27 de abril de 2017

Estou entre a espada e a parede...

E só Deus sabe como odeio estar nessa posição.
Esta a aproximar-se as festas que tenho este ano... casamentos, batizado e comunhão.
Esta a aproximar-se a época de gastar dinheiro... odeio esta parte, porque quando o dinheiro sai da conta não volta a entrar é o que é.
Aiiii como eu detesto tantas festas juntas.
Devia de ser proibido.
E cheira-me que o mês de Junho deste ano vai ser dos piores meses da minha vida, além dos dois casamentos vou ter que alterar os tratamentos e vai ser uma salsada jeitosa, se andando nos meus dias e já não  me seguro de pé com tantas trocas vai ser horrível... nem quero pensar no assunto que fico logo assustada e desanimada.
Respira fundo Mary, respira fundo e que seja o que Deus quiser.
Bom,  já fiz o meu desabafo do dia e para variar vou para o tratamento.

26 de abril de 2017

"Divertida-mente"...



Se não estou em erro foi  no dia de Páscoa que deu este filme e eu até deixei a gravar porque já andava com a ideia de o ver à algum tempo.
Sim, sim eu gosto de ver filmes de macacos como diz o meu pai.
Gostei muitíssimo do filme.
Acho que todas as crianças e adultos... já agora... deviam ver este filme, pois fala das emoções e dos sentimentos que vão crescendo com nós desde pequenos, bem como aqueles que vão sendo destruídos ao longo da vida.
A história esta adorável, fez-me sorrir mas também me fez  chorar, deixou-me a pensar em muita coisa que eu faço sempre questão de não dar muito interesse mas que na realidade estão cá dentro.
Para mim o filme esta muito bom, vejam, vale a pena perder um bocadinho de tempo para o ver.

25 de abril de 2017

25 de Abril...

Antigamente aqui na rua era uma festa enorme.
Havia corridas de manha, jogos tradicionais à tarde e ao fim do dia jogo de futebol entre solteiros e casados e no fim de tudo era a entrega das medalhas e das taças das corridas.
Era sempre muita gente.
De ano para ano foi diminuindo o numero de pessoas, bem como as atividades.
Agora só existe as corridas e só vem meia dúzia de pessoas.
Acabou-se os jogos tradicionais, o futebol e a entrega dos prêmios... agora são feitos ao fim da manha. 
Tudo esta a acabar, menos uma coisa, a música do Zeca Afonso.
Ano após ano vira o disco e toca o mesmo desde as 8:30h da manha até ao fim do dia.
Bem sei que é a música deste dia mas possa todos os anos sempre a mesma coisa e eu que moro aqui ao lado mesmo, é terrível.
Mas tem que ser e tem não vale a pena estar a reclamar, quer dizer posso sempre reclamar aqui no blog como estou a fazer agora, mas não me adianta nada e não por isso paciência. 
Bom vou ao tratamento, sim que hoje é feriado mas nisto dos tratamentos não existe feriado para ninguém... vida maldita.

24 de abril de 2017

Ontem foi assim...

Bem sei que ontem era o dia mundial do livro, mas a verdade é que preferi fazer de conta que não sabia... mas sabia e bem não fosse a quantidade de e-mails que recebi das livrarias online... para não gastar dinheiro pois anida tenho aqui muitos livros emprestados para ler.
Andei o domingo a "puxar a carroça"... como se diz... pois no sábado dormi muito mal, muito mesmo, mal disposta, enjoada, dores no corpo adormeci já eram 03:00h e acordei cedo para um domingo as 8:00h por isso tive um dia assim um pouco cansativo.
Estava um belo tempo eu bem queria ir caminhar mas mal me segurava nas pernas, fui com os meus pais a casa da minha tia para lá fui de carro para cá que é sempre a descer e como se diz a descer todos os santos ajudam vim a pé, mas que aventura, estava a ver que nunca mais chegava a casa, estava toda espalmadinha e cheia de dores, mentalmente insultei-me umas quinhentas vezes por ter tido uma ideia tão infeliz essa de vir a pé para casa.
Sinto-me um degredo.
Não tenho pontinha de força por onde se lhe pegue.
Começo a ficar seriamente chateada com este assunto, porque na semana da Páscoa até andava mais ou menos bem, mas esta semana que passou foi uma verdadeira porcaria.
Vamos lá ver como corre esta semana. 

