30 de junho de 2015

"Cinderela"...



"Ella, uma jovem cujo pai comerciante se casa novamente após a trágica morte de sua mãe, acolhe em casa a sua madrasta, Lady Tremaine, e as suas duas filha, Anastasia e Drisella. Tragicamente o seu pai desaparece e Ella fica entregue à sua nova família, ciumenta e cruel, que a a trata como uma serva. Mas apesar de tudo, Ella está determinada a honrar as últimas palavras de sua mãe, sendo corajosa e gentil... mas eis que um jovem que conhecera na floresta, por quem se apaixonara, é afinal um príncipe e não um funcionário do palácio, como Ella acreditara. A oportunidade de reencontrar a sua alma gémea surge quando se prepara um baile no palácio para o qual são convocadas todas as jovens donzelas, mas a sua madrasta e irmãs de tudo farão para o impedir..."



Quis ver este filme porque como quase toda a gente, este filme fez parte da minha infância.
As versões que vi ao longo destes anos foram sempre em desenhos animados, quando vi este filme no site em que costumo ver filmes e séries, primeiro pensei "ah não vais ver isto outra vez pois não?", depois comecei a ver, parei e outro dia conclui o filme.
A história é conhecida de toda a gente e nesse aspecto não houve grandes novidades.
Cate Blanchett que é uma mulher lindíssima faz o papel de má da fita... a madrasta da Cinderela...confesso que não conhecia a Lily James... a que faz de Cinderela, a miúda é muito bonita sem dúvida nenhuma, mas giro, giro, giro é o príncipe, o Richard Madden, um príncipe charmoso, com uns olhos, upa, upa, vou-vos contar.
Detestei aquelas duas irmãs, deus me livre se fossem minhas irmãs já lhes tinha apertado o pescoço, gosto pouco de pessoas dadas à histeria e excessivamente excêntricas... sim eu sei que é apenas um papel que interpretam, mas não gosto na mesma.

29 de junho de 2015

1ª caminhada Caledial...

Caledial o nome da clinica de hemodialise em que ando que fica em Canelas, Vila Nova de Gaia.
O nome do grupo no facebook é exatamente "Caledial somos todos nós"
Ontem fizemos a nossa primeira caminha na praia do senhor da pedra em Vila Nova de Gaia.
Foi a primeira vez que fizemos uma coisa do gênero e assim para primeira vez esteve bastante gente... pelo menos eu não contava com tantas pessoas.
Além de ser um momento de convívio com doentes, familiares e amigos... só alguns porque a maioria não foi, mas como diz o outro só faz falta quem cá esta... serve também para alertar e dar a conhecer o que é a hemodialise e tentar fazer com que as pessoas entendam, para que serve este tratamento e que saibam que existem pequenas coisas a fazer que pode ajudar a prevenir e a ter uma vida um pouco mais saudável. 
Deixo-vos aqui algumas fotos, só um "cheirinho" porque elas são muitas.


Ora aqui esta o grupo todo que participou


Eu a entregar os flyers com a informação sobre como se pode adaptar e ter uma vida melhor, tendo alguns cuidados, a nível alimentar e de desporto e onde também explicava o que é a hemodialise. É engraçado como as pessoas só para aceitarem um papel fazem-se de caras e com a mania, e eu que andei a manha toda a dizer "Bom dia" e a sorrir e em alguns casos tinha que acrescentar... "bom dia é só informação", porque a sensação que eu tive é que se calhar pensavam que ao dar os papeis ia querer dinheiro a seguir.  


Uma paisagem da praia



Eu quando cheguei ao fim, fui e vim nas calmas, aliás eu vinha atrás... bem atrás de todos... e dizia "eu tenho que vir de ultimo que é para ver se não fica ninguém perdido"... sim sim ah ah ah


Comigo levei o T. o meu irmão, o meu sobrinho e a minha mãe, para variar o meu pai não quis ir... enfim.



Aqui no final com a minha enfermeira C.



Novamente com a enfermeira C. é só pose, apesar de cansadas, acho que dá para ver que estávamos felizes com o resultado final.


28 de junho de 2015

"A Família Bélier"...



