9 de outubro de 2017

Das coisas que eu mais detesto...

Que os casais, quer sejam namorados ou casados se insultem em publico ou no meio da família, ou seja, simplesmente se insultem.
De vez em quando ao domingo vou a casa da minha tia solteira e as minhas tias/tios também costumam ir até lá, como eu digo vão por a cusquice em dia. A maior parte das vezes até costumam ir para lá uma ou outra vizinha isso quer dizer que não é só família, logo as pessoas tem que ter "dois dedinhos de testa" e antes de falar pensarem no que vão dizer.
Já á algum tempo que tenho vindo a apreciar que mulher do meu padrinho...minha tia com certeza... anda com um palavreado em frente de quem quer que seja deprimente, se acha que aquilo é brincadeira, pode haver quem pense exatamente como eu e não ache piada nenhuma à conversa.
A conversa dela para o meu padrinho ontem era "estas a ouvir cão vais comer isso", "não vais comer olha come merda" e nem vou dar mais exemplos porque até tenho vergonha. 
Pode estar a brincar, mas no meio de gente de fora não me parece nada bem.

Estive tão tentada a abrir a boca mas a única coisa que fiz foi abanar a cabeça e ela ficou a olhar, quanto ao meu padrinho não diz nada só põem aquele ar de riso o que sinceramente não acho nada bem.
É tão triste e tanta falta de educação as pessoas não conseguirem controlar as porcarias que deitam pela boca fora, mesmo que o queiram mostrar que até estavam a brincar.
A boa educação já não é o que era e estas merdices metem-me muita impressão, muita mesmo.