16 de março de 2012

Gosto pouco que me façam de burra...

Fui ao multibanco hoje e chegou um miúdo... deve ter para aí os seus 15/16 anos, não mais do que isso... que conheço de vista e disse-me:

ele: Empresta-me 5 €

eu: Empresto??? Porque vais voltar a dar o dinheiro??
ele: Não, não tenho, é que estou cheinho de fome e preciso de dinheiro.
eu: Tens fome é?


ele: Sim por isso vim pedir-te dinheiro.
eu: Então se tens assim tanta fome vais aqui à padaria que eu vou  lá tomar café, comes e bebe o que quiseres e eu pago no fim.
ele: ...eu já estava a ver o filme pela cara dele... Mas eu queria antes o dinheiro.
eu: ...já possuída e cansada porque dormi mal esta noite... Eu também queria muita coisa e se não queres nada feito e faz-me um favor de quando me vires não venhas mais pedir dinheiro porque eu posso ter ar de tudo menos de caixa multibanco.

Canalha estúpida pensa que andamos no mundo por ver andar os outros ou que, se tivesse muita fome tinha ido comer, mas como eu já conheço a peça de vista vi logo que o que ele queria era dinheiro para cigarros, para isso meu amigo bates-te na porta errada, oh se bates-te, devias passar fome a serio mesmo, que era para deixares de ser tão parvinho e andar a tentar enganar as pessoas.