29 de janeiro de 2013

Às vezes, parece que sinto a vida...

... a fugir-me pelas mãos tal como os grãos de areia quando escapam pelos dedos :(