31 de julho de 2012

Livro a ler # 14...



"As Cinquenta Sombras de Grey
 é um romance obsessivo, viciante e que fica na nossa memória para sempre.
Anastasia Steele é uma estudante de literatura jovem e inexperiente. Christian Grey é o temido e carismático presidente de uma poderosa corporação internacional. O destino levará Anastasia a entrevistá-lo. No ambiente sofisticado e luxuoso de um arranha-céus, ela descobre-se estranhamente atraída por aquele homem enigmático, cuja beleza corta a respiração. Voltarão a encontrar-se dias mais tarde, por acaso ou talvez não. O implacável homem de negócios revela-se incapaz de resistir ao discreto charme da estudante. Ele quer desesperadamente possuí-la. Mas apenas se ela aceitar os bizarros termos que ele propõe... Anastasia hesita. Todo aquele poder a assusta - os aviões privados, os carros topo de gama, os guarda-costas... Mas teme ainda mais as peculiares inclinações de Grey, as suas exigências, a obsessão pelo controlo… E uma voracidade sexual que parece não conhecer quaisquer limites. Dividida entre os negros segredos que ele esconde e o seu próprio e irreprimível desejo, Anastasia vacila. Estará pronta para ceder? Para entrar finalmente no Quarto Vermelho da Dor?As Cinquenta Sombras de Grey é o primeiro volume da trilogia de E. L. James que é já o maior fenómeno literário do ano em todos os países onde foi publicado."

Bem sei que existe por aí muita gente a falar mal do livro, como também já li vários testemunhos de pessoal que gostou, como tal e como eu sou como o outro "que só acredito vendo", vou ler  livro e quando o ler coloco aqui a minha opinião, porque isto de muita gente seguir apenas a opinião de "alguém que tá na moda" não dá com nada.

30 de julho de 2012

É uma questão de paciência...

... bem sei, mas tem dias em que a minha cunhada me tira do sério. Antes que comecem a pensar o que não devem eu e ela sempre nos demos e damos muito bem, mas como em todas as relações existem pormenores que eram escusados. Outra coisa, não gostam que mexam nas minhas coisas sem autorização, é algo que me cai mal, muito, muito mal. O que se passou foi que tenho em cima da minha secretária no quarto umas capas cheias de relatórios médicos... por causa de uma papelada que eu ando a tratar... ao que a senhora minha cunhada se lembrou de andar a mexer sem pedir autorização. A maior parte do que lá consta é do conhecimento da família, mas existem pormenores que eu mesma desconhecia e quando tive acesso aos documentos fiquei um pouco desorientada no momento, mas depois de reflectir, acabei por não dar grande valor. Qual o meu espanto quando ela estes dias me começa a mandar "bocas" sobre o que está escrito nos relatórios. Primeiro pensei "será assim tão evidente que já se estejam a aperceber que tem dias que não ando muito bem'" mas depois perguntei o porque dela dizer isso, ao que me responde "li nos papeis que tinhas na capa em cima da secretária". Primeiro fiquei "podre", possuída e irritada... mas sem me manifestar... e depois disse que foi uma falta de respeito da parte dela mexer no que não lhe pertence e muito pior andar a falar sobre esse assunto. É um assunto meu, infelizmente não me espanta que quem me segue no hospital ache que eu estou no fim da linha no que diz respeito a cansaço por causa de todos os problemas, por causa dos tratamentos e pelo desanimo que tudo isto me proporciona, tem dias que eu mesma sou capaz de saber que não tenho grandes forças para seguir em frente, como toda a gente tenho dias em que são mais ou menos, outros muito maus e outros bons e não é por ter dias assim que variam, que não consigo levar o meu dia a dia em frente, muito pelo contrario, consigo sim nem sempre bem mas consigo. Resumindo não penso ficar chateada com ela, porque gosto imenso dela e não vale a pena isso, só fiquei decepcionada pela falta de educação em mexer no que não é dela e pela falta de tino de ainda andar a falar no que não deve, se ainda fosse como o outro que vê e não comenta, menos mal. 

Bom dia!!!!!!

Deixo-vos uma música que não me sai da cabeça...

