15 de outubro de 2010

Chamar-te cabra ainda era pouco


Como em todas as profissões existem aquelas pessoas que realmente fazem o que gostam mas outras que as pariu parecem que andam a fazer um frete daqueles de todos o tamanho.
Onde estou isso acontece à enfermeiros/as, funcionárias e médicos que vê-se mesmo que nasceram para isto mas no meio desta gente boa nessas mesmas areas anda cá cada cabra que até faz doer a alma de tão insossas que são.
Não aguento, não é por mim porque para mim é basicamente igual ao litro, mas a forma como tratam as pessoas velhinhas, como se fossem o maior monte de m... do mundo... detesto isso fico nas horas do carago, dá-me logo vontade de explodir, mas infelizmente não me podem dar os 5 minutos... onde estou...infelizmente.