10 de janeiro de 2011

Vá podem atirar pedras e calhaus….

Mas eu não sinto pena, choque nem nada que se pareça com a morte do Carlos Castro, muito pelo contrário não achei piada nenhuma aquela “paneleirice” toda no programa da manha da sic… foi na vez dele e já como diria o outro “mais vale ele do que eu”.
Chamem-me insensível, maluca, desvairada… o que quiserem… não tenho culpa por ser assim, e até tenho andado muito chorona e deprimente.
Tenho dito... isto tudo para dizer que ainda agora a novela esta a começar e eu já ando enjoada de ver e ouvir sempre a mesma coisa.
Sempre tive esta dúvida: porque é que as pessoas quando morrem são sempre tão boazinhas, queridas, uns anjos etc etc.?