22 de junho de 2015

A minha vida incerta...

Por muito que eu queira andar sempre bem disposta, tem dias em que a vida se encarrega de mostrar que isso não é possível, existe sempre algo menos bom a acontecer.
É o excesso de calor, que me deixa indisposta, é o sono que de madrugada resolve ir-se embora, é o cansado pela falta de dormir, pelos tratamentos, pelas mesquinhices dos meus pais que de dia para dia parecem putos de 5 anos, eu bem respiro fundo para não me chatear muito, o problema é que vou acumulando um dia atrás do outro e eu não sou de ferro e quando me apanho sozinha choro desalmadamente. 
Hoje estraguei um bocadinho o meu carro ouvi missa e sermão do meu pai como se o carro fosse dele, como se tivesse sido ele a pagar um cêntimo que fosse, pior que está porcaria toda é que eu ainda fiquei mais lixada comigo mesma do que já estava...
Estou cansada de tudo acreditem que sim, até me sinto cansada e desanimada.