12 de abril de 2011

Hoje, estou capaz...


... de comer todo o chocolate negro deste e do outro mundo... já à algum tempo que não me pegava estes desejos tão fortes. Eu e o chocolate temos um relação de amor e de odio... então é assim, até o comer e enquanto o como, amo-o profundamente, depois de o ter comido, vem o odio, o peso na consciência e aquela tpica frase "tens que emagrecer rapariga" enfim... é tão complicado lidar com estas coisas lolol.