22 de abril de 2017

Compras mais recentes...


Xiaomi mi band 2

Pois bem, já a tenho à mais de 8 dias e tem sido uma experiência muito boa, pois tem me incentivado a mexer.
Além de que consigo com o programa no telemóvel vigiar uma série de coisas fantásticas tal como os batimentos cardíacos, o sono, os passos, calorias, etc.
Estou a gostar imenso desta pulseira, geralmente quando compro algo passado uns dias fico desmotivada, mas neste caso esta a acontecer o contrário dia após dia tenho vontade de ver quantos passos consigo dar mais.

Comprei no site Gear Best, foi a primeira vez que lá comprei alguma coisa e tenho a dizer que fiquei extremamente satisfeita, quer pela simplicidade na compra quer pela brevidade da entrega.

Estou muitíssimo satisfeita com esta minha nova pulseira.

Adquiri também um power bank e também estou muito satisfeita com esta compra... sim sim assim rosa e tudo, nada a ver comigo mas era a única cor que tinha quando fui comprar.
Assim pelo menos fico mais segura de que se ficar sem bateria quer no telemóvel quer no tablet existe sempre solução.

19 de abril de 2017

Quem diz que a vida é fácil esta muito engando...

Esta mais do que provado que esta coisa da idade e os tratamentos estão a dar cabo de mim.
Digam o que digam tratamento após tratamento estou a sentir que cada vez saiu pior.
Mal me seguro de pé.
Tenho dores em todo o corpo, falta de força, dores de cabeça e um cansaço esquisito.
Ando dopadinha por completo, nem sei como me seguro de pé e muito menos como consigo ter os olhos abertos.
"Tem de ser isso não custa assim tanto".
"Pensa que não é assim tão mau"... falar sem experiência é muito fácil, eu queria ver essas pessoas só a fazer um tratamento, quanto mais anos e anos 4 vezes por semana, letrinha à muita é o que é.
"Ah pelo menos existe essa opção"... pois existe mas se não for não vivo tão simples quanto isso, tenho a minha vida dependente de uma máquina, é um incentivo para viver do caraças sem dúvida.
Quando começas a ver os teus colegas de tratamento ainda novos a morrer começas a pensar no que não deves.
Jamais pensei alguma vez na vida andar neste estado aos 31 anos.
Estou a menos de 15 dias de fazer anos e não existe ponta de entusiamo em lado nenhum, em outros anos andaria entusiasmada e contente mas este ano a única coisa que eu realmente quero é mesmo paz e sossego... acho que ainda estou traumatizada por causa da pascoa que foi cá em casa e pensar em outro ajuntamento do gênero faz com que fique ainda mais deprimida.
Menos mal que hoje é dia de folga e não faço sequer a minima intenção de sair de casa.  
Não me seguro de pé, vou deitar-me mais um bocado.

17 de abril de 2017

Factos...

