25 de abril de 2011

25 de Abril...



Lembro-me de quando era mais nova, das confusão e adrenalina que era o dia 25 de Abril aqui ao pé de casa. De manha cedinho começavam as provas de atletismo divididas por idade, depois seguia-se um almoço nos jardins tipo piquenique para as pessoas que moravam mais longe, ora eu como moro aqui ao lado vinha sempre almoçar a casa. De tarde existiam vários tipos de jogos tradicionais quer para os mais novos quer para os mais velhos e claro havia sempre um jogo de futebol de casados contra solteiros, era uma rebaldaria jeitosa de claques aos berros pela sua equipa, era uma competição bastante saudável e engraçada de se ver e no fim do dia entregava-se os prémios da provas de atletismo… medalhas ou taças sempre acompanhados de cravos.
A rua ficava tão cheia mas tão cheia que até a pé era quase impossível circular.
Hoje estava na varanda apreciar o tempo e dei conta de que de ano para ano as tradições estão a desaparecer, o que era antigamente e o que está a ser agora, quase não aparece ninguém, são poucas as crianças e os adultos a participarem nas actividades e até a parte dos jogos tradicionais já nem existe sequer.
Recordei com saudade e nostalgia aqueles fantásticos tempos em que eu fui criança e ansiava sempre por este dia… mas tudo se vai acabando aos poucos… o que é triste e se lamenta profundamente.