3 de fevereiro de 2015

Pobre lobo mau...

... que continua a levar com as culpas todas.
Quando era mais nova ouvia sempre a história do capuchinho vermelho, hoje em dia ainda existe quem a conte mas os miúdos gostam de desenhos animados bem mais violentos.
Ontem estava no el corte inglês e estava uma senhora com um carrinho de compras... no supermercado... e pequenino sentado.
O miúdo insistia em querer sair e a mãe disse-lhe "queres que chame o lobo mau? Queres?" e o miúdo parou quieto e disse "lobo mau não" e eu desfiz-me à gargalhada perante a cara de horror do miúdo quando falou no lobo mau.
Calma miúdo que o lobo mau comparado com muita gente que anda por este mundo fora  é um poço de ternura.