29 de julho de 2012

Hoje é dia de IVETE...

Sim sim, hoje é dia de ir ver a Ivete ao Bessa, já à muito tempo que desejava assistir a um concerto dela e hoje se tudo correr bem é finalmente o dia, um pequenino sonho realizado ,o) depois conto tudo, tudo, tudo, lol... tenham um bom domingo, divirtam-se muito. 

27 de julho de 2012

Superioridade é coisa que me passa ao lado...

... então se for a das vizinhas é que passa como um furacão, nem dá tempo de ver... e não não fazem estragos, porque eu tenho muito mais que fazer do que aturar malucos. Aqui na rua existe 3/4 famílias que são pessoas muito educadas e sem mania de se meterem na vida dos outros, depois tem outras que parece que moram em outro planeta qualquer e que tudo o que os rodeia são extraterrestres e ainda existe aquelas que pensam que o mundo gira à volta delas, uma pessoa passa diz bom dia e nem um ai leva de resposta, ora como se costuma dizer "para burro, burro e meio" comecei a não gastar saliva, porque não vou obter resposta e porque não estou para me chatear, simples. Muitas vezes interrogo-me com várias questões sobre estes tipos de atitude. Porque será que as pessoas são assim? Porque agem assim? Será que não sabem viver em sociedade? Enfim, acho que um bom dia, boa tarde ou boa noite não custa muito e também não fica mal, e não é pelo facto de saudarem as pessoas que vão perder a sua pose de  "Maria peçonhenta" e o seu ar de superioridade, mas o mais engraçado da história é que só age assim quem não tem motivos para isso, como se costuma dizer... cosas de la vida.

E aqueles dias...

... em que se acorda com uma dor de pescoço e de costas do outro mundo? É horrível é que nem para o lado consigo olhar, isto é castigo só pode, tirando o cansaço dos tratamentos até que andava relativamente bem. Tinha que ser hoje, logo hoje que tinha combinado uma saída com o meu padrinho, mas a verdade é que não dá mesmo, esta porcaria doí imenso e qual volaten pomada, qual analgésico, qual  qual raio que o parta, vou aguardar até amanha, se não aliviar recorro à J. a minha amiga que é massagista, lá terá de ser. Vou ali continuar a tentar mexer o pescoço a ver se a "coisa" alivia. 

26 de julho de 2012

Livro a ler # 13...



"Uma mensagem secreta da Al-Qaeda faz soar as campainhas de alarme em Washington. Seduzido por uma bela operacional da CIA, o historiador e criptanalista português Tomás Noronha é confrontado em Veneza com uma estranha cifra: 6AYHAS1HA8RU. 
Ahmed é um menino egípcio a quem o mullah Saad ensina na mesquita o carácter pacífico e indulgente do islão. Mas nas aulas da madrassa aparece um novo professor com um islão diferente, agressivo e intolerante. O mullah e o novo professor digladiam-se por Ahmed e o menino irá fazer uma escolha que nos transporta ao maior pesadelo do nosso tempo.
Baseando-se em informações verídicas, José Rodrigues dos Santos confirma-se nesta obra surpreendente como o mestre dos grandes temas contemporâneos. Mais do que um empolgante romance, Fúria Divina é um impressionante guia que nos orienta pelo labirinto do mundo e nos revela os tempos em que vivemos. 
Este romance foi revisto por um dos primeiros operacionais da Al-Qaeda."



Emprestaram-me este livro, mas a verdade é que nunca me me despertou grande atenção para o ler. Hoje peguei nele por pegar para devolver à dona e comecei a ler as primeiras páginas e decidi que o ia ler. Assim sendo e como vai sendo habito aqui neste blog, quando acabar a leitura, faço um post a dar a minha opinião. Vou aproveitar e fazer a minha lista de livro a comprar pois já acabei o stock de livros que tinha para ler ;o)

25 de julho de 2012

"Esc@ndalo" de Therese Fowler...



