Avançar para o conteúdo principal

"Cavalo de fogo Paris" de Florencia Bonelli...


"Matilda Martínez, uma jovem pediatra argentina, viaja até Paris para aprender o idioma antes de partir para o Congo, ao serviço de uma ONG, para ajudar os mais carenciados. Apesar das suas inseguranças, traumas e dramas, a determinação de Matilde é tão forte que nada nem ninguém conseguirá demovê-la de cumprir o seu sonho.
Eliah Al-Saud é um homem poderoso e sem piedade, descendente da família real saudita. Dono de uma empresa de segurança privada, o negócio serve de fachada a um outro tipo de serviços: de espionagem, segurança e formação de mercenários.
Desde o seu primeiro encontro que o destino os unirá numa paixão tão intensa e irrefreável que nada poderão fazer para evitar a conspiração crescente que ameaça não apenas o seu amor, mas também as suas vidas.
No cenário ameaçador e bélico do conflito israelo-palestiniano, Matilde e Eliah viverão uma aventura que os levará a percorrer o mundo e a enfrentar os perigos que cercam todos aqueles que ousam desafiar os impérios dominantes."

Esta história é composta por 3 livros, "Cavalo de fogo Paris", "Cavalo de fogo Congo" e "Cavalo de fogo Gaza".
O primeiro é este que acabei de ler, a história centra-se principalmente em Paris.
É viciante, se bem que tem ali uma parte em que era escusado tanto promenor à cerca da relação sexual, mais parecia que estava a ler as cinquenta sombras de grey, tirando esse pormenor estou a adorar a história.
Agora vou passar para o segundo livro que é no Congo.
Só vou poder dar uma opinião bem formada quando ler os 3 livros, mas posso dizer que estou a adorar.
Vamos lá ver como será o segundo livro. 

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Post chato como a putassa ou putaça...

... não sei, escolham a que quiserem.  Desde sábado que ando arreliada e chateada, comigo mesma e não só. Já ando à 3 semanas com muitas dores no corpo, principalmente costas e pernas, arrepios de frio, mal estar, etc, etc. Feita estúpida este sábado resolvi falar com a médica da clínica a ver se me podia ajudar. Se o arrependimento matasse tinha ficado ali esticadinha no mesmo minuto em que abri a boca. "Ah vamos aumentar o peso porque anda com as tensões muito baixas e é por causa disso" disse a médica eu ainda tentei explicar que não tinha nada a ver com as tensões uma vez que apesar de estarem baixas eu tenho me sentido bem no que diz respeito às tensões e até conseguia ir abaixo do peso 400 gramas no fim do tratamento... "não, não, não, e não vamos subir porque eu é que sou a médica e é que sei". Fiquei f.... mesmo, no seu maior esplendor apeteceu-me mandar dois berros ou até mesmo arrancar as agulhas do tratamento... mas não o fiz infelizmente por uma questão de…

Olá Setembro...

Geralmente considero como um novo início. Uma nova oportunidade. Vamos ver como vai ser a partir de hoje até ao fim do ano. Setembro querido vê só o que te peço... dá-me paz, calma, sorrisos, abracinhos bons e se por algum momento houver momentos mais tristes em que eu tenha vontade de desistir tu dá-me força, fé e coragem para seguir em frente mais uma vez. Por isso Setembro sê bem vindo!!!

Terapia da cor...

Comecei a entrar nesta aventura de pintar livros para adultos, ou seja, na terapia da cor já o ano passado, numa fase em que andava mais nervosa devido a um tratamento extra que andava/ando a fazer. Na altura uma enfermeira falou-me sobre isto, no início até me ri, depois pensei "porque não?". E assim foi. Inicialmente comecei com lápis de cor. Depois descobri umas canetas de gel, super brilhantes e com uns cheirinhos maravilhosos. Estes trabalhos que aqui coloquei são todos feitos com essas canetas, agora não quero outra coisa, são maravilhosas. Alias, já fiz uma nova encomenda delas, desta vez encomendei 100. Isto pode parecer uma brincadeira, mas faz-me bem, quando tenho um tempinho livre, aproveito para ir distrair a mente e fico bem mais calma e relaxada. Uma boa terapia sem dúvidas. Adoro estas coisas, perdida e achada é vê-la a pintar.