24 de maio de 2013

É mais forte do que eu...

Cada dia que passa cada vez gosto menos da "minha" colega de lado de tratamento, esta a entrar numa fase em que não a suporto. Todos os tratamentos tem que arranjar um problema qualquer, todos os santos dias tem que armar uma cena com baba e ranho, tem sempre que inventar uma doença nova quer no inicio do tratamento quer no fim, é tão saturante ter que conviver com alguém assim. Se fosse uma pessoa idosa, menos mal coitada a idade não ajuda, mas não tem 48/49 anos, a sensação que eu tenho e que Deus me perdoe se estiver enganada, é que ela só quer chamar a atenção, todos os santos tratamentos tem que haver sempre um motivo para armar a choradeira. Primeiro chega é toda gargalhadas, fala alto, fala sem educação e como vê que agora ninguém lhe liga nenhuma passado poucos minutos arma a tenda do circo. É tão saturante e incomoda tanto que às vezes até tinha vontade de lhe mandar um safanão a ver se ela sossegava, pois não tem respeito pelo resto do pessoal que lá esta, detesto este tipo de pessoas que pensa que vivem sozinhas no mundo e que o mundo gira à volta delas.