* Não existe alma que aguente aquele teu familiar que não manda em casa dele, mas que tem a mania de vir mandar para casa dos outros, tenho no w.c um aparelho daqueles que de x em x tempo dispara ambientador, ontem o meu tio começou "em minha casa não quero nada disso, gasta muito, antes quero daqueles em que deitas o que queres que assim não esta para aí a disparar e a gastar o perfume sem necessidade, isso é um gasto sem sentido"... tão poupadinho deus me livre e eu aproveitei logo o lanço e disse "falou muito bem em sua casa... em sua casa faz o que quer e lhe dá na real gana na minha faço eu, logo se eu quiser por o ambientador a disparar minuto a minuto isso é problema cá de casa, ninguém tem nada a ver com isso"... calou-se logo, raio de homem, que raio de vicio de querem mandar em casa dos outros.
* A fulana que vai casar com o meu primo é uma encrenca jeitosa, não gosta de nada, havia filetes de pescada, cabrito, carne de vaca assada, frango acerejado ou lá como lhe chamam e ela só comeu batatas fritas... interrogo-me com muita frequência o que é que ela come porque ela esta gordinha que chegue, vai na volta é como o santo Antoninho só pode. 
* Sempre assumi que não tenho grande vocação para aturar canalha e a verdade é que se não me forem nada pior ainda, tenho o habito de chamar a atenção primeira e segunda vez à terceira a minha vontade era já puxar pela camisolinha e perguntar se tem cera nos ouvidos ou se estou a falar para alguma central, ontem a filha da fulana que esta com o meu primo andava a meter o dedo nos bolos e a seguir na boca e lá voltava a por o dedo outra vez, eu expliquei que isso não se faz... porque a mostrenga da mãe só sabe estar de braços cruzados e de tromba, não sabe fazer mais nada, nem da filha é capaz de tomar conta... mas o raio da miúda do alto do seu "quero posso e mando"  continuou  a fazer o mesmo até eu por a minha focinheira de quem ia ter os 5 minutos lá parou com a cena nojenta, estava pior que aquele senhor o Canela do programa Pesadelo na Cozinha quando provava o molho com a luva, metia na boca e voltava a por no molho... igual.
* Verdade seja dita estes ajuntamentos cada vez me fazem mais confusão... ai senhor, já não tenho idade nem pedalada para andar a montar e desmontar a tenda, ou seja, por e arrumar tudo. 
* Imagina quando os teus familiares não sabem falar e sim berrar, então junta 4/5 pessoas assim, é um barulho infernal e ninguém se entende.
* Existem também aqueles que aproveitam os ajuntamentos para mandarem bocas uns aos outros assim ao de leve... um autentico circo, isto só vendo ao vivo.
* Adivinhem só qual é sempre o meu lugar na mesa??? Isso mesmo nos topos que é para ver bem toda a gente, tenho que confessar que daquele lugar vê-se e apercebesse de coisas maravilhosas... ou não lol.

16 de abril de 2017

15 de abril de 2017

"Velocidade Furiosa 8"...



Ora vamos lá falar sobre este filme.
Fui ontem à noite ver e gostei imenso.
O único ponto negativo foi mesmo ter ido dormir tarde, não estou habituada a deitar-me depois das 23:30h depois é uma desgraça, não me seguro de pé, estou mesmo a ficar velha, já não sirvo para andar nas noitadas.
Falemos agora do filme.
Tirando aquela parte que todos sabemos que têm efeitos a história em si esta muito boa.
O conceito de família neste filme continua a ser muito importante.
Fiquei muito feliz ver o Jason Statham no filme... gosto  muito dele, também gostei imenso da prestação do Vin Diesel e do Dwayne Johnson, para variar o Tyrese Gibson esta cada vez mais postal, quanto à Charlize Theron a fulana faz mesmo um papel de pura psicopata, daquelas que tens vontade de ir enfiar um par de estalos bem assente, quando virem o filme vão entender o porque.
Mas a personagem que eu mais gostei, não posso falar dela, porque se falar vai tirar o encanto ao filme, mas vão ver e depois digam-me se essa personagem não é a mais fofa e querida de todas e aquele sorriso ohh deus.
Agora chega, vão lá ver o filme que vale bem a pena.

14 de abril de 2017

Vai ser a minha desgraça...

Continuo com a minha teoria de que as vezes mais vale não provar novidades, que assim não corro o risco de ficar a gostar, mas isto aplica-se a tudo o que é de comer e beber.
Mas não, eu ando, ando, ando e caiu sempre no mesmo erro... experimento, o problema é que depois gosto, esse é que é o verdadeiro problema.
E quem me conhece sabe que devo de beber a menor quantidade de líquidos possíveis.
Então o que é que eu fiz???
Resolvi experimentar a nova frize de lima, gengibre e pepino e isso vai ser a minha desgraça este Verão.
É que é tão boa assim bem fresquinha, que eu não consigo resistir, não mesmo.
Bom vou ali só beber mais um bocadinho de nada.
Ahhh e ninguém me esta a oferecer frizes ohhhhhhhh. 


11 de abril de 2017

O meu creme de pés preferido...