"Toda a família Bélier é deficiente auditiva, com exceção de Paula (Louane Emera). A jovem de 16 anos é a intérprete oficial dos parentes e figura fundamental na administração da fazenda. Vive em função disso até o dia em que descobre ter um dom para o canto e decide participar de um concurso da Radio France, para desespero da família."

Para mim uma das melhores comédias das que tenho visto.
Real, divertida, com direito a gargalhadas e algumas lágrimas.
Louane Emera além de ser uma miúda linda interpreta um papelão fantástico, não a conhecia, mas depois de ver o filme andei a pesquisar um bocadinho sobre ela... eu sou assim um bocado metida a quer saber quase tudo e mais alguma coisa.
De 0 a 10 a minha pontuação era sem dúvida nenhuma um 11... ah ah ah.
É do melhor, podem acreditar em mim, vejam que vão adorar.

27 de junho de 2015

As vezes é preciso encontrar alternativas...

 para alcançar a tão desejada paz interior...



Quem já experimentou diz que é ótimo.
A mim aconselharam-me faze-lo e de preferência com música de relaxamento de fundo.
Tenho tentado, vamos ver se resulta.

26 de junho de 2015

Estou cansada de ajuntamentos...

Mesmo cansada, já estão a ser ajuntamentos... de família... demais e o que é demais tornas-se enjoativo e chato.
É sempre a mesma confusão, cada vez existe mais barulho e conversas sem sentido, é excessos estúpidos de comida e bebida, tudo ao exagerado mesmo... e eu que no meio daquilo tudo só me vem à cabeça pessoas a passar necessidades a nível alimentar e ali à minha frente é um consumo sem limites e sem sentido.
É um dia, outro, outro e mais outro, sempre as mesmas pessoas, sempre as mesmas conversas sem sentido. 
Quem foi que disse que andar sempre em ajuntamentos não cansa esta muito enganado.
Tudo o que é em excesso torna-se saturante e chega a um momento que é mesmo deprimente.
Estou cansada...
Na realidade eu só quero paz e sossego, mas deus me livre se não vou almoçar ou jantar dizem logo que eu sou esta e aquela, será que não entendem que eu preciso de sossego de vez em quando?
Sábado à noite é mais um jantar de família e ligaram-me e disseram "ah vez se consegues alterar o tratamento porque o teu padrinho faz muita questão que tu vás"... hmmm ninguém diria, que à pose e excesso de superioridade com que ele anda e com que me olha, confesso que até dei uma gargalhada quando a esposa dele me disse isso ao telefone... deve ser os ares de Angola que lhe deram cabo dos poucos neurônios que tem e mais, gente com excesso de superioridade e de mania é coisa que me faz ignorar ainda mais essas pessoas.

25 de junho de 2015

"With This Ring"...



"Na véspera de Ano Novo, Trista, uma agente de talentos, Viviane, uma colunista de fofocas de sucesso, e Amaya, uma atriz, fazem um pacto para se casarem dentro de um ano. Mas os amigos próximos enfrentam o seu próprio conjunto de desafios."


Adorei este filme no início estava um bocado com o pé atrás com medo de não achar grande piada, mas a verdade é que depois foi uma grande e boa surpresa.
Fiquei extremamente feliz e contente por ver o Stephen Bishop, que interpreta o papel de Nate, louvado seja nosso senhor jesus cristo que o homem é todo jeitoso e bonito, giro, giro, giro.

Gostei imenso da amizade das três amigas a Regina Hall que interpreta a Trista, a Jill Scott é a Viviane que eu adorei, pois apesar de ter algum peso é um mulher linda e sabe valorizar-se, fiquei rendida à Jill Scott, e a Eve que interpretou a Amaya
Adorei, é um filme mesmo "à gaja".

23 de junho de 2015

"You're Not You"...


"Bec (Emmy Rossum) é uma estudante universitária que está a ter uma relação com um professor casado, perdendo o interesse no seu futuro académico. Ela começa um novo trabalho, cuidando de Kate (Hilary Swank), uma mulher que sofre de uma doença terminal. Aos poucos, a rapariga vai aprendendo a aproveitar o mundo, mas acaba por se afastar cada vez mais da sua antiga vida."


