recuperação mas não sei o que se passa mas tudo me mete impressão as vezes tenho vontade de ficar a chorar sem parar, a única frase que me passa pela cabeça é "oh Deus porque me castigas tanto" e como é lógico nunca tenho uma resposta. Eu queria ter mais fé e mais esperança mas sinceramente acho que a coisa não vai lá.

23 de agosto de 2013

Sobre os últimos dias...

... tenho andado bastante cansada. Sempre pensei que a recuperação ia ser uma coisa fácil, mas afinal de contas é tudo menos isso e depois este cansaço não ajuda nada. Esta semana na terça-feira iniciei a primeira orientação ao doente hipocoagulado, nunca tinha visto tanta gente junta para um serviço, o que me valeu foi as "cunhas" lá dentro, bem sei que parece mal dizer tal coisa, mas é a verdade. Agora tenho que tomar a medicação para manter o sangue minimamente controlado, seguindo a tabela com a dosagem que me vão dando cada vez que lá vou, custa um bocado não esquecer é verdade mas é única e exclusivamente para o meu bem, assim sendo o que tem de ser tem muita força.

18 de agosto de 2013

Vou para casinha....

... finalmente, hoje quando o dr. chegou aqui ao pé de mim e me disse que me ia mandar para casa... ai que felicidade tão boa, há mais de 6 noites que não durmo nada, eles têm dado a medicação de manha e à noite em vez de ser apenas à noite. Tem sido umas noites difíceis é verdade, só espero encontrar toda a paz e sossego em casa.

17 de agosto de 2013

Continuo no hospital...

... estou tão saturada de cá estar que as vezes nem sei onde consigo ir buscar mais paciência e forças para  tão seguir em frente. Toda gente me diz que que tenho que ter muita força e paciência, mas a verdade é que existe dias em que a única coisa que eu desejava mesmo era ir para casa, a recuperação disto é simplesmente horrível. nunca pensei vir a dizer isto mas eu havia de saber o que sei hoje que a operação tinha ido de grilo... estou tão saturada : (