20 de março de 2011

E ontem foi... Dia do Pai...

Pois é, e eu tinha em mente escrever um postal para o meu pai, para juntar à prendinha que lhe tinha comprado, mas a verdade é que não tive coragem de o fazer.
Existiam montes de coisas que lhe gostaria de ter escrito, mas faltou-me coragem, acho que tenho medo que ele fique a conhecer esta parte mais sentimentalista... enfim parvoices né.
Gostava tanto de lhe dizer o que ele significa para mim, o quanto é importante e o quanto eu quero que Deus o mantenha na minha vida.
Sei que é triste com esta idade e não ter coragem de assumir os meus verdadeiros sentimentos... mas que fazer falta a coragem e falta.
Enfim sou mesmo uma tristeza
, mas que ADORO o meu Pai lá isso é verdade verdadinha.