Ora bem, este foi mais um dos filmes que vi estes dias.
Como é lógico chorei várias vezes, só não chorei mais por vergonha e porque estava na clínica.
É um filme muito comovedor, que retrata uma doença que até nem é muito conhecida.
No meio do drama que é a história, até tem uns momentos divertidos e que nos faz pensar um pouco mais, naquelas coisas que as vezes nem prestamos grande sentido.
Adorei a Emmy Rossum, a miúda é gira que se farta  e a Hilary Swank  que além de ser muito bonita, esteve muitíssimo bem neste filme, foi um papelão interpretar aquela doença.
Apesar das lágrimas e de me deixar bastante pensativa, foi um filme que adorei ver e que recomendo sem qualquer dúvida.
Ahhh!!!! Não encontrei o vídeo de apresentação com legendas em Português, desculpem lá qualquer coisinha.

Já agora bom S. João a todos ;)

22 de junho de 2015

A minha vida incerta...

Por muito que eu queira andar sempre bem disposta, tem dias em que a vida se encarrega de mostrar que isso não é possível, existe sempre algo menos bom a acontecer.
É o excesso de calor, que me deixa indisposta, é o sono que de madrugada resolve ir-se embora, é o cansado pela falta de dormir, pelos tratamentos, pelas mesquinhices dos meus pais que de dia para dia parecem putos de 5 anos, eu bem respiro fundo para não me chatear muito, o problema é que vou acumulando um dia atrás do outro e eu não sou de ferro e quando me apanho sozinha choro desalmadamente. 
Hoje estraguei um bocadinho o meu carro ouvi missa e sermão do meu pai como se o carro fosse dele, como se tivesse sido ele a pagar um cêntimo que fosse, pior que está porcaria toda é que eu ainda fiquei mais lixada comigo mesma do que já estava...
Estou cansada de tudo acreditem que sim, até me sinto cansada e desanimada.

18 de junho de 2015

"Faz-te homem"...



"Quando o milionário gestor de fundos James King é condenado à prisão por fraude, o juíz dá-lhe 30 dias para pôr os seus assuntos em ordem. James procura então a ajuda de Darnell, para prepará-lo para uma vida atrás das grades, desconhecendo que este na verdade é apenas um pequeno empresário... demasiado honesto!"

Se querem um filme sem grande lógica para passar um bocadinho de tempo divertido e com umas gargalhadas à mistura, então vejam este filme.
Eu gostei, dentro do tipo de filme que é, que é a comédia, acho que o simples facto de ser tão estupido o tornou divertido.

17 de junho de 2015

"O jogo do anjo"... de Carlos Ruiz Zafón...


"Na turbulenta Barcelona dos anos de 1920, um jovem escritor obcecado com um amor impossível recebe a proposta de um misterioso editor para escrever um livro como nunca existiu, em troca de uma fortuna e, talvez, de muito mais.

Com um estilo deslumbrante e impecável precisão narrativa, o autor de A Sombra do Vento transporta-nos de novo à Barcelona de o Cemitério dos Livros Esquecidos para nos oferecer uma aventura de intriga, romance e tragédia, através de um labirinto de segredos, onde o encantamento dos livros, a paixão e a amizade se conjugam num romance magistral."

Gostei imenso do livro, já é o segundo livro que leio do Carlos Ruiz Zafón e cada vez mais tenho a sensação que gosto imenso do que este homem escreve.
Destaco o envolvimento do livro A sombra do vento, que foi o primeiro que li... deste mesmo autor... e que "entram" personagens desse livro, o que fez com que a história se tornasse bem mais interessante.
Tem bastante ficção à mistura mas não deixa de ser interessante por isso.
Eu gostei imenso.

16 de junho de 2015

É uma tristeza...

Meninas de 12 anos irem à comunhão solene todas maquilhadas como se fosse para uma noitada.
É que se eu não visse com os meus próprios olhos, duvido que acreditasse em tal coisa, mas vi e vi muito bem.
Será que esta gente não tem pais em casa?

