8 de junho de 2016

"Um homem com sorte" de Nicholas Sparks...


"Depois de um ano de interregno Nicholas Sparks regressa com o seu mais recente romance para encantar os leitores portugueses. Logan Thibault sempre foi um homem que em tudo se pode considerar comum. No entanto a sua vida estava prestes a mudar… A combater no Iraque, Thibault encontra a fotografia de uma mulher nas areias do deserto, e apanha-a pensando que alguém acabará por a reclamar. Mas ninguém aparece e, apesar de rejeitar a ideia, a fotografia passa a ser encarada como um talismã da sorte que faz com que Thibault sobreviva, sem ferimentos graves, a situações de indescritível perigo. De regresso aos EUA, o militar não consegue esquecer a mulher da fotografia decidindo procurá-la pelo país. Mas assim que a encontra a sua vida toma um rumo inesperado e o segredo que Thibault guarda pode custar-lhe tudo aquilo que lhe é querido. Uma história apaixonante sobre a força avassaladora do destino."

Não vou dizer que é um livro fantástico, porque não é.
É um livro que se lê rápido, é um livro "leve" como eu costumo dizer.
Mais do mesmo.
Muito amor, tragédia e depois acaba tudo muito bem, ou seja, vivem os bons morrem os maus... é mais ou menos isto.
Acho que já passei a fase de ler os livros do Nicholas Sparks, li este porque me emprestaram, mas se tiver que comprar um livro dele acho que não iria comprar.
Como diria uma senhora que conheço "é tudo muito bonito, quando acaba tudo bem".