"O controlador pai de Amelia Wilkes não permite que ela namore, mas isso não impede a talentosa finalista do liceu de manter um romance com o colega Anthony Winter. Desesperadamente apaixonados, os dois sonham com uma vida em conjunto e planeiam contar aos pais de Amelia apenas quando ela fizer dezoito anos e se tornar, legalmente, adulta. A mãe de Anthony, Kim, que lecciona na escola que ambos frequentam, sabe - e guarda - o segredo que os une. Mas a paixão deles é exposta mais cedo do que planeavam. O pai de Amelia, Harlan, fica chocado e furioso ao encontrar fotografias de Anthony, nu, no computador da filha. Meras horas depois Anthony é preso. Quando os acontecimentos começam a espiralar fora de controlo e o caso toma uma dimensão nacional, Amelia e Anthony arriscam tudo numa ousada e perigosa tentativa de limpar os seus nomes e terminar com a loucura em que tudo aquilo se tornou."

Bem, gostei de ler o livro apesar do romance não ser precisamente o tipo de leitura que eu adoro, mas como já referi, gosto de ler de tudo um pouco. Este livro faz com que pensamos na nossa vida de uma forma um pouco diferente, faz pensar a sério, faz parar, faz refletir em muitas coisas que às vezes não chegamos a dar grande valor. Gostei, é diferente do que estou habituada, mas valeu a pena sinceramente.

Fantástico... quem diria...


"Pedro Paulo Pereira Pinto, pequeno pintor português,
pintava portas, paredes, portais. 
Porém, pediu para parar porque preferiu pintar panfletos.
Partindo para Piracicaba, pintou prateleiras para poder
progredir. Posteriormente, partiu para Pirapora.
Pernoitando, prosseguiu para Paranavaí, pois pretendia
praticar pinturas para pessoas pobres.
Porém, pouco praticou, porque Padre Paulo pediu para
pintar panelas, porém posteriormente pintou pratos para
poder pagar promessas. Pálido, porém personalizado,
preferiu partir para Portugal para pedir permissão para
papai para permanecer praticando pinturas, preferindo,
portanto, Paris. Partindo pra Paris, passou pelos
Pirineus, pois pretendia pintá-los. Pareciam plácidos,
porém, pesaroso, percebeu penhascos pedregosos,
preferindo pintá-los parcialmente, pois perigosas pedras
pareciam precipitar-se principalmente pelo Pico, porque
pastores passavam pelas picadas para pedirem pousada,
provocando, provavelmente, pequenas perfurações, pois,
pelo passo percorriam, permanentemente, possantes potrancas.
Pisando Paris, permissão para pintar palácios pomposos,
procurando pontos pitorescos, pois, para pintar pobreza,
precisaria percorrer pontos perigosos, pestilentos,
perniciosos, preferindo Pedro Paulo precaver-se.
Profundas privações passou Pedro Paulo. Pensava poder
prosseguir pintando, porém, pretas previsões passavam
pelo pensamento, provocando profundos pesares,
principalmente por pretender partir prontamente para Portugal.
-Povo previdente! Pensava Pedro Paulo... Preciso partir
para Portugal porque pedem para prestigiar patrícios,
pintando principais portos portugueses.
-Paris! Paris! Proferiu Pedro Paulo.
-Parto, porém penso pintá-la permanentemente, pois pretendo progredir.
Pisando Portugal, Pedro Paulo procurou pelos pais,
porém, Papai Procópio partira para Província. Pedindo
provisões, partiu prontamente, pois precisava pedir
permissão para Papai Procópio para prosseguir praticando
pinturas. Profundamente pálido, perfez percurso
percorrido pelo pai. Pedindo permissão, penetrou pelo
portão principal. Porém, Papai Procópio puxando-o pelo pescoço proferiu:
-Pediste permissão para praticar pintura, porém, praticando, pintas pior.
Primo Pinduca pintou perfeitamente prima Petúnia. Porque pintas porcarias?
-Papai, proferiu Pedro Paulo, pinto porque permitiste,
porém, preferindo, poderei procurar profissão própria
para poder provar perseverança, pois pretendo permanecer
por Portugal. Pegando Pedro Paulo pelo pulso, penetrou
pelo patamar, procurando pelos pertences, partiu
prontamente, pois pretendia pôr Pedro Paulo para
praticar profissão perfeita: pedreiro! 
Passando pela ponte precisaram pescar para poderem
prosseguir peregrinando. Primeiro, pegaram peixes
pequenos, porém, passando pouco prazo, pegaram pacus, piaparas, pirarucus.
Partindo pela picada próxima, pois pretendiam pernoitar
pertinho, para procurar primo Péricles primeiro. Pisando
por pedras pontudas, Papai Procópio procurou Péricles,
primo próximo, pedreiro profissional perfeito. Poucas
palavras proferiram, porém prometeu pagar pequena
parcela para Péricles profissionalizar Pedro Paulo.
Primeiramente Pedro Paulo pegava pedras, porém, Péricles
pediu-lhe para pintar prédios, pois precisava pagar
pintores práticos. Particularmente Pedro Paulo preferia
pintar prédios. Pereceu pintando prédios para Péricles,
pois precipitou-se pelas paredes pintadas.
Pobre Pedro Paulo, pereceu pintando...

