22 de janeiro de 2018

Assim não dá...

A minha mãe anda insuportavel.

Anda  a fazer curativos numa perna e então tudo é justificação para lhe dizer que doi, que não pode estar deitada e como tal anda durante a noite a acordar toda a gente.
Pois esta noite levantei-me e vim avisa-la.

Se não pode dormir paciência, que faça pouco barulho, eu deitei-me as 22:15 adormeci as 01:57 e eram 2:15 e andava ela aí para trás e para a frente a fazer barulho.
Pois é bom de se ver eu tive que me levantar as 06:30 e sua excelência depois fica na cama e os outros que se lixem.
Ontem dormiu toda a manha, fomos a um almoço de aniversário quando viemos as 16:00 voltou a dormir e depois não pode dormir de noite, pois não, quem dorme de dia não tem sono à noite.
Eu ando a pé muitas noites e ninguém dá pela minha presença, eu venho à cozinha tomar medicação para as dores e ninguém se apercebe que ando a pé de madrugada, se não consigo dormir sento-me na beira da cama ou até ando para trás e para a frente no quarto mas sempre com o cuidado de não fazer barulho para não acordar os outros.
Ninguém tem culpa que eu não consiga dormir, agora ela não, quando não tem sono é como o outro eu não durmo, mas vocês também não vão dormir.
Haja pacência.