13 de novembro de 2014

Digamos que é falta de vocação...

Se existe coisa que me chateia e chega mesmo a irritar é as pessoas andarem aos berros ou de trombas sem ninguém lhes ter feito mal nenhum.
Não gosto, que posso eu fazer.
E se existe família rica em trombas é a minha família mesmo... tios, primos e essas coisas... eu até ando sempre a dizer que andam a fazer publicidade ao jumbo tamanha é a tromba.
Outra coisa que eu detesto é que berrem aquela espécie de "estou aqui, não me vêm, mas eu estou aqui" e toca a berrar como se os pulmões fossem sair boca fora, parece uma espécie de necessidade de chamar a atenção. 
Quanto mais berram para mim menos ouço, fico tipo com um bloqueio nos neurônios e só tenho vontade de lhes ir apertar o pescoço de forma a nem poderem soltar um único "ai", muitas vezes chego mesmo a suplicar por intervenção divina e penso "vá lá Deus tira-lhe os pio nem que seja só dois minutinhos".
Família a gente não escolhe tem... por isso mais vale a gente respirar fundo e até fazer de conta que não se esta a passar aquela cena deprimente.