26 de janeiro de 2011

Chama-me louca… e não é que sou mesmo...

Na segunda-feira, conversa puxa conversa, desafiou-me a ir ter com ele 5 minutos… pensei... repensei e depois de muito blá blá blá, fiz uma viagem de 30 minutos para o ver.
Foram 30 longos minutos de viagem que pareceram horas infinitas… sempre a pensar que era uma loucura o que estava a fazer, mas eu queria faze-lo e fiz.
Foram breves minutos de conversa, de abraços e sorrisos e no meio disto tudo ainda me chamou “louca” por ter aceitado o desafio que me lançou, percebi perfeitamento pensava que não seria capaz de o fazer… mas faço lol… oh se faço!
Gostei, é que ainda por cima estava uma tarde linda um sol muito bom… melhor mesmo era que o tempo tivesse parado... sonha, sonha.
Escusado será dizer que a viagem de regresso foi um bocadinho na lua.
Sim sei que estão a pensar “sim Mary continua a arranjar lenha para te queimar” eu também penso isso looolll.