27 de julho de 2018

A maldade humana ultrapassa-me...

Muitas pessoas não têm noção de que a vida é mesmo uma passagem.
Que ninguém vai cá ficar, para sempre.
O que eu não consigo compreender, juro que não... é algumas pessoas serem tão cruéis, mal-educadas, arrogantes (...) com as outras.
Querem tudo, independentemente se têm que "pisar" alguém para obter o que desejam.
É tão deprimente ver o ser humano ser tão mesquinho.
Chega a doer a alma ver certas coisas, quer nas notícias, quer no dia-a-dia quer seja onde seja.
Não sei o que se passa, mas a cada dia que passa sinto dentro de mim que algo se desmoronasse ao ver tanta maldade, tanta arrogância.
Será que as pessoas não se apercebem que tudo pode acabar de um segundo para o outro?
É assim tão difícil entender que nós não mandamos, nem temos poder para decidir nada?
Não sei.
Talvez eu esteja cansada de estar a levar a vida que levo.
De ter a minha vida dependente de uma máquina e olhar para o lado e ver os outros a desperdiçar a vida é algo que esta cada vez mais a atrofiar-me o sistema.
Uns a lutar para terem algo, outros simplesmente a desperdiçar.
Uns a querer com força e vontade, outros a destruir.
Mas isto aplica-se em quase tudo na vida, até no caso daqueles casais que querem ter filhos e não conseguem, enquanto outros só têm filhos por ter e não lhes ligam nenhuma... é só um exemplo entre muitos outros que poderia usar.