'Permita-me, pois, pedir perdão pela paciência, pois
pretendo parar para pensar... Para parar preciso pensar.
Pensei. Portanto, pronto pararei."

P.S: Tinha isto guardado num e-mail onde já não ia deste 2009... ah ah ah... lembrei-me de lá ir hoje e lembrei-me da primeira vez que li este texto numa aula de técnicas comercias e desatamos todos à gargalhada, bom tempo. Espero que gostem ,o)

24 de julho de 2012

Frase do dia # 32...


E não é que é mesmo verdade. Tem dias que a saudade magoa, outros que nos faz chorar e outros em que nos faz sorrir, enfim a saudade é uma desgraçada é o que é.

23 de julho de 2012

É fascinante...

... como uma dor de cabeça é capaz de dar cabo da minha pessoa por completo, é daquelas coisas que não se compreende mesmo, mas fico pior do que se tivesse levado um enxerto de porrada... pormenores. 

Ainda não consegui perceber...

... porque raio as meninas cá da terra quando se casam fazem madeixas loiras, a sério parece que é algo contaminante, aparecem todas no dia do casamento com o cabelo as riscas amarelas, todas as fotografias que vejo do casamento de pessoal conhecido de cá deixam-me a pensar tipo "ela tá parva só pode tinha um cabelo tão bonito e foi estraga-lo precisamente no dia do casamento", enfim... enfim...

22 de julho de 2012

É uma questão de palavras...

Existem várias palavras que não uso, por simplesmente não lhes acho a miníma piada, sei lá soa esquisito, enfim pode ser panca minha mas não as uso. Em 27 anos nunca me lembra de usar estas três palavras: bué, tótil, xoxo, a sério, para mim são palavras esquisitas que até me atrevo a dizer que se as usei um vez na vida deve ter sido muito, porque a verdade é que não me lembro de as usar. Mas quem diz estás diz umas tanta mais que neste momento não me estão a passar pela cabeça. Em contra partida existe uma série delas que uso muito por exemplo: por supuesto, peçonhento... adoro está ah ah ah... tinhoso, sim Ana, ohhhh, tá bem tá, exato, exatamente, enfim por aí fora estás são apenas algumas das que mais uso, mas ainda tenho uma lista bem grande confesso, vou ficar atenta e um dia completo melhor a lista ,o) fica prometido. 

Do fim de semana...

Este fim de semana é festa cá na terra 4 dias, começou na sexta-feira e acaba na segunda-feira. Existem quem lhe chame a festa das barraquinhas, mas o verdadeiro nome é "encontro das colectividades", isto é o que perguntam vocês, pois bem passo a explicar, são várias barraquinhas das várias associações cá da freguesia, por exemplos as escolas, com as associações de pais, o futebol, o club de caçadores, o centro social que também tem infantário, atl, café, teatro e atividades de desporto, o lar de idosos, enfim são umas 12/13 se não me falha a memória, as que participam, porque existem umas quantas mais que não participam. Existem vários comes e bebes, como eu costumo dizer tem para todos os gostos, o pessoal passa um bom bocado a conviver e até encontra gente que só se vê uma vez no ano naquela festa. Além disto tudo cada barraquinha tem direito a fazer uma apresentação do que quiser, dançar, cantar, teatro, enfim o que quiserem e acaba por haver momentos bem divertidos e outros que eram escusados, mas à frente. E pronto é um fim de semana diferente e engraçados que todos os anos mais ou menos por está altura se realizada por estes lados. Quase todas as freguesias aqui da beira fazem as suas barraquinhas, uma moda que pegou aqui à uns anitos.  Eu até acho a sua piada a este tipo festas embora ontem não pudesse estar presente que é dos dias com mais gente o sábado e a segunda-feira,que interessa é que haja festas para animar a terra e o pessoal. Se me lembrar levo a máquina e depois coloco cá umas fotografias para vocês verem mais ou menos como é ,o) beijinhos, beijinhos e continuação de um bom domingo!