É uma comunhão solene, não é o bar ali da esquina e caramba elas só tem 12 anos, desperdiçam a infância  com coisas de adultos, tem tempo para se pintarem e brincarem de adultas, alias quando chegarem a essa fase vão desejar que o tempo volte atrás e vão ter saudades dos tempos de crianças.
Até à fase adulta brinquem e vivam como pessoas normais da vossa idade.

15 de junho de 2015

Sobre o fim de semana...

Tenho tido uns dias uma bocadinho ocupados, daí não ter tido oportunidade de andar aqui pelos blogs.
Ontem foi a comunhão do meu Brunito... que é sobrinho e afilhado.
A missa foi gira, o grupo que ia à comunhão cantou a missa e estiveram muito bem, pois foi uma cerimônia muito bonita e o senhor padre também não exagerou no que diz respeito à parte dele.
Depois a festa foi muito bonita e boa, a comida estava excelente, não faltou nada e o espaço é fenomenal, gostei imenso e vi que o miúdo estava muito feliz o que para mim isso é o mais importante.
Vou deixar-vos só três fotografias para verem.


Esta sou eu sozinha... ranhosa e pirosinha mas feliz.



Aqui é com o meu Brunito... aquilo tem uma paisagem linda, e os espaço e comida são muito bons, para quem quiser conhecer é a Quinta da Velha... é só clicarem no link que vão direitinhos ao Facebook deles.


Aqui sou eu e o meu Brunito outra vez mas desta vez numa versão mais diferentes... armados em mauzões.


12 de junho de 2015

Hoje dou-vos música...



Vejam lá quem é que é amiga...

Aturem-na... 
"Que tu quieres mamita que tu quieres estar comigo y que tu novio no se entere... que tu quieres mamita que tu quieres asi se ponen locas las mujeres..."

11 de junho de 2015

Novas palavras...

Domingo quando vieram todos cá almoçar a minha rica tia L. saiu-se com umas  palavras novas.
Ora aqui vai...

* masturar... misturar
* trupos... barulhos na cabeça
* buber... beber
* astrevas... atrevas
* licadora... liquidificadora
* comprutador... computador
* dosa... dose
* tirodio... tiroide 

Hmmm... só registei estas mas tem mais, conforme for recordando eu tomo nota fica prometido.


6 de junho de 2015

"A Idade de Adaline"...



"Depois de, miraculosamente, ter ficado com 29 anos durante quase oito décadas, Adaline Bowman leva uma vida solitária, nunca se permitindo aproximar de ninguém que possa vir a descobrir o seu segredo. Mas um encontro casual com Ellis Jones, um jovem e carismático filantropo reacende a sua paixão pela vida e pelo amor. Um fim de semana com os pais de Ellis ameaça por a descoberto a verdade, e Adaline toma uma decisão que mudará para sempre a sua vida."


No outro dia vi este filme na clínica e gostei imenso... bem sei que isto é impossível, mas pronto como filme esta muito bonito.
Que fique registado que eu tenho uma enorme adoração pela  Blake Lively, é uma mulher muito bonita e pronto gosto dela, não me lembro de alguma vez ter visto algo com o Michiel Huisman... provavelmente já vi mas sinceramente não me recordo... o rapaz também faz um papel muito bonito e querido e não posso esquecer de dar especial atenção para o papel desempenhado pelo Harrison Ford, que eu adorei e cheguei mesmo a perder umas lágrimazitas por causa do homem.
É um filme muito bonito, gostei muito, faz pensar em coisas que as vezes não damos grande valor. 

5 de junho de 2015

Até dá vontade de rir...

Muitos dos benfiquistas que conheço aquilo era Deus no céu e Jorge Jesus na terra, aquilo é que era um homem e um treinador e afinal de contas agora o homem já é uma porcaria, já não fez tanto como devia ter feito, blá blá blá blá.
Andavam sempre a gozar comigo que para o ano ia ser o tri... e eu dizia e digo sempre "sim claro que sim" ontem diz ele "nem tri nem nada" e eu ri-me e disse "as tantas".
E fico naquela que nem sei se devo rir ou chorar... e olhem que quem falou disto é um benfiquista doentissimo mesmo.
Enfim!!!!!
Eu que os ature.... looool.

