13 de agosto de 2015

"Cidade inquieta" de Brian Freeman...


"Estamos em Las Vegas, uma das cidades mais místicas do mundo, famosa pelo esplendor dos seus casinos quando ocorrem dois crimes, aparentemente sem relação entre si. Os três detectives Strider, Serena e Amanda, um transsexual, são chamados a investigar o atropelamento de uma criança e o assassínio de um homem, herdeiro de uma grande fortuna. Ninguém poderia imaginar que estes actos públicos devastadores estivessem ligados a um crime brutal ocorrido no passado e que a corrida contra o tempo para descobrir um serial killer iria desenterrar segredos enterrados com os mortos. Quando os detectives passam à acção no terreno não têm a mínima ideia do que os aguarda: um mundo onde a ambição não tem limites, onde não há regras e onde as suas próprias emoções e desejos irão culminar numa conclusão explosiva. Chocante, com muitas reviravoltas e uma boa descrição das personagens, é um policial trepidante que mantém o leitor atento até ao fim. O livro anterior - Segredos Imorais - foi publicado em 46 países, em 17 idiomas diferentes e venceu prémio Macavity para melhor primeiro livro."

Foi um livro surpreendente, não conhecia este escritor mas vou ficar mais atenta aos seus trabalhos pois adorei a maneira como escreve e nos faz ficar agarrados aos próximos acontecimentos.
Gostei das personagens e das suas ligações, houve momentos inesperados em que eu estava a contar com uma coisa e ele muda logo tudo... eu adoro essas coisas, porque tenho a mania de imaginar o que vai acontecer e de repente o escritor troca-me as voltas.
Enfim... é um livro excelente.