1 de junho de 2011

Hoje é o nosso dia...



... e não me venham dizer que são fisicamente e psicologicamente formados e que são adultos porque isso é daquelas coisas que para mim é igual ao litro, indes dizer que nunca ouvis-te dizer que no fundo bem lá no fundo de cada um de nós existe uma criança, se bem que eu conheço muita gente que se designa por ser adulto mas que a criança que existe em si anda sempre à superficie... cosas da vida, diga-se. Portanto e assim sendo façam o favor de colocar um sorrisinho na tromba e arzinhos de boas pessoas que hoje vale tudo, hoje é o dia ideal para se divertirem sem terem que estar a pensar que têm uma vida muito aterefada. Não pensem que não vou fazer o mesmo, que tou aqui a dar letra e que depois não a levo à letra... levo levo, porque apesar de eu ter acordada toda partida do tratamento de ontem, apesar de ter chegado ao face e ter lá uma mensagem do dito big boss... que me dá logo volta ao estomago todo... e apesar dos apesares, normalmente isso já seria o quanto baste para estragar a minha manha, mas pronto como hoje é o meu dia sabem o que eu vou fazer a isso tudo??? Vou mandar tudo isso pó c... que é para não me chatear. Mais, temos aqui em casa uma eterna criancinha... o meu pai... que faz aninhos hoje, eu bem sei que ele veio ao pé de mim antes de ir trabalhar, mas tenho a certezinha absoluta que não lhe dei os parabéns, isto porque eu quando estou a dormir penso em tudo e mais alguma coisa menos em dar os parabéns a quem quer que seja, mas entretanto para que não estejam a pensar que eu sou uma filha desleixada já lhe enviei uma mensagem e logo dou os parabéns pessoalmente. Então a todos, um beijinho e um bom dia da criança que eu vou ali e já venho.