18 de dezembro de 2009

Naquela tarde...

Em que tudo parecia que ia ser perfeito eis que ela não faz outra coisa a não ser conferir material, contar e arrumar o mesmo, lançar facturas, enviar e-mail, fazer telefonemas e claro como não podia deixar de ser aproveitou o lanço e limpou o pó do cubiculo e aspirou o mesmo... pensou que seria boa ideia aproveitar o lanço para passar a esfregona, mas entretanto lembrou-se que os pestinhas dos colegas de trabalho teriam de se abastecer de material nesse mesmo dia à noite ou na manha seguinte.
Como tal ela optou passar a esfregona no final da manha seguinte... a ver vamos se vai ser mesmo assim.
E pronto e assim ela vai passando a tarde, na incerteza se deve ou não fazer uma pausa para se ir entregar à cafeina momentaneamente.

É mais ou menos isto que acabou de ser relatado que esta a acontecer no dia de hoje.
Ohhh faz favor alguem me salva???