18 de março de 2010

Existem dias...


Em que não deveria mesmo de sair de casa de nenhuma maneira, deveria ser expressamente proibido.
Então uma pessoa acorda pior do que se deitou, com a cabeça pronta a explodir, por momentos os neuronios ainda se encontram atrofiados, julgam ser sexta-feira, mas acaba-se por descobrir a a verdade... quinta-feira... ainda.
Vem-se para o trabalho na esperança de se ter um dia calmo... sim por enquanto está a ser calmo, é que hoje tem mesmo que ser calminho se não a cabeça explode de vez... vá pronto não vou dizer muitas vezes que esta a ser calminho se não algum triste ainda se planta aqui a dar-me cabo da paciência e da alma.
Estou mortinha que chegue as 19:00 horas para abalar daqui para fora.