2 de maio de 2017

Foi um fim de semana em cheio...

No sábado no dia do meu aniversário fomos a um jantar de uma colectividade que coincidiu com os meus anos.
Foi muito bonito porque não estava à espera que um salão com mais de 150 pessoas... incluindo o presidente e vice presidente da câmara e uns quantos senhores presidentes disto e daquilo... me cantassem os parabéns.
Nisto apareceu o meu sobrinho com um ramo de rosas e uma senhora que eu conheço com outro ramo também de rosas, confesso que ao ver tanta gente a cantar e tanto carinho as lágrimas começaram a cair.
Não estava à espera destas surpresas todas e como ando numa fase mais sensível da minha vida chorei um bocadito, não foi bem chorar, chorar foram umas lágrimas que escaparam. 
No domingo fizemos festa cá em casa para a família e hoje é dia de levar bolo para os meus colegas de tratamento.
Como se costuma dizer, quem vai três dias à festa não presta... deixa para lá, nunca se sabe se para o ano estaremos cá novamente para festejar, por isso vamos aproveitando enquanto se pode festejar.