18 de julho de 2013

Lá se foi a "gaja"...

Pois é... lembram-se se me queixar da fulana que estava ao meu lado nos tratamentos??? Pois bem mudou de turno... graças a Deus e a todas as alminhas... já não existe mais ar poluído... era horrível gente muito mau mesmo... não à mais gritos histéricos, acabou-se o exibicionismo, o desfile de roupa de jovem de 15 anos quando a pessoa em questão tem 49 anos, conversas para lá de porcas e sem sentido no local que era,  lágrimas e doenças inventadas à ultima da hora, já não me vai voltar a pedir dinheiro emprestado... pediu várias vezes só que eu fiz questão de lhe dizer para ir dar uma volta... não voltará a falar do karaoke da sexta-feira, das cervejas que engole de um só lanço, das amigas tão boas ou piores do que ela, e por aí fora...enfim... agora esta um turno de paz e amor, conversamos um com os outros, rimos, convivemos enfim tudo sem termos que nos preocupar em manter o pé atrás por causa de uma alma tão mal educada, tão triste e deprimente como era o caso da fulana. Parece que a minha paciência rejuvenesceu uns 10/15 anos, não à nada que chegue à paz e a pessoas com tino na cabecinha isso sim é que é bom.