7 de dezembro de 2017

Sobre os últimos dias...

* Então eu começo o mês a  pedir a Dezembro para me manter afastada do hospital, e onde é que eu tenho andado? Pois claro no hospital.

* Era para ser operada na quarta feira, mas uma hemorragia alterou os planos todos... vejamos a parte positiva, escapei, por enquanto, mas não me vou safar isso sei eu.

* O meu sangue esta uma miséria, tudo descontrolado... também depois de perder tanto sangue não se pode ter milagres. 

* Na sexta feira passada fui as compras de natal, de ano para ano estou a notar que ando a perder o jeito, a vontade e a paciência para estas coisas.

* Tirando o facto de andar a correr para o hospital e para a clínica pouco mais tenho feito.

* Falta vontade para tudo, até para comer, vejam lá.

* Ando com uma "farda" que nem posso, durmo mal de noite, acordo de madrugada, o pouco que durmo é só pesadelos, coisas confusas, enfim.

* Falta comprar alguns presentes... não esta fácil não.

* Tenho andado um bocadinho mais irriquieta.

* Estou sem grande paciências para algumas pessoas, só de olhar para elas já fico farta se assim se pode dizer.

* Amanha tenho um aniversário.

* Estes dias um senhor muito querido e meu amigo ofereceu-me um livro "O Pavilhão Purpura" do José Rodrigues dos Santos... por acaso tinha lido o primeiro e tinha intenção de acabar a trilogia.   


* O meu pai diz que ando virada do avesso... por andar chateada.

* Existem pessoas que caladas eram um mundo perfeito.


* Apanhei um senhor na urgência, não percebi a propósito de que começou a falar do Salvador Sobral e nunca mais se calou, estive quase a implorar que se calasse pois a voz dele já me estava a fazer uma enorme confusão... o homem falou sozinho tempos e tempos, porque ninguém falou com ele.

Vamos ficar por aqui, é melhor.