21 de julho de 2012

Sem dúvida que o sinónimo de mau gosto...

... é a "família Aveiro", toda a gente sabe que não basta ter dinheiro, é preciso ter gostos também e nesta família não tem uma que se aproveite. Estava a ver a festa da SIC dos 20 anos e deparo-me com o trio a caminhar todo lançado pela famosa passadeira vermelha, fiquei impressionada com a falta de gosto das senhoras. Eu continuo com a teoria de que cada coisa se quer na sua idade, caramba existe gente que nunca consegue entender isto e elas fazem parte dessa gente. Tanta falta de gosto junta até dá pena.

20 de julho de 2012

José Hermano Saraiva...


Sem dúvida uma enorme perda para o nosso país. Foram muitas as vezes em que via o programa dele com o maior entusiasmo, mesmo não sendo grande apreciadora de história, o senhor captava a minha atenção de uma maneira única e fantástica.
Que descanse em paz...

Gosto # 3...


Quem se lembra disto?




Ao tempo que não como um travesseiro destes, mas hoje vai ser dia, tenho um ali para comer, para matar as saudades de quando era mais nova. Quando íamos à catequese comíamos quase sempre um travesseiro, ai que tempos, chega mesmo a dar um aperto no coração das saudades desse tempo.

18 de julho de 2012

Adoro # 2...


As bolachas pim's tiram-me do sério, é por onde mais começar, tornam-se viciantes e se elas estiverem fresquinhas melhor ainda. Está aqui uma alma sossegadinha numa de tentar levar uma alimentação mais ou menos equilibrada e eis que chega aqui o meu afilhado e diz "madrinhinha pim's pim's pim's" e eu ainda olhei e pensei "resiste, resiste" e depois disse ""pronto dá cá três e desaparece com o pacote se não era uma vez" como é que posso resistir, não posso.
P.S: Estão mesmo boas lolol. 

Definitivamente...

... eu odeio moscas, mosquitos e animaizinhos desse género, dão cabo da paciência a um santo e com este calor parece que anda tudo maluco, numa histeria completa. A verdade é que não tenho grande paciência para aquele "zzzzz" das moscas/mosquitos, além de que são chatos e insistentes uma pessoa tenta afasta-los a todo o custo mas eles voltam e parece que quando voltam que vêm mais chatos ainda. Haja paciência para estes pequenos pormenores menos agradáveis do Verão. 

17 de julho de 2012

Lugar de sonho...


Riviera Maya

Nunca fui pessoa de desejar muito ir para lugares paradisíacos, mas ultimamente tenho andado com esses apeteceres. Pois bem hoje elegeria Riviera Maya, podia ser exactamente ali, sem tirar nem por, ai que eu até suspiro só de olhar para a imagem, imaginem se estivesse lá... vai sonhando rapariga. 

16 de julho de 2012

Muitas vezes penso...

... o que será que os outros pensam de mim??? Mas depois, passado alguns minutos digo para mim mesma "deixa-te de ser estúpida miúda, que te interessa o que os outros pensam ou não de ti, isso não irá contribuir em nada para  a tua felicidade, muito pelo contrário poderá deixar-te minimamente alegre ou absolutamente chateada" e não é que é mesmo, que mania está de as vezes pensar nisto. Como diria o meu pai, "não se deve andar no mundo para agradar aos outros" e é mesmo, o meu pai tem razão, cada dia me convenço mais disso.

