Avançar para o conteúdo principal

Tem dias...

... em que acordo mais cansada do que quando me deito.
Nos dias a seguir aos tratamentos parece que andou um camião em cima de mim então à quarta-feira nem se fala, com segunda e terça seguidos de tratamento as quartas de manha são um inferno para mim.
Cada vez que olho ao espelho ainda fico mais deprimida, estou branca como cal, olheiras enormes, ar de quem andou na farra até as quinhentas, se pelo menos isso fosse verdade era como o outros era sinal de que andava bem, mas não, nem sei o que é andar na noitada, no divertimento,  durmo mal toda a noite só tenho pesadelos, coisas esquisitas, sem sentido, nem sei explicar.
O que eu sei explicar é que quando me levanto parece que tenho o mundo todo a cair-me em cima tão grande é o cansaço.
Eu só queria dormir em paz e sossegada, sou daquelas pessoas que se conseguir dormir mais ou menos bem, ando na boa, agora se dormir mal como tem acontecido, Deus me livre mal me seguro, embora ande na mesma e faça o que tenha que fazer, mas bem mais em baixo e desanimada, sem qualquer dúvida.

Mensagens populares deste blogue

Post chato como a putassa ou putaça...

... não sei, escolham a que quiserem.  Desde sábado que ando arreliada e chateada, comigo mesma e não só. Já ando à 3 semanas com muitas dores no corpo, principalmente costas e pernas, arrepios de frio, mal estar, etc, etc. Feita estúpida este sábado resolvi falar com a médica da clínica a ver se me podia ajudar. Se o arrependimento matasse tinha ficado ali esticadinha no mesmo minuto em que abri a boca. "Ah vamos aumentar o peso porque anda com as tensões muito baixas e é por causa disso" disse a médica eu ainda tentei explicar que não tinha nada a ver com as tensões uma vez que apesar de estarem baixas eu tenho me sentido bem no que diz respeito às tensões e até conseguia ir abaixo do peso 400 gramas no fim do tratamento... "não, não, não, e não vamos subir porque eu é que sou a médica e é que sei". Fiquei f.... mesmo, no seu maior esplendor apeteceu-me mandar dois berros ou até mesmo arrancar as agulhas do tratamento... mas não o fiz infelizmente por uma questão de…

Olá Setembro...

Geralmente considero como um novo início. Uma nova oportunidade. Vamos ver como vai ser a partir de hoje até ao fim do ano. Setembro querido vê só o que te peço... dá-me paz, calma, sorrisos, abracinhos bons e se por algum momento houver momentos mais tristes em que eu tenha vontade de desistir tu dá-me força, fé e coragem para seguir em frente mais uma vez. Por isso Setembro sê bem vindo!!!

Adeus Maio...