14 de dezembro de 2012

Desculpem pelo que vou escrever, atirem calhaus e o que quiserem...

Mas tenho mesmo que escrever isto. Já mais de uma vez que menciono aqui no blog que existe muita gente que passa fome e dificuldades e que isso é coisa que mexe comigo deixando-me triste, pois gostaria de poder ajudar mais do que ajudo, mas infelizmente não pode ser. Ontem estava a ver uma reportagem na RTP sobre crianças que passam fome. Teve casos de mães que deram a cara, que falar das dificuldades que tinham em alimentar os seus filhos, que muitos deles só tem uma refeição em condições na escola, haviam mais que davam a cara, outras por vergonha e com receio que lhes tirem as crianças não deram o rosto e depois aparece uma marmanja a chorar desalmadamente que os filhos não tinham que comer blá blá blá, mas pormenores como bruta unha de gel e acesso a internet isso ela tinha. Foi esses pormenores que me fizeram a mim e a quem estava ao pé de mim nos tratamentos, ficar revoltada contra aquela fulana  caramba se os miúdos passam fome e necessidade ela anda a desperdiçar dinheiro em merdas que não são essenciais, não são precisas, que se deixe disso que organize a sua vida em condições e pedir ajuda sim pedir ajuda mas primeiro organizar-se e deixar-se de merdas. Desculpem mas este tipo de pormenores é coisa que me deixem furiosa, tem crianças com necessidades caramba, e usar unhas de gel e ter internet isso é um luxo na minha opinião. Aiiii que estes assuntos mexem comigo e deixam-me revoltada sinceramente.