1º dia de praia...

... não foi mau não, mas podia ter sido bem melhor se não tivesse aquele vento todo. Quanto ao mergulho, ainda não foi desta, só molhei mesmo a pontinha dos dedos dos pés e tive a sensação que estava a gelar por completo. O que estraga algumas praia de cá é mesmo a agua gelada e o excesso de vento... tem dias... porque de resto é tudo fantástico.

13 de julho de 2012

Ai a família "Malhoa"...

... anda com umas músicas que a minha reacção ao ouvi-la foi exactamente "ah ah ah ah" isto do Verão faz como que o pessoal faça umas músicas um tanto quanto "maradas".  Aí C. C. se não és tu a dar-me a conhecer estás músicas ia permanecer inculta. Então apreciai lá o Sr. e a Srª Malhoa... dela já nada me estranha agora do sr. só tenho a dizer que se existem homens que quanto mais velhos ele não é caso disso muito pelo contrario, nem para lá caminha lol ,o)

Um facto...


Existem blogs que me dão uma fome do caraças, é daquelas coisas sem explicação ,o) que fazer...

11 de julho de 2012

Este segredo podia ser meu...

Ao visitar o blog do Shiuuuuuu encontrei este segredo  depois de o ler, cheguei à conclusão, que este segredo poderia ser meu, tirando a parte de achar que sou egoísta, porque não o sou... é o que eu acho, já me chamaram de muita coisa mas nunca de egoísta. Em tempos tive o desejo/pensamento de um dia ter filhos, andei uma fase da minha vida encantada com esse assunto, mas com o tempo fui mudando de opinião. Sei que para muita gente pode ser de difícil compreensão está minha opção. mas eu jamais em tempo algum colocaria uma criança no mundo para sofrer, pois a probabilidade de nascer com problemas de saúde iguais aos meus é elevada, bem sei que também existe uma mínima opção de não herdar qualquer problema, mas existe essa possibilidade e eu jamais seria capaz de desejar que o meu maior inimigo passa-se um terço do que já passei e passo, quanto mais uma criança, inocente e indefesa. E é assim que eu defendo este tema, no que diz respeito à minha pessoa, tem dias em que sinto tristeza por ter de optar por caminhos que nunca tinha desejado, mas a vida é mesmo assim, feita de opções e depois não podemos ser todos iguais, nem podemos seguir todos o mesmo padrão. 

10 de julho de 2012

9 de julho de 2012

Das miúdas dos dias de hoje...

Dizem que os jovens hoje em dia são muito precoces, bem lá isso é verdade é. Ontem á noite passei numa festa cá de terra e fiquei um bocado parva com alguma miúdas. Vestiam-se com roupas muito justas e muito estilo adulto, super tacões, já para não falar dos excesso de maquilhagem, uma coisa exagerada mesmo, cheias de tiques, enfim. Fiquei a pensar que estão a desperdiçar a juventude delas a quererem parecer mais velhas, e um dia quando se aperceberem que estiveram erradas, já vais ser tarde demais. Costume dizer que tudo se quer na sua idade e dá-me pena ver miúdas novas e muitas delas até bonitas estarem a estragar-se todos por e simplesmente por estupidez. Existem pessoas que ainda não conseguiram entender que os excessos acabam sempre por correr mal. 

7 de julho de 2012

Era menina era...


... para me encharcar de compal de maracujá e beber, beber e beber até não poder mais. Tudo o que tenha maracujá para mim é abençoado, seja de comer, beber ou até mesmo cremes. Mas o compal de maracujá é qualquer coisa, era menina de beber até enjoar... mas como é lógico que não posso... vou me contentando com um de vez em quando. Ahhh é verdade fiz mousse de maracujá... lolool... a ver vamos como fica ,o)

P.S: Senhores da compal se virem que tal, que eu até sou boa moça e coisa e tal, mandem uns lotes lá para casa e fiquem descansados que ficam mais do que bem entregues e depois a menina ia ficar super feliz e alegre.

6 de julho de 2012

"A rainha no palácio das correntes de ar" de Stieg Larsson...


