1 de junho de 2015

É muita "doutorice"...

No nosso país é tudo doutor, podem ser burros como calhaus podem ter andado 10 anos na faculdade mas são doutores, isso é o que interessa é que lhe chamemos de doutores.
Pois para mim doutores são os médicos e... e...
Conheci e sei que irei continuar a conhecer muita gente que lá porque andaram na faculdade querem que os chamem de doutores, pois esta bem, mais nada não... e também conheço aqueles que lá foram 1 ano ou 2 e desistiram e que acham que temos que os chamar de doutores na mesma... já foram.
E este post a propósito de que hmmm???
Porque na clínica de hemodiálise onde ando, existe um senhor que foi professor, que escreve poesia e por aí fora e quer que lhe chamem senhor professor... até aqui nada mal... mas mais engraçado é quando quer que lhe chamem senhor doutor professor A... pelas almas, mais nada não???
Eu trato o senhor, por senhor professor e que não diga a ninguém que vai daqui, que já muita paciência tenho eu em chamar o homem assim.
Mas o que mais me irrita é a arrogância e o desprezo que tem pelo outros... até podia ser o papa que não é mais do que nós a prova disso é que a vida dele depende de uma máquina de hemodialise tal como a minha e a dos meus colegas.
A sensação que eu tenho é que toda a gente e nisto quero dizer, enfermeiros, doutores e auxiliares, tem um "medo" do homem que é uma coisa incrível.
Com este calor é normal que de x em x tempo liguem o ar condicionado para aquilo circular um pouco é que somos quase 20 pessoas a respirar lá dentro.
Estes dias mal se ligou o ar porque estava um calor não se aguentava lá dentro e... eu que não sou pessoa de transpirar já tinha a camisola colada as costas... sua excelência começa logo com o "esta a vir muita corrente de ar e tenho frio"... mas toda a gente estava com um medo do carago de ligar a porcaria do ar condicionado... que houve um momento em que os poucos neurônios que tenho pararam e eu disse "se o senhor tem assim tanto frio puxe o lençol e peça uma manta polar, porque não temos que estar aqui todos a morrer de calor por causa de uma pessoa" não sei se ouviu se não ouviu porque ele entra põem logo a porcaria dos fones nos ouvidos e já que falamos em fones, fica aqui o registo que ele até pode ser doutorado que isso nem esta em questão mas uma coisa simples como tirar os fones para falar com as médicas que vêm perguntar a sua excelência esta bem se precisa de alguma coisa e ele, não tira os fones abana a cabecinha e se tiver que falar fala, e já agora que é uma pessoa tão estudada devia de ter aprendido que estar constantemente a puxar o escarrinho enquanto os outros estão a lanchar é uma coisa muito feia.
Chamem-lhes doutores, chamem!!!!!
Já foste...