26 de junho de 2015

Estou cansada de ajuntamentos...

Mesmo cansada, já estão a ser ajuntamentos... de família... demais e o que é demais tornas-se enjoativo e chato.
É sempre a mesma confusão, cada vez existe mais barulho e conversas sem sentido, é excessos estúpidos de comida e bebida, tudo ao exagerado mesmo... e eu que no meio daquilo tudo só me vem à cabeça pessoas a passar necessidades a nível alimentar e ali à minha frente é um consumo sem limites e sem sentido.
É um dia, outro, outro e mais outro, sempre as mesmas pessoas, sempre as mesmas conversas sem sentido. 
Quem foi que disse que andar sempre em ajuntamentos não cansa esta muito enganado.
Tudo o que é em excesso torna-se saturante e chega a um momento que é mesmo deprimente.
Estou cansada...
Na realidade eu só quero paz e sossego, mas deus me livre se não vou almoçar ou jantar dizem logo que eu sou esta e aquela, será que não entendem que eu preciso de sossego de vez em quando?
Sábado à noite é mais um jantar de família e ligaram-me e disseram "ah vez se consegues alterar o tratamento porque o teu padrinho faz muita questão que tu vás"... hmmm ninguém diria, que à pose e excesso de superioridade com que ele anda e com que me olha, confesso que até dei uma gargalhada quando a esposa dele me disse isso ao telefone... deve ser os ares de Angola que lhe deram cabo dos poucos neurônios que tem e mais, gente com excesso de superioridade e de mania é coisa que me faz ignorar ainda mais essas pessoas.