"Neste terceiro e último volume da Trilogia Millennium, Lisbeth Salander sobreviveu aos ferimentos de que foi vítima, mas não tem razões para sorrir: o seu estado de saúde inspira cuidados e terá de permanecer várias semanas no hospital, impossibilitada de se movimentar e agir. As acusações que recaem sobre ela levaram a polícia a mantê-la incontactável. Lisbeth sente-se sitiada e, como se isso não bastasse, vê-se ainda confrontada com outro problema: o pai, que a odeia e que ela feriu à machadada, encontra-se no mesmo hospital com ferimentos menos graves e intenções mais maquiavélicas… Os elementos da SAPO continuam as suas movimentações; Mikael Blomkvist tenta de todas as maneiras ilibar Salander; Dragan Armanskij, o inspector Bublanski e Anita Giannini unem esforços para que se faça justiça; Erika Berger sente-se também ameaçada; e quem é Rosa Figuerola, a bela mulher que seduz Mikael Blomkvist?"




A minha opinião...
Foi muitíssimo bom sim senhor superou as minhas expectativas sem qualquer dúvida. A história é mais o que cativante e a curiosidade aumenta página após página é sem dúvida um livro que toda a gente deveria de ler.
Resumindo a Trilogia Millenium é FENOMENAL sem qualquer dúvida, são três livros MUITÍSSIMO BONS aconselho sem qualquer dúvida. Até aos dias de hoje foi a história que mais me fascinou, o que me entristece imenso é que já tenham acabado. Imaginem vocês se a história continuasse por mais três livros hmmm nem é bom pensar parece que fico cheia de adrenalina, mas infelizmente o autor já faleceu, como tal isso não será possível. Nota final destes três livros EXCELENTES e com todo o mérito.
P.S: Desculpem lá estes pormenores das formatações que me estão a dar cabo da cabeça, mas vai ficar mesmo assim ,o)

Vegetarianos da blogosfera aprocheguem-se...

Hoje vi uma reportagem sobre restaurante vegetarianos e a verdade é que fiquei muito encantada com os pratos que apresentaram. Entretanto li um pouco mais aqui pela net à cerca de alguns produtos, tais como o seitan e o tofu. A verdade é que fiquei curiosa e com vontade de experimentar. Encontrei algumas receitas do mais variadas que possam imaginar e algumas delas são super acessíveis e fáceis de fazer. Estou tentada a experimentar. Então e você? Alguma vez experimentaram a comida vegetariana? Ou até mesmo só alguns produtos? Aconselham? Sim porque a minha intenção é mesmo ir experimentando alguns produtos.

5 de julho de 2012

Não tenho a mínima paciência nem vocação...

... para comprar roupa. Bem sei que quase toda a mulher adora fazer isso, mas eu não, é coisinha para me deixar bem mal disposta, aquele tira e pões a roupa, deixa-me com um enorme mau feitio... ainda maior do que já é normal lol... não tenho paciência mesmo, pensava que com a idade este pormenor fosse abrandar e eu começasse a achar piada as idas às compras de roupa, mas a verdade é que acho que de dia para dia a situação piora. Mas pior do que tudo isto, é mesmo ir fazer companhia a alguém às compras, aquela indecisão, aquele experimentar sei lá quantas peças e nada ser do agrado da pessoa, é coisa para me deixar à beira de um enfarte às vezes nem sei como sobrevivo a tal coisa tão grande é a minha camada de nervos.

4 de julho de 2012

Preciso de ajuda...


Alguma boa alma que conheça algo para as dores de cabeça? Já lá vão vários dias que ando com umas dores de cabeça terríveis, como tal lembrei-me de passar por cá e ver se alguém conhece algo que faça efeito a ver se me alivia um bocadinho... por favor, ajudem aqui a menina, sim, ficarei muito agradecida.

3 de julho de 2012

Cada coisa...


Hoje cheguei à conclusão que me sinto mais gorda com 64.5kg do que quando tinha 68kg. Haja paciência para me aturar a mim mesma, sinceramente. Tenho é que pensar seriamente em voltar a perder os 4.5kg que teima em me chatear a cabeça, amanha começo seriamente a tratar desse assunto, hoje já não vale a pena porque daqui a breves minutos saiu para o tratamento. Ainda dizem que ser "gaja" é fácil, o caraças é que é fácil!!!!!!