4 de junho de 2015

Sobre o dia de ontem...

Já à algum tempo que não tinha um dia assim de paz misturada...ou como diz a minha tia masturada... com a sensação de felicidade.
São raros os momentos em que sinto que estou feliz... menos mal, também se isso acontecesse sempre a vida não iria ter tanta piada.
Então de manha levei a minha mãe onde ela quis ir e passei assim a manha.
Depois às 13h tive que ir levar umas coisas ao meu sobrinho à escola que anda sempre com a cabeça no ar e esquece-se de tudo e mais alguma coisa, para mim isto é unica e exclusivamente irresponsabilidade, mas à frente.
Depois de tarde fui à minha J. fazer uma massagem e levei uma enfermeira amiga de quem gosto muito.
Depois fomos lanchar e quando voltei a casa senti-me feliz e com uma paz imensa.
E finalmente consegui entender que são estes pequenos momentos de felicidade que iluminam a nossa vida... mais vale entender tarde do que nunca.

3 de junho de 2015

Louvado seja o nosso senhor jesus cristo...

... agora e para todo o sempre amém...


Uma riqueza este rapaz... era um niquinho menos de tatuagens e tirar a senhora da fotografia e tinha ficado... trés bien... hmmm... hmmm é isso.

1 de junho de 2015

É muita "doutorice"...

No nosso país é tudo doutor, podem ser burros como calhaus podem ter andado 10 anos na faculdade mas são doutores, isso é o que interessa é que lhe chamemos de doutores.
Pois para mim doutores são os médicos e... e...
Conheci e sei que irei continuar a conhecer muita gente que lá porque andaram na faculdade querem que os chamem de doutores, pois esta bem, mais nada não... e também conheço aqueles que lá foram 1 ano ou 2 e desistiram e que acham que temos que os chamar de doutores na mesma... já foram.
E este post a propósito de que hmmm???
Porque na clínica de hemodiálise onde ando, existe um senhor que foi professor, que escreve poesia e por aí fora e quer que lhe chamem senhor professor... até aqui nada mal... mas mais engraçado é quando quer que lhe chamem senhor doutor professor A... pelas almas, mais nada não???
Eu trato o senhor, por senhor professor e que não diga a ninguém que vai daqui, que já muita paciência tenho eu em chamar o homem assim.
Mas o que mais me irrita é a arrogância e o desprezo que tem pelo outros... até podia ser o papa que não é mais do que nós a prova disso é que a vida dele depende de uma máquina de hemodialise tal como a minha e a dos meus colegas.
A sensação que eu tenho é que toda a gente e nisto quero dizer, enfermeiros, doutores e auxiliares, tem um "medo" do homem que é uma coisa incrível.
Com este calor é normal que de x em x tempo liguem o ar condicionado para aquilo circular um pouco é que somos quase 20 pessoas a respirar lá dentro.
Estes dias mal se ligou o ar porque estava um calor não se aguentava lá dentro e... eu que não sou pessoa de transpirar já tinha a camisola colada as costas... sua excelência começa logo com o "esta a vir muita corrente de ar e tenho frio"... mas toda a gente estava com um medo do carago de ligar a porcaria do ar condicionado... que houve um momento em que os poucos neurônios que tenho pararam e eu disse "se o senhor tem assim tanto frio puxe o lençol e peça uma manta polar, porque não temos que estar aqui todos a morrer de calor por causa de uma pessoa" não sei se ouviu se não ouviu porque ele entra põem logo a porcaria dos fones nos ouvidos e já que falamos em fones, fica aqui o registo que ele até pode ser doutorado que isso nem esta em questão mas uma coisa simples como tirar os fones para falar com as médicas que vêm perguntar a sua excelência esta bem se precisa de alguma coisa e ele, não tira os fones abana a cabecinha e se tiver que falar fala, e já agora que é uma pessoa tão estudada devia de ter aprendido que estar constantemente a puxar o escarrinho enquanto os outros estão a lanchar é uma coisa muito feia.
Chamem-lhes doutores, chamem!!!!!
Já foste...