4 de novembro de 2010

Tenho dito

Que se houver alguém neste país de merda que esteja doente e estiver dependente de receber os tustos pela baixa para fazer o seu dia a dia, está tramado, alias não vai a lado nenhum, além de pagarem tarde, pagam mal como tudo.
Graças a Deus posso "guiar" a minha vida sem estar à espera dos miseros tustos da baixa, mas imagino quantas pessoas por este país fora passam dificuldades no seu dia a dia quando se encontram doentes.
É assim mesmo meus senhores, dai o rendimento minimo a quem não lhes apetece trabalhar... eu conheço tanta gentinha mas tanta... que aqui os tristes que trabalham se tem o azar de ficar doentes e depender de algum tusto bem morremos.
Este país de dia para dia além de se afundar com tanto orçamento e paneleirices está a entrar na verdadeira merda, desculpando o termo... é triste mas é o que temos.