Avançar para o conteúdo principal

Os encrencas...

* Se o chá tem açúcar, queria sem açúcar.
* Se vem quente, queria frio, se vem frio, morno era melhor, oh para vir morno mais vale vir quente.
* Se o pão é grande, o melhor seria um pão pequeno, se o pão é pequeno, quase que nem dão pão.
* Se o pão tem fiambre a mais só quer uma fatiazinha fininha, se vem a fatiazinha fininha podiam por mais um bocadinho.

Isto acontece quase todos os tratamentos.
Chega a meter impressão, a maneira como alguma pessoas são.
Põem defeitos em tudo.
Por vezes penso que as auxiliares tem que ter uma paciência do caraças para aturar estas coisas.
Existe gente que põem sempre problemas em tudo, são tão picuinhas que metem tanta impressão.
Geralmente as pessoas que fora são assim tão exigentes em casa aquilo é uma desgraça, mas pronto gostam de se prestar aquele papel de deprimentes.
Mas que são coisas chatas de se ouvir lá isso são, não é nada comigo e faz-me uma confusão enorme.

Mensagens populares deste blogue

Post chato como a putassa ou putaça...

... não sei, escolham a que quiserem.  Desde sábado que ando arreliada e chateada, comigo mesma e não só. Já ando à 3 semanas com muitas dores no corpo, principalmente costas e pernas, arrepios de frio, mal estar, etc, etc. Feita estúpida este sábado resolvi falar com a médica da clínica a ver se me podia ajudar. Se o arrependimento matasse tinha ficado ali esticadinha no mesmo minuto em que abri a boca. "Ah vamos aumentar o peso porque anda com as tensões muito baixas e é por causa disso" disse a médica eu ainda tentei explicar que não tinha nada a ver com as tensões uma vez que apesar de estarem baixas eu tenho me sentido bem no que diz respeito às tensões e até conseguia ir abaixo do peso 400 gramas no fim do tratamento... "não, não, não, e não vamos subir porque eu é que sou a médica e é que sei". Fiquei f.... mesmo, no seu maior esplendor apeteceu-me mandar dois berros ou até mesmo arrancar as agulhas do tratamento... mas não o fiz infelizmente por uma questão de…

Olá Setembro...

Geralmente considero como um novo início. Uma nova oportunidade. Vamos ver como vai ser a partir de hoje até ao fim do ano. Setembro querido vê só o que te peço... dá-me paz, calma, sorrisos, abracinhos bons e se por algum momento houver momentos mais tristes em que eu tenha vontade de desistir tu dá-me força, fé e coragem para seguir em frente mais uma vez. Por isso Setembro sê bem vindo!!!

Adeus Maio...