12 de julho de 2017

Não tenho culpa de ser assim...

Eu sou uma pessoa inconstante.
Tanto estou bem disposta como de repente fico mal disposta, reconheço isso.
Tem dias que só de olhar para algumas pessoas fico logo indisposta.
Não me culpo por isso, porque se existe gente que é capaz de iluminar os meus dias existem outras que o simples olhar transformam em trevas.
Como estou farta desse tipo de gente.
Como me enche e me cansa o pensamente só o olhar de algumas pessoas.
Tem dias que eu digo para mim mesma que quero ser melhor pessoa, quero ter mais calma, ser mais solidária, mais compreensível, mais humana, mais eu, mas infelizmente não podemos ser assim com toda a gente, porque existem pessoas que abusam do nosso lado bom, pessoas que fazem de tudo para nos deixar indispostas e mal humorados.
Esse tipo de pessoas cansa-me e se existe coisa que eu não preciso na minha vida é delas... quer sejam próximas, quer não me sejam nada.
Eu preciso de gente bem disposta, de bem com a vida, de sorrisos fáceis, de coração cheio e pensamentos alegres, de gente a sério... como tantas pessoas que eu conheço... as outras bem, as outras podem ir andando, agradeço imenso a vossa amabilidade em quererem estragar os meus dias, o meu bom humor ou o meu raro e simples sorriso, não preciso de vocês para nada, nada mesmo.