2 de julho de 2017

"Escritos Secretos" de Sebastian Barry...


"Roseanne McNulty tem perto de cem anos e é a doente mais antiga do hospital de saúde mental de Roscommon. O doutor Grene, o psiquiatra encarregado da avaliação dos pacientes, sente-se intrigado pela história daquela mulher, que passou os últimos sessenta anos da sua vida em instituições psiquiátricas. Enquanto o médico investiga, Roseanne faz uma retrospectiva das suas tragédias e paixões, que vai registando no seu diário secreto, desde a turbulenta infância até ao casamento que lhe prometia a felicidade. Quando o doutor Grene desvenda por fim as circunstâncias da sua chegada ao hospital, é conduzido até um segredo chocante. 

Um livro primorosamente escrito, que narra uma história trágica, fruto da ignorância e mesquinhez, mas ainda assim fortemente marcada pelo amor, pela paixão e pela esperança."


Sem dúvidas nenhumas que é um livro excelente.
Foi dos livros, mais belos, mais humanos e mais tocantes que li.
A história de Roseanne é bela, apesar do seu sofrimento ensina tanto e fez como que me sentisse calma, tranquila e deliciada.
É engraçado como o escritor Sebastian Barry entrelaçou a vida de Roseanne com a do doutor Grene.
Houve um momento no livro em que eu parei de ler, sorri e disse "não pode"... não vos vou contar como é lógico.. mas a verdade é que pode.
Tanta mestria e simplicidade neste livro, um livro fácil de ler, uma história maravilhosa, a sensação que eu tive a maior parte das vezes é que estava lá, que fazia parte daquela história, que a estava a viver de lado, simplesmente adorei.
Recomendo este livro é excelente... maravilhoso.