26 de maio de 2014

Sobre "o poder do amor", o novo programa da sic...

É certo que a curiosidade é uma filha da putice das grandes, mesmo estando completamente consciente que que ia sair asneira quis ver o primeiro episódio.
E vi... e tirei umas ricas conclusões como é meu hábito.
Mais uma vez está mais do que comprovado que existe gente que pela fama e pelo dinheiro fazem qualquer coisinha... é triste e deprimente mas é a verdade. 
Quando em que momento eu seria capaz de me meter no meio do estrume e bosta e por aí fora??? Jamais... jamais mesmo.
Depois existe ali umas "peças" que tem a mania que são populares e conhecidas e por aí fora que já têm idade suficientes para deixarem de fazer as figuras tristes e deprimentes que fazem... tipo a Gisela e a Claudia. Digamos que fiquei com vontade de pregar um par de estalos à Gisela por ela falar como um bebezinho muito pequenino... coitadinha, coitadinha.
A Cláudia e o respectivo acho que é Max é só amor e baby para trás e para a frente... tenham dó sim.
Depois tem lá uma loira que deve de ser cá de cima... infelizmente tenho a mencionar... que além de ser uma bronca de primeira maltrata aquele rapaz que até tem cara de bom moço, eu não percebi o que ele viu nela porque se ela na vida real for como se apresentou ontem só vos digo é muito mau.
A Cátia é um caso completamente perdido até dá dó.
O Zé e a Sónia parecem-me ser um bom casal uma vez que estão casados à 17 anos mas continuo sem compreender o que foram fazer para um programa destes.
Quimbé???? Não faço a minima ideia de quem o fulano é, disseram que era uma figura conhecida... se calhar até é, ninguém tem é culpa de eu não acompanhar toda a porcaria gerada neste país.
Não consigo ter opinião sobre o casal o Artur e a Catarina, não mesmo.
Eddy e Tina o moço até parece ser divertido e tal, fala muito bem apesar de ter um "poucuxinho" de mania já a moça Deus me livre está sempre de focinheira e excesso de mania.
O Micael e a Cristina, para mim são os mais normaizinhos apesar dela ter chorado baba e ranho por ter perdido a prova, mas foram os únicos a quem achei piada.
E por último o Paulo e a Marta que foram os que saíram logo e ainda bem, pois a fulana é uma arrogante e uma convencida de primeira... "eu é que sei, eu é que faço e o que eu digo é o que é" menos mal que foram os primeiros a sair, só não entendi uma coisa se estava grávida para que foi para um programa destes??? Eu sei ninguém tem culpa de eu ser uma ignorante mas pronto que fazer, fiquei foi com a ideia que ela quis ficar "conhecida" e ao mesmo tempo que toda a gente soubesse que estava grávida... "balha-me" cristo.
Ahhhh!!! Não tinha associado aqui umas coisas, o Carrilho voltou a aparecer nas capas de revista... vi lá no quiosque quando fui comprar o jornal... e eu pensei "lá vem este outra vez" e só depois disso é que os meus neurônios acordam  e fizeram o raciocínio "Barbara a apresentar um novo programa, cheia de tiques e mania e toca a vir o Carrilho armar a tenda outra vez" eu cá para mim isso já é combinado entre eles o primeiro circo foi quando foi a ela apresentou o factor X e a segunda tenda do segundo circo  é armada  quando ela apresenta está pérola de programa... hmmm cá para mim andam combinados para aumentar  o falatório sobre eles.
Resumindo e concluindo... esta foi a minha opinião sobre o primeiro episódio, primeiro e último pois não faço intenções de perder mais tempo a ver esta javardice... à primeira cai quem quer, à segunda já é mais difícil.