Antes de começarem a pensar que alguém me vai encher a casa com frascos deste creme fiquem sabendo que nunca recebi um rebuçado que seja por causa do blog, aliás eu raramento falo de produtos, apenas os que uso e gosto do resultado.
Então andei anos e anos a gastar bastante dinheiro em cremes de pés.
Usei cremes caríssimos de marcas conhecidas e nada o resultado era sempre o mesmo, insatisfação.
Aqui à um ano... por aí... vi este creme num supermercado e como não era caro 3.50€ resolvi trazer para experimentar, na verdade não estava à espera de ver grandes resultados.
A verdade é que comecei a experimentar e além do cheirinho agradável os meus pés começaram a ficar mais macios, mas a grande prova de que este creme é mesmo bom, veio este ano.
No final do ano após vários internamentos e cansaço e desleixo... que é a verdade... apenas tomava banho e colocava óleo de bebe mais nada quer no corpo quer nos pés.
O que aconteceu foi que nos calcanhares fiquei com uma pele muito grossa e muito branca... um horror.
Mas como a vontade era pouca e também não me dava muito jeito andar vergada a arranjar os pés lembrei-e de voltar a colocar este creme assim mesmo sem tirar as peles grossas.
O que aconteceu é que desapareceram, comecei a colocar o creme duas vezes por dia e hoje tenho os pés mais macios e hidratados.
Portanto, depois desta minha descoberta e deste teste que aconteceu este ano, jamais irei trocar de creme de pés... excepto se deixar de existir claro.
Quanto à relação qualidade preço esta excelente, o preço é de 3.50€ por 150ml de creme e um resultado aprovadíssimo. 




10 de abril de 2017

Domingo foi assim...

Depois de almoço fui levar a minha mãe ao horto... é sitio que não gosto nada de ir... depois fomos comprar umas coisas, enquanto ela foi um bocado para casa da irmã eu vim direitinha para casa.
Deitei-me no sofá.
Era só eu, o pico e o livro "As mais belas histórias" de Hermann Hesse.
Oh deus que sossego.
Pena que foi por pouco tempo, pois os meus pais acabaram por chegar passado um bocado.
Vou aguardando por mais momentos assim... gosto tanto. 

9 de abril de 2017

"Adeus, princesa" de Clara Pinto Correia...


"Numa vila alentejana uma rapariga do liceu, Mitó, é a principal suspeita da morte do seu namorado, um alemão da Base Aérea de Beja. Um jornalista e um fotógrafo de um jornal de Lisboa tentam, localmente, recolher informações, testemunhos e elementos sobre um caso que está longe de ser simples. Na verdade, cada um tem uma versão muito pessoal dos factos e os diversos pontos de vista revelam-se contraditórios. Os dois jornalistas acabam por ir inesperadamente ao encontro de uma história de amor e morte no coração do Alentejo. E se tudo isto parece estranhamente familiar e moderno, é porque o drama terrível que, em 1985, dizia estritamente respeito ao Alentejo se apoderou hoje do país inteiro."

Pois bem, vamos lá falar um bocadinho do livro.
Gostei muito da história em si, apesar de existirem alguns pontos um pouco confusos.
Fez-me pensar quantas Mitós existem por este mundo fora e que sofrem tanto por um amor, que depois chegam a um momento e entram na loucura.
Gostei também dos "falares" Alentejanos e do pormenor das discrições do Alentejo.
O único ponto menos bom do livro é a letra ser bastante pequenina, daí ter demorado mais tempo a ler.
Quanto à Clara Pinto Correia, este foi o primeiro trabalho dela que li e a verdade é que até gostei.

7 de abril de 2017

Factos...

* Tal como disse no último post tenho andado muito cansada... cada dia mais.
* Vem aí mais um fim de semana e eu confesso que até fico um pouco deprimida é todos os fins de semana a mesma coisa... ultimamente... mas também sair por aí sozinha não dá grande entusiasmo.
* Fui convidada para dama de honor... a sério mesmo, não como já fui duas vezes quando era mais pequena com o vestido da comunhão solene, isso não conta... desta vez vai ser uma coisa de verdade e o certo é que já me anda a dar a volta ao miolo, já vi um modelo bonito que gostava mas tenho que o fazer com manga até ao cotovelo, por causa da operação que fiz ao braço.
* Antes do casamento em que vou de dama de honor, vou ter outro casamento, mas não estou minimamente interessada aliás até nem penso comprar nada porque tenho ali um monte de roupas de festas que até me foram caras e só as usei uma vez e depois se a Rainha Letícia de Espanha que é rainha pode repetir o vestido eu que ao pé dela não sou nada também posso... tenho dito.
* Queria ir caminhar mas além de não ter grande vontade se fizer um bocadinho a mais de esforço o cateter do tratamento que esta na  perna além de me ficar a doer fica a sangrar um bocadinho e não me convém ficar sem cateter se não, não tenho como fazer os tratamentos.
* Apetecia-me sair, ir até à beira mar, apanhar ar, pensar em nada, algo que me desse mais animo, mas além de não poder andar de carro sozinha também não tenho quem me acompanhe nestes meus apeteceres... mas eu queria mesmo era ir sozinha.
* Ando a ver uma série nova "Ingovernável", tenho mais umas quantas em lista para ver.
* Tenho fome e não sei o que lanchar.
* A minha vontade era berrar a ver se ficava mais aliviada mas não consigo, alias umas das formas de me ficar a sentir melhor era quando pegava no carro sozinha, ponha o rádio em alto e bom som, com os vidros fechados e cantava alto e bom som como uma desalmada, só isto já me deixava bem disposta.