Sobre o menino que morreu...

Eu gostava de ter ido ao funeral, gostava de ter tido coragem suficiente para o fazer, mas a verdade é que não tenho, sou muito mais frágil do que aquilo que pareço... infelizmente. Só de imaginar os pais dele a sofrerem fico completamente em lágrimas e derrotada, imaginem se estivesse presente ia ser muito pior. Sei perfeitamente que quando vir a mãe dele... como é costume no cemitério aos sábados... que vou ter que fazer um enorme esforço para não chorar e sim sorrir, porque sei que a mãe esta perdida por completo... já assim foi da outra vez, imaginem agora... gostava tanto de ter o poder de fazer algo para os ajudar, mas a verdade é que cada vez mais tenho a certeza que não existe nada que se possa fazer para diminuir a dor daquela família. 

Detesto...

... aquele tipo de pessoas que não conheces de lado nenhum comece a mandar palpites não solicitados quando conversas com outra pessoa. A sério será que existe necessidade disso? É coisinha para me deixar para lá de irritada, mas opto por ignorar porque se não acabo por ser desagradável. 

1 de julho de 2012

Penso que a vida não vale nada...

... quando recebo uma notícia capaz de me deixar com piores dores de cabeça do que já tinha tido o dia todo e me deixar banhada em lágrima e cheia de raiva. Em menos de 5 anos uma senhora aqui vizinha perde o segundo filho de uma forma trágica. O primeiro fazia educação física na escola e caiu para o lado devias ter 14/15 anos... mais coisa menos coisa... de repente, a senhora sofreu, ficou nas portas da loucura mas aos poucos consegui seguir em frente até porque tinha um filho mais novo. Hoje morre o outro filho 15/16 anos afogado. Quem é a mãe que aguenta semelhantes desgostos???? Faço ideia como a senhora esteja a sofrer. Estou revoltada, cansada, triste e f... pela vida ser assim tão fdp com algumas pessoas. Eu sofro tanto com os meus problemas mas também sofro com os das outras pessoas, eu não queria que isto acontecesse até porque já tenho carga que chegue na minha vida, mas não consigo ficar indiferente a tudo isto.

Factos do casamento de ontem...

* Já fui a casamentos melhores, é verdade, mas também já fui a bem piores.
* Continuo a não perceber porque raio toda a gente encornou em servir os aperitivos na relva, será que ninguém se lembra que as meninas com sapatinho de tacão... como eu... ficam com o raio do tacão enterrado a cada passo que dá? Tá mal, tá muito mal, não pensarem nesses pormenores.
* Porque é que os animadores do casamento tem sempre vicio de colocar o som numa altura extremamente exagerada? É que nem dá para o pessoal conviver durante o comes e bebes. 
* Continuo a achar o fogo em cima da piscina feio, era bem mais giro se fosse fogo de artificio... digo eu.
* Quem é que se lembra de ter tão fraco gosto para colocar a música "someone like you" da Adele na hora do fogo e de partir o bolo? Será que alguém se deu ao trabalho de ouvir com atenção o que quer dizer a música? Não é suposto esse momento ser um dos momentos felizes dos casamento? Continuo a achar que essa música nesse momento não tem nada a ver, nada mesmo. 
* Como é que existe gente que tem paciência para levar outra roupa, para trocar ao meio do casamento?
* A noiva estava triste, pareceu-me tudo menos o dia mais feliz da vida dela, a mim e a outras pessoas.
* Não gostei da cor do vestido, nem do modelo, ela é tão bonitinha mas ia muito desconsoladita.
* O mesmo se aplica à maquilhagem, ia com a cara da cor do vestido, aquele castanho camel claro tipo dourado... nem ponta de sombra tinha só base e base e notava-se perfeitamente a diferença uma vez que a base não estava precisamente bem aplicada, mas pronto gostos não se discutem.
* Enfim teria lista para continuar, mas agora não me apetece escrever mais, andei o dia todo com a cabeça a rebentar, as festas cansam e não é pouco.