26 de janeiro de 2012

Continuação do post anterior..

Sobre a consulta e a médica:


* Eu não preciso que alguém que eu não conheço de lado nenhum, me julgue por meras palavras saídas à brutamontes e cheias de mau humor, fiquei desiludida estava com esperança de encontrar uma profissional e acabei por encontra alguém que é doutora simplesmente por ser e não tem gosto nem paixão na profissão que tem... desde como fala, mal encarada, em vez de estar atenta à consulta tá quase deitada na cadeira e sempre a escrever sms no telemóvel e tirar umas notas do que eu ia dizendo numa folha.

* Eu não preciso que ela pense que tem muito poder e que não me pode passar medicação, porque eu já faço calmantes à quase 2 anos, receitados por outra médica a neurologista.

* Eu não preciso que uma pessoa que supostamente me deveria estar a ajudar a nível psicológico me diga que tenho que "exigir" o que quer que seja aos meus pais "exigir????" Eu?????? Era só o que me havia de faltar... nunca o fiz em 26 anos de vida não iria ser agora certamente.
* Eu não preciso que ela me diga que eu tenho conflitos emocionais dentro de mim, porque eu sei que os tenho e não sou médica, eu só preciso de ajuda para os resolver e ela não o tentou fazer minimamente.

* Eu não preciso que digam que tenho que fazer yoga, pilates ou o raio que a parte, primeiro porque não tenho paciência, segundo porque não estou para a aí virada e terceiro porque tenho mais onde gastar o meu dinheiro.

* Eu não preciso de andar a perder o meu tempo com uma médica que não é capaz de me ajudar, porque para sair no estado em que eu sai de lá hoje é bem melhor eu nem sair de casa, daí não entender o que ela quer já no dia 09/02 uma vez que não me medicou, será que ela pensa que me vai acontecer algum milagre daqui até lá???? é a única explicação decente que encontro.


Resumindo, ia com muitas expectativas de encontrar alguém que me pudesse ajudar, mas não a única coisa que encontrei foi arrogância, estupidez e muita falta de educação isso sim... estou desiludida... confesso... muito desiludida mesmo, até porque é a primeira vez na vida que fiquei a detestar uma médica e de ter a certeza que ela não tem a mínima vocação para o cargo que ocupa... bem me dissera "hmmm podia ter-te calhado melhor sorte rapariga, porque bem precisas" afinal essas palavras eram mais que reias, mais que verdadeiras, quem me disse isto afinal tinha razão eu ainda pensava que esta pessoa estava a exagerar quando me disse isso, mas afinal não estava não.