5 de abril de 2017

Hoje em especial estou...

Muito cansada... e sim eu sei porque estou cansada.
E muito chateada e irritada comigo mesma... e não faço puta ideia o porque de me sentir assim, ou seja, o que me faz sentir ainda mais chateada.

4 de abril de 2017

Odeio excesso de machismo...

Ontem quando sai do tratamento tinha dois bombeiros à espera... coisa rara é sempre um... são os dois novitos vintes e tais anos, por aí.
O que costuma a vir buscar-me já o conheço, sempre muito educado e respeitador, agora o outro que veio, bastou olhar para o ar dele para perceber que ia ser uma viagem enorme e chata.
Primeiro aquele riso de exibicionismo, depois começou a contar que tinha ido para o hotel x com a fulana y que fez isto, aquilo e o outro, depois ele é que é bom que as gajas não valem nada beca, beca, beca, pardais ao ninho... um autentico show de exibicionismo sempre em alto e bom som.
Depois continuou a contar as suas aventuras desta vez quando foi comer com outra fulana e que ela deu-lhe um prejuízo enorme... e por aí fora.
Eu só vinha a pensar "é impossível, isto como homem não vale nada, o que é que ele ganha em estar armado em machão a contar estas coisas? Será que ele não sabe o que é privacidade? Será que ele acha que se falar da maneira que fala que é mais "adulto, homem"... pois fiquem sabendo que eu achei aquilo muito triste e deprimente, tão novinho, tão parvinho e com tanto machismo em cima.
Acho que nem com um par de estalos bem assente aquele fulano vai ao sitio. 
Eu acho feio as pessoas falarem... aquilo não foi falar foi exibir-se... assim da sua privacidade, tudo se quer, nem oito nem oitenta. 

3 de abril de 2017

Das coisas mais pirosas do facebook...

Aquele pessoal que tem a conta em conjunto.
No meu ver não existe necessidade nenhuma.
Aliás eu acho que cada deve de ter a sua vida nesta coisa das redes sociais.
E também não acho piada nenhuma quando o namorado tem que ter a password da namorada e vice versa, porque se as pessoas não tem confiança um no outro para pequenas coisas como estas, então não estou a ver como vai ser a relação, não mesmo.
Mas isto é apenas e só o que eu penso. 

1 de abril de 2017

Olá Abril...


Bem-vindo Abril!!!!!
Tu que sempre foste e será o meu mês...  sim, sim faço aninhos em Abril :) 
Tu que costumas ser os meus dias de alegria e de sorrisos.
Tu que ano após ano me fazes acreditar que a partir de Abril a vida pode sempre melhorar, nem que seja só um bocadinho, o que interessa é que melhore. 
Queres saber?
Estou a confiar em ti para que me dês mais força e garra para enfrentar os momentos menos bons, que me ajudes a colocar a cada dia que passa um sorriso maior no meu rosto, que me ajudes a poder ajudar os outros, nem que seja em pequenas coisas e que continues a dar-me animo para que cada dia que passe eu tenha força e vontade... principalmente... para tratar um bocadinho melhor de mim.
E como sempre o que eu peço a todos os meses, não podia deixar de pedir a ti também, ajuda-me a ser mais feliz, a ter mais paz, mais sossego.
Ah e não passes muito depressa!