5 de dezembro de 2016

"Spanish Affair 2"...


Ora bem, já tinha visto o 1 e achei alguma piada.
Na realidade não sabia que iria haver o 2.
Quando vi no Netflix não hesitei e resolver ver no que dava, até porque o 1 no final fica assim em aberto, se assim se pode dizer.
A história de Amaia e Rafa tem os seus momentos divertidos.
Acho engraçado os nomes Bascos que eles falam durante o filme a ver se não me falha nenhum que andei a pesquisar, Gabilondo; Urdangarín; Zubizarreta; Arguiñano este nos que diz respeito ao lado do pai, já para o lado da mãe são: Igartiburu; Erentxun; Otegi e Clemente... deus me livre, lool.
Não bastando ela ser do País Basco e ele Andaluz... esperem lá que aquela parte das "pegas" entre uns e outros não era do meu conhecimento.
Outra parte engraçada é o facto do rapaz o Rafa ter que conquistar o pai da Amaia.
Esta fácil de ver que aí é que começa o humor todo, ou seja o moço tem que passar por basco.
Isto no 1.
No segundo quer o Rafa quer o pai da Amaia já são muito amigos, tanto que é o pai dela que vai ter com Rafa para fazer com que a filha não case com outro.
Pois é aqui que eu digo que o primeiro ficou em aberto pois tudo dava a entender que ela se ia casar com o Rafa e afinal de contas não se casou.
Desta vez supostamente vai casar-se com um pintor todo metido a esquisito mas.... eis a questão que não vos vou contar o fim do filme.
Só vos digo que é divertido.
É diferente... tenho um gosto particular por filmes espanhóis.