19 de setembro de 2011

É que adoro mesmo...

... aquelas pessoas que passam por mim na rua e das duas três ou fazem de conta que não conhecem ou viram a tromba para o lado e depois quando existe um jantar de aniversário ou algo do genero e elas também vão, mal chegam começam logo a distribuir beijinhos e sorrisos a toda a gente e falar comigo com a maior naturalidade, é lógico que eu coloco o meu arzinho mais falso enquanto olho a pessoa nos olhos e os meus neuronios estão aos berros a dizer "tão falsa, tão cabra, que te pariu desgraçada" e dou um sorrisinho, respiro fundo e tento esquecer o que aconteceu e tentar esquecer que a minha vontade era perguntar "ah hoje já me conheces é?" mas pronto é gente que não vale a pena mesmo... enfim ainda dizem que eu é que tenho a mania, tá bem tá!