23 de janeiro de 2018

"Cavalo de fogo Paris" de Florencia Bonelli...


"Matilda Martínez, uma jovem pediatra argentina, viaja até Paris para aprender o idioma antes de partir para o Congo, ao serviço de uma ONG, para ajudar os mais carenciados. Apesar das suas inseguranças, traumas e dramas, a determinação de Matilde é tão forte que nada nem ninguém conseguirá demovê-la de cumprir o seu sonho.
Eliah Al-Saud é um homem poderoso e sem piedade, descendente da família real saudita. Dono de uma empresa de segurança privada, o negócio serve de fachada a um outro tipo de serviços: de espionagem, segurança e formação de mercenários.
Desde o seu primeiro encontro que o destino os unirá numa paixão tão intensa e irrefreável que nada poderão fazer para evitar a conspiração crescente que ameaça não apenas o seu amor, mas também as suas vidas.
No cenário ameaçador e bélico do conflito israelo-palestiniano, Matilde e Eliah viverão uma aventura que os levará a percorrer o mundo e a enfrentar os perigos que cercam todos aqueles que ousam desafiar os impérios dominantes."

Esta história é composta por 3 livros, "Cavalo de fogo Paris", "Cavalo de fogo Congo" e "Cavalo de fogo Gaza".
O primeiro é este que acabei de ler, a história centra-se principalmente em Paris.
É viciante, se bem que tem ali uma parte em que era escusado tanto promenor à cerca da relação sexual, mais parecia que estava a ler as cinquenta sombras de grey, tirando esse pormenor estou a adorar a história.
Agora vou passar para o segundo livro que é no Congo.
Só vou poder dar uma opinião bem formada quando ler os 3 livros, mas posso dizer que estou a adorar.
Vamos lá ver como será o segundo livro.