1 de julho de 2012

Penso que a vida não vale nada...

... quando recebo uma notícia capaz de me deixar com piores dores de cabeça do que já tinha tido o dia todo e me deixar banhada em lágrima e cheia de raiva. Em menos de 5 anos uma senhora aqui vizinha perde o segundo filho de uma forma trágica. O primeiro fazia educação física na escola e caiu para o lado devias ter 14/15 anos... mais coisa menos coisa... de repente, a senhora sofreu, ficou nas portas da loucura mas aos poucos consegui seguir em frente até porque tinha um filho mais novo. Hoje morre o outro filho 15/16 anos afogado. Quem é a mãe que aguenta semelhantes desgostos???? Faço ideia como a senhora esteja a sofrer. Estou revoltada, cansada, triste e f... pela vida ser assim tão fdp com algumas pessoas. Eu sofro tanto com os meus problemas mas também sofro com os das outras pessoas, eu não queria que isto acontecesse até porque já tenho carga que chegue na minha vida, mas não consigo ficar indiferente a tudo isto.