11 de julho de 2016

Ontem foi uma noite emocionante...


Eu que faço sempre questão de não me enervar com o futebol.
Eu que digo sempre, ah não quero saber.

Eu que sofro em silêncio.
Ontem não aguentei.
Gritei bastante.
E de um momento para o outro dei por mim a chorar e a tremer.
A chorar de alegria, de felicidade, de emoção.
Vi o jogo no meio de tanta gente na festa das colectividades e foi tão, tão bonito, que acho que jamais irei viver uma experiência tão boa.

Parabéns Portugal, nós merecemos.
Detesto avecs, sempre com a mania que são mais do que nós, sempre a falar mal de nós, amigos, temos pena e como diria o outro "adeus, vocês são o elo mais fraco".