19 de fevereiro de 2011

Estes homens são uma anedota...

"Armando Vara deixou indignados os utentes de um centro de saúde em Lisboa quando, na passada quinta-feira, passou à frente de todos os doentes e deu ordens a uma médica para lhe passar um atestado, alegando estar com pressa para apanhar um avião, avança a TVI.
Segundo noticia a estação televisiva de Queluz, um dos doentes que se encontrava no centro de saúde, José Francisco Tavares, de 68 anos, apresentou uma reclamação pelo sucedido. A responsável pelo centro de saúde pediu desculpas pelo episódio, mas acusa Armando Vara de ter abusado dos seus direitos.
José Francisco Tavares, reformado, dirigiu-se ao centro de saúde com um ataque de sinusite, esperou cerca de uma hora pela consulta, tal como os restantes utentes, até ver o ex-ministro socialista desrespeitar o ordem de chegada.
A TVI adianta ainda que a médica de serviço ficou surpreendida ao receber Aramando Vara sem o ter chamado, ao que o ex-ministro respondeu que estava com pressa para apanhar um avião e queria que a médica lhe passasse um atestado médico na hora. O que acabou por acontecer.
Em declarações à TVI, a directora do centro de saúde, Manuela Peleteiro, descreveu o sucedido: "O senhor Armando Vara entrou aí como qualquer utente e passou à frente de toda a gente. Entrou no gabinete da médica sem avisar e sem que a médica percebesse que não estava na sua vez. Foi uma situação de abuso absolutamente inconfundível".
A TVI tentou contactar Aramando Vara através do advogado, mas sem êxito."
Texto retirado do site do Jornal de Notícias
Eu já desconfiava que o homem não batia lá muito bem da tola, depois da última vez em que ele apareceu que nem estrela de cinema cheio de tiques e manias a dizer que é um simples inocente.
Vá vá mas nem tudo é assim tão mau, parece que estou a ver ele a entrar no centro de saude armado em vedeta lolol...
Está como outro (individuo que mora aqui na freguesia e tem a mania que pode tudo, que pode dizer/fazer tudo o que bem lhe apetece) que olhou para mim nas bombas de gasolinha e me disse:
Ele: Vá vá tenho que ir à sua frente porque estou cheio de pressa.
Eu: Oi???
Ele: Sim eu tenho que ir à sua frente, isso que ouviu.
Eu: Isso é que era bom, eu também estou cheinha de pressa.
Ele: Ah, mas você esta com pressa para que?? Por acaso sabe quem sou??
Eu: Tou tou cheinha de pressa vou para o bem bom e não posso deixa-lo muito tempo à minha espera, relativamente a saber quem o sr. é eu sei sim e tenho a dizer-lhe que não é grande coisa.
Ele: Não disses-te isso pois não?
Eu: Disse, disse quer que repita outra vez? Passar bem!
Ele: (ficou com aquele ar de quem me estava a chamar de cabra para cima)
Em suma o homem da bomba de gasolina começou à gargalhada e o raio do velho com a mania que é importante, disse que eu era mal educada....
Ohhhh eu????
Mal educada????
Na na na na, se isto é ser mal educada vou ali e venho já.
Tenho a dizer que desde essa noite nunca mais dormi com semelhante preocupação... loool
Enfim... Enfim.